Escolher os móveis da casa nova pode ser um desafio e tanto. Ao mesmo tempo, é algo divertido que devemos fazer com muita paciência, para aproveitarmos o que há de melhor no processo.

Até porque, quando nos mudamos para uma nova casa, muita coisa muda dentro de nós. Queremos novos ares, novas formas de executar a rotina e uma nova maneira de enxergar a vida.

Como escolher os móveis da casa nova

Casal medindo espaços da casa nova. Foto: Freepik

Por isso, apostar em uma decoração que esteja à altura de todas essas mudanças é o primeiro passo para ter mais conforto e, por que não, felicidade dentro de casa. Pensando nisso, fizemos este guia com diversas sugestões que vão lhe ajudar nessa nova empreitada. Acompanhe!

Publicidade

Veja também: Papel de parede para decorar quarto de bebê

Como escolher os móveis da casa nova

Antes de qualquer coisa, saiba que não existem regras irrevogáveis na hora de escolher os móveis da casa nova. Afinal, tudo deve se basear no seu conforto, bem-estar e qualidade de vida. Ademais, são apenas dicas que poderão lhe dar um direcionamento, caso você esteja em dúvida do que comprar. 

Dito isso, agora sim você pode ler as nossas sugestões para escolher os móveis do seu novo lar! Veja:

1- Atente-se para a quantidade de membros na família na hora de escolher os móveis da casa nova

O primeiro ponto que deve ser avaliado é a quantidade de membros na família, que moram na mesma casa. Esse será o ponto de partida na hora de escolher os móveis da casa nova. Afinal, é fundamental criar um ambiente que seja agradável para todos, priorizando o conforto e a privacidade de cada um.

Como escolher os móveis da casa nova

Mulher em seu home office decorado. Foto: Freepik

É a partir da quantidade de membros na família que você poderá estipular quantos sofás ter na sala; quantas cadeiras ter na varanda e quantas banquetas ter na cozinha. Ao mesmo tempo, pode considerar a rotina de cada um para esse cálculo, pois se nem todos tomam café da manhã no mesmo horário, por que ter uma banqueta para cada, no balcão do café? Pense sobre isso e procure sempre anotar as suas conclusões.

Publicidade

2- Analise o espaço em cada cômodo ao escolher os móveis da casa nova

Depois de ponderar sobre as necessidades de cada morador, comece a analisar o espaço disponível em cada cômodo. 

Avalie de qual forma você poderia otimizar aquele ambiente, tornando-o completo, mas sem deixá-lo “apertado” ou “cheio demais”.

Analise quais tipos de móveis são essenciais para cada cômodo e mensure quanto espaço cada um deles pode ocupar. Assim você evita comprar algo por impulso, apenas porque achou “bonito”, e foca no essencial.

Leia mais: 7 dicas de decoração que potencializa sua autoestima

3- Avalie quais móveis multifuncionais podem ser adquiridos ao escolher os móveis da casa nova

A partir do momento que você sabe o que é fundamental em cada cômodo, pode buscar por móveis multifuncionais que podem ter mais de uma função em um mesmo ambiente. Por exemplo, na hora de escolher os móveis da casa nova, observe o espaço do quarto: ele é muito pequeno? Então, que tal usar uma cama baú? Para você guardar objetos dentro da cama, enquanto a usa para o seu conforto e suas noites de sono?

Já no escritório, a mesa de trabalho e estudos pode ser uma bela prateleira dobrável, que se transforma tanto em prateleira decorativa, quanto mesa, dependendo da necessidade do momento.

Publicidade
Como escolher os móveis da casa nova

Sala de estar decorada. Foto: Freepik

Para tomar decisões neste sentido, veja quais ambientes precisam de um espaço otimizado e pesquise por móveis multifuncionais para cada um deles.

