corpo lúteo, que também pode ser chamado de “corpo amarelo”, é uma estrutura que se forma logo após após o período fértil da mulher, e sua função se envolve com o favorecimento da gravidez, sendo uma estrutura que dá o suporte adequado para que o embrião comece a se desenvolver.

Isso acontece porque o corpo lúteo é responsável por desencadear a produção de hormônios específicos e indispensáveis para a estruturação e o desenvolvimento de uma gravidez saudável. Esses hormônios, que aumentam o espessamento do endométrio, permitem que o embrião seja implantado no útero e, a partir disso, a gravidez se inicie.

Sem o corpo amarelo não é possível conceber uma gravidez adequadamente, pois a produção hormonal precisa acontecer para que tudo caminhe rumo ao desenvolvimento embrião e, mais tarde, do feto.

De qualquer forma, para que você compreenda um pouco mais sobre o assunto e saiba calcular o seu período de corpo lúteo, veja a seguir o nosso conteúdo completo sobre o tema.

Publicidade

Para ler mais tarde: Ciclo Menstrual: Conheça as fases e saiba como calcular

corpo lúteo

Mulher deitada na cama. Foto: Freepik

O que é corpo lúteo?

Como mencionamos, o corpo lúteo nada mais é do que um tipo de estrutura que se forma no ovário logo após haver a liberação dos ovócitos, durante a ovulação. Sua função se envolve com o favorecimento da fecundação do óvulo, além de estar intimamente relacionado com a implantação do embrião no útero para que haja o estabelecimento da gravidez.

Depois que ocorre a ovulação, o corpo amarelo continuará se desenvolvendo através dos estímulos hormonais que ele recebe, liberando progesterona e estrogênio em grandes quantidades. Esses hormônios são responsáveis por criar uma condição favorável para o desenvolvimento de uma gravidez. Sem essas combinações, nem sempre a concepção acontecerá.

É justamente por conta de todos esses fatores que a gravidez tende a acontecer apenas em 15% das tentativas. Porém, se a combinação for exata, logo após a ovulação e o corpo lúteo se desenvolver adequadamente, as chances de concepção podem ser maiores.

Calendário de menstruação. Foto: Freepik

Publicidade

Duração da fase lútea

A fase lútea, que é o período de desenvolvimento do corpo lúteo, costuma durar cerca de 11 a 16 dias, e se não houver uma gravidez, ele passará a diminuir de tamanho, se auto degenerando e dando origem ao “corpo hemorrágico” e, mais tarde, ao “corpo branco”.

Quando há essa degeneração, os níveis hormonais sofrem alterações novamente, causando o aparecimento da menstruação, que nada mais é do que a eliminação do revestimento presente no endométrio.

Quais são os sintomas da fase lútea?

Para que seja possível calcular com mais coesão a sua ovulação e a fase lútea, você pode observar alguns sinais do seu corpo, além de se atentar para o que acontece nesse período do ciclo menstrual. Veja algumas características e entenda:

  • Todos os meses o seu corpo irá agitar de 10 a 20 óvulos, onde um deles irá se desenvolver mais rápido e ficar maior que os demais.
  • Ao crescer, esse óvulo se chamará “folículo dominante”, crescendo, amadurecendo e sendo liberado pelo ovário.
  • Enquanto o óvulo ainda não foi liberado, mas está prestes a ser, a mulher pode sentir algumas pontadas na barriga, em um dos lados, abaixo do ventre.
  • Depois que ocorre a liberação, o muco clara de ovo pode aparecer na vagina ou na calcinha, denunciando o período de ovulação.

Calendário digital do ciclo menstrual. Foto: Freepik

O período da ovulação também pode ser medido através dos chamados testes de ovulação, e podem lhe ajudar a ter uma concepção mais rápida e eficaz. Isso porque as relações que acontecem durante a ovulação podem ter maior chance de conceber a gravidez.

Veja também: Como funciona o teste de ovulação?

Publicidade

Qual a relação do corpo lúteo com a gravidez?

A gravidez relaciona-se com o corpo lúteo pois, as células que dão origem ao embrião precisarão liberar o hormônio hGC, que é detectado na urina da mulher durante os testes de farmácia. Esse hormônio, por sua vez, irá estimular o corpo amarelo para que ele se desenvolva e não se degenere, para assim, liberar o estrogênio e progesterona, que irão manter o endométrio saudável e preparado para a gestação.

Já na sétima semana da gestação, a placenta é quem será responsável por essa produção hormonal, fazendo com que o corpo lúteo comece a se degenerar pouco a pouco, até a décima segunda semana de gestação.

Mulher segurando rostinho feliz. Foto: Freepik

Sendo assim, o corpo amarelo é fundamental para que o sistema reprodutivo da mulher esteja preparado para receber o embrião e começar a desenvolver a gestação propriamente dita.

O corpo lúteo é uma prova de que houve ovulação

Se você está pensando em engravida, se deparar com um cisto durante uma ultrassonografia, por exemplo, pode ser mais positivo do que negativo. Afinal, o corpo lúteo pode apresentar características semelhantes a outros tipos de cistos, embora este seja completamente natural e normal.

Isso porque o corpo amarelo nada mais é do que uma prova de que a mulher teve a ovulação e, por conta disso, tem maiores condições de engravidar. Por isso, se você é uma tentante que deseja ter um filho, saiba que esse corpo é essencialmente importante para que tudo se desenvolva adequadamente.

Leia agora: