Viajar para a neve com crianças: 5 cuidados importantes

Por 2 Comentários


Está preparando a lista de destinos para a próxima viagem em família? Caso esteja cogitando viajar para a neve com crianças, vale a pena conferir as dicas desse post! Aqui listamos todos os cuidados importantes que você deve ter antes da viagem com o seu filho, para garantir que o pequeno (e toda a família) curta os momentos, bem como para evitar problemas durante o passeio. E não precisa se preocupar: os destinos frios podem ser muito bem aproveitados pelas crianças também! Quer ver só?

Imagem: 123RF

5 cuidados antes de viajar para a neve com as crianças

1. Saiba quais são as roupas apropriadas para viajar para a neve com crianças:

Para preparar bem o corpo para as baixas temperaturas, o ideal é vestir a criança com três camadas de roupa. A primeira servirá como uma espécie de segunda pele, protegendo o corpo e facilitando os movimentos (pois não são peças pesadas). Opte por blusas e calças térmicas, além de meias de lã ou poliéster (evite apenas as de algodão, para não molharem com o suor). Já a segunda camada terá a função de manter o calor e, para isso, deve ser composta por roupas grossas como suéter e calças sintéticas (os modelos forrados com fleece, aquele tecido fofinho que parece pelúcia, também são boas opções). Lembrando que versões com zíper e botões são melhores pela facilidade de por e tirar! Por fim, para a terceira camada, que irá proteger da chuva, do vento e da neve, é usado o famoso kit para cobrir praticamente o corpo todo: gorro (que cubra as orelhas também; os de lã, acrílico ou fleece são boas opções), luvas (impermeáveis, para não molharem e congelarem com a neve), botas (impermeáveis e antiderrapantes), neck warmer (é aquela proteção de pescoço que coloca pela cabeça; é mais seguro que o cachecol, especialmente para as crianças, pelo risco de estrangulamento deste) e casaco (à prova d’água; para os dias mais frios, prefira os que cobrem as pernas).

2. Garanta as peças com antecedência (mas não compre tudo no Brasil)

Não se preocupe em ir atrás das roupas mais pesadas de neve ainda no Brasil pois, como não as utilizamos por aqui, são produtos caros para nós. Deixe para adquiri-los diretamente no destino (e procure comprar na cidade, antes de algum passeio pelas montanhas, pois a venda lá em cima costuma ser mais cara). Caso decida fazer alguma atividade específica com a criança (como esquiar), esses locais costumam alugar roupas de frio. Mas procure se certificar com antecedência se possuem modelos para os pequenos (pois nem todos têm, e alguns têm poucos) – e, se possível, reserve. Também em caso de atividades na neve, mais uma peça necessária é a calça da terceira camada de roupas (se não tiver para alugar, pode ser bacana comprar antes, pois o pequeno pode precisar).

Como cada local funciona de uma determinada forma, o ideal é conversar com famílias (de preferência com crianças de mesma idade das suas) que já foram para o destino para o qual você está programando viajar. Veja se já levaram as camadas de roupa mais leve daqui (há lojas de esporte que vendem, inclusive – muita gente leva luvas de neve para as crianças compradas no Brasil, por serem mais difíceis de se encontrar em alguns lugares), se compraram ou alugaram roupas lá, e então decida de forma mais certeira como pretende fazer.

3. Mantenha os cuidados básicos do frio

Ao contrário do que alguns possam pensar, viajar para a neve não faz mal para a saúde da criança. Pelo contrário – o ar nesses locais costuma ser puro. E o frio, por si só, não nos deixa mais propensos a gripes e resfriados: é a aglomeração de pessoas, uma consequência comum das baixas temperaturas, que desencadeia essas doenças. Por isso, se possível, evite ambientes muito aglomerados com seu filho e não descuide da higiene, lavando sempre as mãos.

4. Leve sua farmacinha quando viajar para a neve com crianças

Esse é um cuidado importante para qualquer destino em que se vá viajar, pois não conseguimos prever se ficaremos doentes longe de casa. Mas especialmente quando se viaja com crianças, esse cuidado é imprescindível, pois os pequenos costumam piorar com maior rapidez. E outra: em alguns países certos remédios requerem receita médica para venda, enquanto aqui são liberados para a venda – portanto melhor garantir e levar.

Prepare a maleta de remédios com aqueles a que o seu filho está acostumado, como analgésicos, antitérmicos, antialérgico e descongestionante nasal. Embora não haja motivo para acreditar que seu filho ficará resfriado, há crianças com o aparelho respiratório mais sensível, e que pode ficar alterado com o frio (não deixe de conversar com o médico dele sobre isso). Há quem costume levar também géis para alívio de dores, pois, no caso do esqui, podem ocorrer pancadas. Lembrando que para transportar remédios de uso controlado no avião deve ser apresentada a receita médica. Confira as regras de embarque com a empresa antecipadamente para evitar problemas, ok? Contratar um bom seguro, que cubra emergências médicas, também é muito importante. Já em relação a cuidados com a saúde antes da viagem, geralmente não são indicados, mas converse com o pediatra do seu filho se há alguma medida necessária no caso dele.

5. Não descuide do sol

Apesar do frio e da neve, nesses destinos gelados as pessoas também estão sujeitas aos efeitos da exposição excessiva à luz solar. Por isso, não descuide do protetor (de alto fator) para toda a família, combinado? E leve óculos escuros na mala também, pois é muito provável que você precise (inclusive para as crianças). Veja se o óculos tem proteção contra os raios solares, pois do contrário podem prejudicar a visão, ao invés de proteger.

Outra opção são os goggles, óculos que servem para proteger do sol e, ainda, dos ventos. E um hidratante labial também é muito útil para prevenir dos efeitos solares e evitar o ressecamento dos lábios.

Por fim, é interessante acessar os sites dos principais destinos da América do Sul, para onde a maioria dos brasileiros decide viajar para a neve com crianças:

  • Bariloche (na Argentina) – veja aqui o site em português com informações sobre a cidade, mapa das atrações, restaurantes, informações de aulas de esqui e aluguel de equipamentos.
  • Valle Nevado (no Chile): veja aqui o site em português, com informações de hospedagem, atividades, aulas de esqui e mais.

E você? Já viajou para a neve com crianças e tem mais alguma dica? Ou então está se preparando para um passeio desses e ficou com alguma dúvida? Me conta nos comentários!


 



Arquivado em: Viagem Tags:

Comentários (2)

Trackback URL

  1. Tatiana disse:

    Vc tem dicas de lojas no Brasil que vendem roupas de neve com preço bacana???

Deixe seu comentário