A menstruação adiantada pode causar várias dúvidas e medos entre as mulheres, principalmente entre aquelas que têm seu ciclo super regularizado. Essas preocupações são super normais, principalmente porque as características do ciclo menstrual podem dar importantes dicas sobre nossos hormônios e sobre nossa saúde.

Foi pensando nestes medos que este artigo foi produzido: para esclarecer se a menstruação adiantada é algo normal ou se você deve se preocupar quando isso acontecer. Boa leitura!

Fases do ciclo menstrual feminino

Calendário com flores e absorventes

Crédito: Freepik

Você sabia que as mulheres passam por um total de três fases do ciclo menstrual ao longo de todos os meses? Essas são as etapas necessárias para que todas as alterações hormonais possam ocorrer.

Publicidade

As fases se chamam proliferativa, ovulatória e lútea, e elas mudam drasticamente de um organismo para outro (e mesmo entre os ciclos de uma mesma mulher!). Por isso, é super comum vermos pessoas com ciclos super regularizados e outras mulheres que a menstruação sempre chega de surpresa.

Conheça melhor cada uma destas três  fases e entenda como funcionam as suas alterações hormonais.

Proliferativa

A fase proliferativa tem esse nome porque ela se trata basicamente da estimulação hormonal. Ou seja, ao longo desta fase seu organismo está proliferando os hormônios.

O mais comum é que esta etapa comece logo que a menstruação termine. Apesar disso, em alguns casos isolados a fase de proliferação começa antes disso, ainda durante a menstruação.

Nesta etapa os folículos ovarianos (unidades básicas do sistema reprodutor feminino localizados no ovário) começam a ser estimulados e, portanto, passam a crescer a cada dia.

Ovulatória

Ilustração de fonículos ovários durante menstruação adiantada

Crédito: Freepik

Publicidade

A segunda fase acontece quando o folículo dominante cresceu o suficiente e se encontra com tamanho bastante avantajado.

Neste momento acontece outra ação hormonal no corpo feminino: a mulher começa a secretar uma grande quantidade de estrogênio e há um pico de LH (hormônio que desencadeia a ovulação e o desenvolvimento do corpo lúteo, além de também coordenar a secreção de progesterona).

Esta fase se chama ovulatória porque é nela que acontece o período fértil da mulher e a ovulação.

Leia também sobre o período da ovulação e descubra quando seu corpo está pronto para a gravidez.

Lútea

A terceira e última fase do ciclo menstrual se chama lútea e é iniciada depois da ovulação acontecer. Nela, o corpo começa a secretar outro hormônio: progesterona.

Esta etapa leva este nome porque a progesterona secretada amplamente nesta fase é estimulada pelo corpo lúteo (glândula endócrina que se desenvolve no ovário de modo temporário e cíclico, após a ovulação).

Publicidade

De modo geral, esta fase é fixa para a mulher (diferente das outras duas que podem variar bastante entre os ciclos). A fase lútea costuma durar de 11 até 18 dias e varia de acordo com o organismo feminino e com a atividade do corpo lúteo.

Menstruação Adiantada – Por que ela acontece?

Coletor menstrual rosa em fundo roxo. Produto ideal para menstruação adiantada.

Crédito: Freepik

Em termos gerais (e de forma simplificada), a menstruação adiantada acontece quando uma das fases apresentadas anteriormente termina mais rápido que o esperado. Ou seja, quando uma das fases do ciclo menstrual é mais curta que o normal o resultado será a “descida” da menstruação mais cedo, adiantando-a.

As mulheres que possuem ciclos regulados têm a primeira e última fases (proliferativa e lútea, respectivamente) sempre iguais. É justamente por causa dessa regularidade que elas experimentam constância durante a menstruação. Porém, é possível (e super normal, inclusive) que hajam ciclos menores quando há alterações hormonais imprevistas pelo corpo.

O mais comum nos casos de menstruação adiantada é que a mesma aconteça devido a uma antecipação da ovulação. Ou seja, esse fenômeno costuma acontecer quando há retraimento na fase proliferativa. Essa é a fase mais vulnerável do processo e, por isso, é a que mais comumente apresenta irregularidades.

Entretanto, há outras razões para além da ovulação antecipada que podem estar associadas com a menstruação adiantada. Conheça agora mesmo os fatores mais comuns.

Anovulação

A anovulação também é uma possibilidade nos casos de menstruação adiantada, apesar de ser menos comum que a ovulação adiantada. A conhecida anovulação (ou ciclo anovulatório) acontece quando os ovários da mulher não liberam um óvulo ao longo de todo o ciclo menstrual (28 dias).