4- Cuidado com os excessos e volumes excessivos na hora de escolher os móveis da casa nova

Quando nos mudamos, sentimos uma sensação de renovação que pode provocar atitudes impulsivas em nós. Isso porque sentimos prazer em estar em um ambiente novinho, e queremos deixar tudo com “a nossa cara”. Porém, isso pode fazer com que você adquira móveis em demasia, sem necessidade.

Por isso, o planejamento de acordo com os espaços e os membros da família é fundamental. Dessa forma você evita excessos que podem provocar a poluição visual, que deixam o ambiente mais “apertado”.

Evite o excesso de móveis e itens decorativos e foque sempre em praticidade e harmonia.

Veja também: Sala de estar: Como decorar com pouco dinheiro

5- Escolha cores adequadas à decoração quando for escolher os móveis da casa nova

Quanto às cores, atente-se para a paleta já existente no ambiente. A não ser que você vá escolher os móveis da casa nova do zero, ou seja, sem reutilizar nada da casa antiga, você precisa ter o cuidado de fazer as peças “conversarem” entre si.

Cantinho de estudos decorados com poltrona e abajur. Foto: Freepik

Para isso, foque na quantidade de cores que o ambiente já tem e não fuja muito delas. Caso não queira adquirir móveis coloridos, opte sempre pela sobriedade, em tons terrosos, cinza e branco.

6- Foque mais no conforto do que na beleza no momento em que escolher os móveis da casa nova

É claro que queremos uma casa sempre bonita e bem apresentável. Porém, a beleza de um móvel não é tudo. Existem outras qualidades que os móveis precisam transparecer. 

Muitas vezes, o estofado que você achou mais confortável não é aquele que você achou mais bonito. E tudo bem! Na hora de “desempatar” e comprar, priorize o que for mais confortável e aconchegante. 

Leia mais: Decoração Home Office: 5 dica para decorar seu ambiente de trabalho

Dicas extras para comprar móveis da casa nova

Agora que você já viu as nossas dicas de como escolher os móveis da casa nova, veja também as nossas sugestões e considerações quanto aos móveis da sua antiga casa:

Mulher comprando móveis para a sua casa. Foto: Freepik

Venda os seus móveis usados

Para economizar um pouco mais, que tal vender os seus móveis usados e que ainda estão em bom estado? Você poderá usar parte do dinheiro para investir em uma peça novinha em folha! Logo, no agregado, terá muito mais economia e efeitos positivos nos seus investimentos na casa nova.

Compre móveis usados ou troque

Da mesma forma que você pode vender, você também pode escolher os móveis da casa nova em uma loja de usados. Assim você poderá comprar algo que ainda está em bom estado, por um preço, ou fazer a troca com um móvel seu que não será mais usado.

Reaproveite o que está gasto, reformando seus móveis

Você não precisa escolher os móveis da casa nova apenas focando no que há de novo. Experimente, dessa maneira, fazer um programa em família, para reformar móveis que ainda estão bons, e apenas com o acabamento desgastado. 

Casal escolhendo móveis. Foto: Freepik

Veja também: Festa reciclável: 7 dicas de enfeites incríveis para fazer com o filhote

Acredite, esse tipo de atividade simples pode aproximar a todos e fazer com que você economize bastante.

Desfaça-se dos excessos da sua antiga casa

Na hora de escolher os móveis da casa nova ou apenas se mudar, doe aqueles móveis em excesso. Você não precisa de mil e uma cadeiras, não é mesmo? Por isso, aproveite para fazer aquela limpa no que você tem acumulado em casa. Assim, ao chegar no novo imóvel, você sentirá o ar mais leve e tudo mais organizado. Aposte nisso!

Um bom exercício é se lembrar da última vez que um móvel foi usado de forma útil, ou apenas para organizar “entulhos” dentro de casa. Isso pode lhe ajudar a elencar o que precisa ir para a casa nova e o que pode ficar na antiga.

Leia mais: 5 erros que você não pode cometer na hora de decorar sua casa

Esperamos que este conteúdo tenha servido como alicerce nas suas escolhas e que você possa criar um ambiente muito aconchegante na sua casa. Boas compras e boa mudança!