Em determinadas épocas do ano e especialmente em algumas cidades brasileiras, os dias de tempo seco surgem como um desafio e tanto para a saúde. Todos nós sofremos com a baixa umidade do ar (abaixo de 30% é crítico), mas as crianças são ainda mais atingidas (e os idosos!). Por possuírem um sistema imunológico em formação e, assim, serem mais vulneráveis a doenças respiratórias, os pequenos pedem um cuidado a mais.

Como tudo o que queremos é manter longe as alergias, a asma, a bronquite e os resfriados, não podemos abrir mão de certos hábitos essenciais, como: ingestão de muita água, lavagem nasal com soro fisiológico, limpeza doméstica para evitar poeira e, claro, utilização de recursos específicos para a umidificação do ar. É justamente sobre esse quesito que vamos falar a seguir.

umidificador de ar

Imagem:123RF

A melhor opção para você: vaporizador ou umidificador de ar

Em casa com crianças, para deixar o ar dos ambientes mais úmido e próprio para uma respiração mais saudável, se possível, vale a pena utilizar um aparelho que umidifique o ar. Para isso, você tanto pode usar um vaporizador quanto um umidificador. Você sabe quais são as diferenças, vantagens e desvantagens de cada um? Descubra a seguir!

Publicidade

Vaporizador

O que é: trata-se de um aparelho com tecnologia mais antiga, que aquece água no seu interior até o ponto de ebulição. Assim, a estratégia desse equipamento é aumentar a umidade do ar liberando vapor de água (quente). Vaporizadores normalmente funcionam até que a água de seu compartimento acabe, e portanto não são autorreguláveis.
Pontos positivos: custa mais barato e não libera bactérias no ar, uma vez que a água foi fervida.
Pontos negativos: oferece risco de queimaduras em crianças, pois o vaporizador fica muito aquecido. Além disso, as gotículas de vapor quente são grandes e, por isso, depois de pouco tempo em funcionamento, o aparelho já causa uma saturação da umidade do ambiente. Esse excesso de umidade acumula-se nas paredes e móveis e isso favorece o aparecimento de mofo, que é um dos grandes causadores de problemas respiratórios.

Umidificador

O que é: consiste em um dispositivo mais recente e avançado. Grande parte dos umidificadores utiliza a tecnologia ultrassônica, que quebra as partículas de água em gotículas pequenas, liberando no ar uma névoa fria. Assim, a saturação da umidade do ar é atingida mais lentamente. Como muitos modelos possuem um higrômetro acoplado, que permite sua autorregulação, o aparelho possui uma função para desligar automaticamente quando a umidade previamente programada for alcançada.
Pontos positivos: a chance de provocar bolor é muito menor e não há risco de queimar os filhotes.
Pontos negativos: você deve ter muita atenção com a qualidade da água que colocar nele (use sempre filtrada e renovada, para evitar o acúmulo de bactérias, uma vez que essa água não será fervida). Além disso, o umidifcador possui um custo mais elevado.

Enfim, então qual é a conclusão, devo comprar um umidificador ou um vaporizador?
Resposta: se possível, vale a pena optar pelo umidificador de ar. E, mesmo nesse caso, você deve restringir o seu uso a dias de baixa umidade relativa do ar. Se puder, compre um modelo com higrômetro acoplado para poder controlar a umidade desejada. Se achar o aparelho muito caro, opte por um mais simples e compre separadamente um higrômetro (há modelos bem baratinhos), que te ajudará a saber quando é hora de desligá-lo. O ideal é que a umidade do ambiente fique em torno de 60%.

umidificador de ar

Divulgação

Umidificador de ar Mondial 

 

Publicidade