Você sabia que é possível engravidar menstruada? Essa é uma dúvida comum de muitas mulheres (até mesmo de quem não quer engravidar) e é por isso que, nesse post, eu explico os motivos que levam isso a acontecer. 

Para começar, vale destacar que, evidentemente, a possibilidade de engravidar menstruada é bem rara – afinal de contas, a menstruação nada mais é do que a descamação do útero (ou seja, quando o óvulo não é fecundado, ele se degrada e nós menstruamos). Contudo, isso pode acontecer, sim! Venha entender:

gestante descobrindo a gravidez

gestante descobrindo a gravidez. Foto: Freepik

Você pode engravidar antes ou depois da menstruação?

Os médicos geralmente concordam que as pessoas não têm probabilidade de engravidar nos dias que antecedem a menstruação. Isso é especialmente verdadeiro se seus períodos são regulares e eles têm um ciclo menstrual de 28 dias.

Publicidade

No entanto, dada a natureza fluida da janela fértil, as pessoas que não desejam engravidar ainda devem usar anticoncepcionais neste momento.

Os espermatozoides só podem fertilizar um óvulo dentro de uma janela de 24 horas após a ovulação. Se uma pessoa sabe quando ovulou e conta w dias após a ovulação, ela não deve mais engravidar antes da próxima menstruação.

No entanto, é possível que uma pessoa engravide imediatamente após a menstruação. Isso ocorre porque os espermatozoides ainda podem fertilizar óvulos por 3-5 dias após a relação sexual.

Se uma pessoa com um ciclo curto tiver relações sexuais logo após a menstruação e ovular precocemente, ela poderá ovular com rapidez suficiente para que o óvulo se conecte aos espermatozoides.

mulher analisando o ciclo menstrual

mulher analisando o ciclo menstrual. Foto: Freepik

Por que é possível engravidar menstruada?

A possibilidade de engravidar menstruada é real quando a mulher apresenta um intervalo curto entre uma menstruação e outra (como, por exemplo, quando ela fica muitos dias menstruada, o que faz com que a ovulação ocorra próxima ao fim do sangramento).

Publicidade

Isso ocorre pelo seguinte: enquanto a mulher menstrua, já existe um óvulo se desenvolvendo no organismo dela. E mais: a fecundação acontece quando o espermatozóide encontra o óvulo em uma das trompas, certo? Porém, é importante lembrar que o espermatozóide pode se manter vivo durante até cinco dias no trato reprodutor feminino!

Ou seja, você pode ainda estar menstruada, ter uma relação sexual, ficar com espermatozóides em seu corpo, e a fecundação ocorre dali a alguns dias, já quando o útero está preparado para receber o zigoto, que vem descendo pelas trompas até ele.

Portanto, quando o ciclo menstrual da mulher (lembrando que o ciclo menstrual se refere justamente ao período entre o primeiro dia de uma menstruação até a véspera da próxima) é curto, um espermatozóide que “ficou” mais alguns dias ali pode encontrar o novo óvulo que está sendo formado. E daí, “pimba”: você fica grávida!

casal feliz com a descoberta da gestação

casal feliz com a descoberta da gestação. Foto: Freepik

Sangramentos também podem ocorrer

Vale lembrar também que, às vezes, a mulher pode ter pequenos sangramentos durante o período fértil, que não se tratam de menstruação. E nesses casos é normal que a mulher ache que engravidou estando menstruada, mas na verdade não estava!

Por isso, é importante observar se o sangramento se assemelha à sua menstruação: a quantidade de dias que dura, a cor do sangue… Também vale lembrar que, no início da gravidez, a mulher pode sangrar um pouco (nesse post eu explico o porquê isso ocorre).

Publicidade

Assim, ao invés de ter um sangramento menstrual a mulher pode ter, na verdade, uma perda de sangue pela implantação do embrião no útero (processo chamado de nidação).

Então, atenção: se você possui ciclos de 22 dias (considerados curtos), suas chances são maiores (embora ainda raras) de engravidar menstruada. Mas vale lembrar que se a intenção não for engravidar, o uso de preservativo é altamente recomendado nas relações sexuais (mesmo que você esteja menstruada), pois doenças sexualmente transmissíveis podem ser contraídas, é claro, mesmo nesse período.

uso de preservativo

uso de preservativo. Foto: Freepik

Engravidar menstruada: Sangramento de implantação

Isso acontece nos primeiros estágios da gravidez. Neste ponto, você provavelmente ainda não fez um teste de gravidez. Esse tipo de sangramento ocorre quando o óvulo fertilizado se implanta no útero, geralmente na época em que sua menstruação seria esperada.

O sangramento de implantação às vezes é confundido com um período, embora o sangramento geralmente seja leve ou pontual.

Logo após a gravidez, você também pode apresentar manchas devido a alterações cervicais. A menos que haja uma infecção, isso geralmente não é motivo de preocupação.

Outras causas

Outros tipos de sangramento precoce que podem indicar um problema médico de emergência incluem:

Estes também podem ser acompanhados por:

  • cólicas fortes ou dor abdominal
  • dor nas costas
  • desmaio ou perda de consciência
  • fadiga
  • dor no ombro
  • febre
  • mudanças de corrimento vaginal
  • náuseas e vômitos incontroláveis

O sangramento também é muito mais intenso, ao contrário de manchas. É mais como um período normal.