Imagine a seguinte situação: sua menstruação não veio no dia esperado. Passaram-se mais alguns dias e ainda nada… Desconfiada de que esteja grávida, você compra um teste de farmácia e vê o resultado: negativo! Então você pensa: “mesmo que o teste tenha dado negativo, é possível estar grávida, se a menstruação continua atrasada?”.

A resposta correta é: pode ser que sim, mas também é possível que não. Porque a menstruação pode atrasar por diversos motivos além da gestação. Para entender quais são eles e como tirar a prova final de uma possível gravidez, confira as informações a seguir.

teste deu negativo mas menstruação está atrasada

Imagem: 123RF

Quando o teste dá negativo, há alguma chance de eu estar grávida?

O teste de gravidez de farmácia, apesar de ser seguro, pode dar como resultado o chamado falso negativo, se feito muito cedo. Por isso, se deu negativo mas a sua desconfiança não passou, vale refazer o teste uma semana depois. Se der negativo mais uma vez, então muito provavelmente você não está grávida. Caso ainda desconfie, faça o exame de sangue – sendo negativo com mais de uma semana de atraso da menstruação, então certamente você não está esperando bebê.

Publicidade

Porém, é importante saber o seu período de ovulação, pois, nos casos de ovulação tardia, exames podem não identificar tão logo a gravidez. Isso porque, quando a ovulação atrasa, consequentemente a menstruação atrasa também. Para acompanhar todo o seu ciclo, alguns aplicativos podem ajudar.

 

Por que a menstruação atrasa

O motivo mais conhecido é a gravidez, mas a verdade é que a menstruação irregular pode ter diversas causas. Estresse, mudanças ou distúrbios alimentares e até mesmo excesso de atividade física podem desencadear atrasos no ciclo. E caso você tenha abandonado a pílula anticoncepcional recentemente ou tenha feito uso da pílula do dia seguinte, isso também pode atrasar a menstruação, pois o corpo passa por uma autorregulação hormonal depois da utilização desses contraceptivos.

Então, quando a menstruação atrasa mas o teste insiste em dar negativo, vale observar se você passou por alguma mudança significativa nas últimas semanas. Pode ser uma mudança de casa, um tipo de alimentação diferente que você tenha começado a seguir, uma situação estressante pela qual você passou… Tudo isso pode levar ao atraso menstrual.

Se o problema for recorrente, é importante procurar um ginecologista. A irregularidade ainda pode ser consequência da síndrome de ovários policísticos (SOP), problemas de tireoide ou por excesso na produção do hormônio prolactina. Por meio de exames, o médico poderá identificar a causa e indicar o tratamento mais adequado para normalizar seus ciclos.

 

Publicidade

Quando o sangramento vem bem fraquinho

Vale ainda chamar a atenção para uma outra situação, que pode ocorrer em seguida ao atraso menstrual: o aparecimento de um sangramento bem fraquinho. Nesse caso, é possível que o fluxo menstrual tenha se alterado naquele mês, também em decorrência dos fatores que causaram o atraso da menstruação.

Por outro lado, um sangramento fraco pode ter outro significado: uma nidação (implantação do embrião no útero). Após a fecundação, o embrião caminha pela trompa, até que chega ao útero e se fixa à sua parede, num processo que pode causar uma ligeira liberação de sangue. Nesse caso, vale a mesma lógica já explicada acima: se o exame de farmácia der novamente negativo, então provavelmente você não está grávida.

Já o falso positivo não ocorre: se o exame acusar a gestação, pode começar a comemorar a chegada do bebê. Quando o embrião sofre a nidação, inicia a produção do hormônio HCG, que é filtrado parcialmente pelo rim da mulher e passa a ser detectado no teste de farmácia.

Veja também: Menstruada ou grávida? Saiba diferenciar os sintomas!