Você gosta de melancia, mas quando fica na frente da prateleira de um supermercado, não sabe qual será a mais doce e a mais saborosa? Temos 6 métodos para você escolher melancia. Confira!

A melancia é uma das frutas mais populares do verão. Não é de admirar que estejamos tão ansiosos para comê-los de várias formas. Qualquer prato de melancia será leve e refrescante.

Antes de começarmos a preparar uma receita com melancia, no entanto, precisamos comprá-la. Como escolher a melhor melancia? Confira!

Como escolher melancia: métodos

melancia

Melancia – Foto: Freepik

Publicidade

Amada por muitos povos do mundo, esta fruta doce e suculenta sob uma crosta verde dura armazena toda uma gama de nutrientes:

  • antioxidantes, incluindo o mais poderoso – licopeno;
  • vitamina C;
  • riboflavina;
  • ácido fólico (vitamina B9)
  • tiamina;
  • vitamina A;
  • frutose.

Esses compostos prolongam a vida humana, protegem contra as mudanças relacionadas à idade, tornam a visão mais nítida, têm a capacidade de proteger as células de mudanças cancerosas, sua doçura não prejudica os diabéticos e protege as articulações da dor.

Veja agora como fazer a escolha certa da melancia.

1. Como escolher melancia pelo tamanho

melancia

Melancia cortada – Foto: Freepik

Fazer a escolha certa começa com a determinação do tamanho ideal para sua melancia.

Muitas pessoas tentam escolher frutas não muito grandes. Alguém teme que seja muito pesado e difícil de transportar, e alguns temem que a melancia tenha ficado grande apenas por causa da abundância de nitratos nela.

Publicidade

Mas, afinal, as variedades de melancias são diferentes, e em algumas variedades o tamanho da fruta pode chegar a 20 quilos. Portanto, na hora de escolher, é melhor dar preferência a uma melancia de tamanho médio.

2. Como escolher melancia pela integridade da melancia

melancia

Melancia em pedaços – Foto: Freepik

Ao comprar uma melancia no mercado ou em um carro na beira da estrada, preste atenção especial a essa característica.

Em nenhum caso, uma melancia deve ter as seguintes falhas:

  • rachaduras;
  • incisões;
  • áreas podres (mesmo as muito pequenas!).

O fato é que a polpa suculenta e nutritiva da melancia é um criadouro ideal para bactérias, que, junto com o ar e a poeira de beira de estrada, podem proliferar as bactérias.

Comer uma melancia com essa surpresa pode causar envenenamento e distúrbios gastrointestinais. O mesmo se aplica às melancias cortadas, portanto, não economize dinheiro comprando não uma melancia inteira, mas apenas a metade. Esse tipo de frugalidade pode custar muito caro.

Publicidade
  • Depois confira: Chia e seus benefícios para imunidade, intestino e ossos

3. Como escolher melancia pelo som

Melancia aberta  – Foto: freepik

Uma das primeiras coisas que fazemos quando pegamos uma melancia é bater em sua superfície. Não é suficiente apenas ouvir como soa – você precisa entender como determinar o conteúdo interno do som. Uma melancia madura soa alto, e uma verde emite um som baixo.

4. Como escolher melancia pelas listras da melancia

Melancia no chão  – Foto: Freepik

Um sinal claro da maturação da melancia, independente da cor, será a diferença entre listras claras e escuras na casca da fruta.

Listras contrastantes brilhantes indicam que ela cresceu no tempo previsto e não foi arrancada prematuramente. Melancia de variedades listradas com pouco contraste na casca não vale a pena comprar.

5. Mancha amarela significa que a melancia tá ruim?

Mancha amarela na melancia – Foto: Freepik

Esta mancha não é um sinal de que a melancia não está madura ou ruim. É que a melancia estava caída no chão neste lugar e o sol, claro, não chegou lá.

Mas, ao comprar uma melancia com um círculo branco na lateral, você corre o risco de esbarrar em um produto insípido.

O tamanho do local também requer atenção. Esteja ciente de que uma grande mancha indica que a melancia está amadurecendo há muito tempo em condições não muito quentes. Com isso, a fruta perde o sabor e fica menos suculenta.

6. Melancias “fêmeas” são mais doces?

As melancias são divididas por gênero. Essa divisão nada tem a ver com biologia e existe apenas para simplificar o processo de seleção. Na verdade, as melancias fêmeas acabam sendo mais suculentas e doces na prática. Supõe-se que isso se deva às peculiaridades da polinização.

A escolha é bem simples, olhe para o pontinho, no lugar onde antes estava a flor:

  • Se o local for plano e grande, então tinha uma flor feminina.
  • Nas melancias com flor masculinas, a mancha é convexa e de tamanho menor.

Por que você deve consumir melancia?

Mulher comendo melancia – Foto: Freepik

A melancia é uma fruta com propriedades refrescantes, baixa em calorias (cerca de 21 kcal por 100 gramas) e composta principalmente por água (95%), por isso tem um importante efeito diurético natural no corpo.

Além disso, contém uma grande quantidade de vitaminas e minerais. Ressalta-se a alta presença de potássio e vitamina A. É também um alimento rico em vitamina C e outros minerais como cálcio, fósforo e magnésio.

Um dos aspectos mais marcantes de sua composição nutricional é que contém uma grande quantidade de carotenóides como o licopeno, responsável por sua cor. É uma substância antioxidante poderosa, também presente em outros alimentos como o tomate, que ajuda a proteger as células do corpo.

Outros benefícios de consumir melancia são os seguintes:

  • Prevenção cardiovascular: A combinação de vitamina C, betacaroteno e licopeno torna a melancia um alimento que previne doenças cardiovasculares, câncer e muitas doenças crônicas e degenerativas.
  • Reduz a pressão arterial: O efeito diurético da água e da citrulina na melancia é potencializado pelo teor de potássio (112 mg em 100 g), um mineral que ajuda a controlar a pressão arterial, regula os batimentos cardíacos e provavelmente ajuda a prevenir ataques cardíacos.
  • Alivia a fadiga muscular: Se você pratica esporte e faz muito esforço durante o dia, então a melancia será sua melhor opção para aliviar a fadiga muscular, relaxar os músculos, eliminar esse cansaço e ganhar energia novamente, já que a L-Citrulina tem essas propriedades.
  • É um antioxidante: Só de olhar para a atraente cor vermelha da melancia, é fácil saber que ela tem um alto teor de antioxidantes, por isso ajuda a prevenir o envelhecimento e a manter seus tecidos em ótimas condições.
  • Antirreumático: A melancia é composta por diversos minerais alcalinos, por isso é ideal para quem tem problemas reumáticos.