Ou seja, passar pela anovulação é o mesmo que passar por um ciclo menstrual sem ovulação. Este tipo de ciclo pode incorrer em dois resultados distintos:

É sempre importante lembrar que nos casos da menstruação atrasada o primeiro passo a ser dado é um teste de gravidez. Caso o mesmo dê negativo, é indicado que seja feita uma consulta médica para avaliação do quadro.

Leia sobre o teste de gravidez com água sanitária, o teste de gravidez com cotonete e o teste de gravidez com sal e descubra qual o mais seguro.

Descontrole hormonal

A menstruação adiantada também pode ser efeito de um descontrole hormonal inesperado. Isso pode acontecer se a quantidade de progesterona produzida pelo organismo não for suficiente para suprir a demanda da mulher e segurar o endométrio no lugar. É comum que a menstruação chegue antes da hora nesses casos.

Além disso, também é normal que aconteçam os conhecidos escapes menstruais quando ocorre um descontrole hormonal. A baixa de progesterona (progesterona de menos no organismo) ou a alta de estrogênio (estrogênio demais no organismo) podem causar esses escapes, mesmo nas situações onde a mulher ainda está passando pela fase lútea.

Medicamentos

Comprimidos vermelhos em fundo branco

Crédito: Freepik

Há outro quesito que também pode gerar a menstruação adiantada: consumo de medicamentos hormonais.

Alguns casos em que o consumo de remédios pode estar atrelado à menstruação adiantada costumam ser:

  • Uso de anticoncepcionais orais ou injetáveis
  • Interrupção do consumo de anticoncepcionais
  • Uso descontrolado deste tipo de remédio
  • Falhas ou erros na ingestão do anticoncepcional (como esquecimento de algum dia, mudanças de horários, etc)

Para evitar este e outros efeitos do uso inadequado de anticoncepcionais o ideal é fazer sua utilização correta e somente o suspender após conversa com um médico.

Menstruação antes da cartela do anticoncepcional terminar é normal?

Existem alguns casos onde a mulher toma anticoncepcional e a menstruação desce antes da cartela terminar. Isso é comumente chamado de “escape” e é normal, não sendo necessariamente sintoma de um problema de saúde.

É possível que isso aconteça devido a esquecimento da pílula em um dia ou mesmo na dose do comprimido ser inferior ao necessário para a mulher. Caso este escape aconteça duas vezes ou mais, é indicado que a mulher busque um atendimento médico para reavaliar a prescrição do comprimido.

Outro fator que pode levar a mulher a menstruar antes do final da cartela do anticoncepcional são miomas ou pólipos. Então fique sempre alerta, não esqueça que é da sua saúde reprodutiva que estamos tratando, ok?

Menstruação adiantada na troca de anticoncepcionais

Produtos associados à menstruação variados, como cartela de anticoncepcionais, absorventes, protetores diários e coletor menstrual

Crédito: Freepik

Caso você esteja passando por uma menstruação adiantada em período de troca de anticoncepcional: fique tranquila, isso é super normal.

É muito comum que a mudança de um medicamento hormonal por outro gere uma série de alterações no seu organismo. Isso acontece porque seu corpo vai precisar se adaptar a uma nova quantidade de hormônios, e isso pode levar um certo tempo.

É possível também que esta antecipação venha na forma de pequenos sangramentos, que são os tais escapes citados acima.

Apesar de ser normal, é importante ficar atenta aos sintomas e avaliar se o fenômeno vai se repetir nos próximos meses. Caso essa irregularidade não cesse dentro de 2 meses, busque atendimento médico para avaliar os fatores que podem estar causando o desequilíbrio.

Estresse e equilíbrio emocional

A maior parte das razões que levam a uma menstruação adiantada estão associadas aos hormônios, mas é possível que algumas mulheres passem por isso por motivos adversos. Por exemplo, há casos onde a menstruação é antecipada devido a carga de estresse na rotina.

Acontecimentos que desestabilizem fortemente o  estado emocional da mulher afetam não somente sua saúde psicológica, mas seu corpo também. Além disso, episódios intensos de susto também podem desencadear no adiantamento da menstruação.

Vale sempre lembrarmos que a indicação médica é considerar normal atrasos ou antecipações de até 5 dias. Se a sua menstruação adiantar (ou atrasar) mais que isso, o mais indicado é fazer uma avaliação médica.

Você já conhecia as razões que podem levar a uma menstruação adiantada? E já sabia que ela não é necessariamente sintoma de algo grave? Deixe um comentário e compartilhe conosco sua opinião.