Afinal, para que serve o protetor solar no rosto? Conheça tudo sobre a importância de aplicar o produto na pele!

Quem está por dentro do universo do skin care já sabe: o protetor solar para o rosto é o melhor amigo de todos os dias! Esse item essencial na rotina de cuidados não é apenas uma forma de preservar a estética da pele, mas também é uma questão de saúde e bem-estar.

De acordo com informações do Inca (Instituto Nacional do Câncer), cerca de 30% dos tumores malignos registrados no Brasil são do não-melanoma, também conhecido como câncer de pele.

Muitas vezes, é causado pela alta exposição aos raios UVA/UVB sem proteção, o que aumenta ainda mais a importância do protetor solar.

Publicidade

Mesmo com dados como esse, não é raro observar em praias e piscinas que, apesar da crescente conscientização sobre a necessidade de se proteger do sol, muita gente se recusa a utilizar o protetor solar, seja por preguiça, seja por desconhecimento.

Portanto, é fundamental saber como esse produto é essencial para a saúde da sua pele, principalmente no verão.

Que tal, então, descobrir mais sobre a importância do protetor solar? Para isso, é só continuar a leitura, tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto e encontrar a melhor forma de proteger você e a sua família dos raios solares.

Afinal, você merece aproveitar o sol da maneira mais saudável possível. Confira!

Protetor solar

Mulher passando protetor solar no rosto, na praia. Crédito da foto: Freepik

Você sabe a diferença entre os raios UVA e UVB?

O sol, apesar de incrível nos dias de praia, pode ser um grande causador de problemas na pele. Ele é resultado da soma de alguns tipos de radiações, como às radiações UVA e UVB.

Publicidade

Primeiramente, a radiação UVA é constante durante todo o dia e tem uma ação mais profunda na pele, então ela leva a uma degeneração do colágeno, refletindo no envelhecimento precoce causado pelo sol, o que leva a flacidez, rugas e linhas de expressão.

Por sua vez, a radiação UVB, é um pouco mais superficial na pele, sendo a principal responsável pelas queimaduras e tendo maior ação na hiperpigmentação, agindo na região dos melanócitos.

Além da radiação causar envelhecimento, ela agrava o aspecto de manchas e pode motivar o câncer da pele. Nada legal, não é mesmo?

Afinal, para que serve o protetor solar facial?

Antes de mais nada, o fotoprotetor tem a função de impedir o dano da radiação solar na pele.

Existem diferentes tipos de protetor solar, mas temos principalmente os químicos, que causam uma reação química que impede a penetração da radiação solar.

Temos também os protetores físicos que funcionam como uma barreira mecânica, já que possuem moléculas grandes que não deixam a radiação passar. Eles são também chamados de inorgânico, devido à sua composição de minerais, dióxido de titânio e dióxido de zinco.

Publicidade

Esses componentes não são absorvidos pela pele e, assim, os raios são refletidos pelo filtro. Isso auxilia na prevenção do envelhecimento da pele pela ação do sol.

É um produto ideal para crianças, pessoas alérgicas, grávidas ou que possuem a pele sensível, já que seus ingredientes não se fundem com a pele.

Sendo assim, podemos dizer que o protetor solar atua impedindo que os raios solares cheguem até a célula e motive todas essas alterações.

Qual é a importância do protetor solar?

Bom, independente da temperatura ou clima do dia, passar o filtro solar deve ser uma rotina para todas as pessoas.

Afinal, os benefícios são inúmeros não só para a sua pele, mas para todo o corpo. Portanto, para entender qual é a importância do protetor solar, listamos alguns dos principais motivos logo abaixo. Veja!

1) Previne doenças de pele

Curtir o sol em um parque, praia ou piscina é muito comum, especialmente no Brasil, onde as temperaturas geralmente são mais elevadas.

Porém, é fundamental saber aproveitar a exposição ao sol de maneira correta, afinal, são os raios UVA/UVB os principais responsáveis por doenças de pele.

Não à toa, campanhas como o Dezembro Laranja estimulam a população a utilizar os recursos disponíveis para prevenir algumas dessas doenças, como o câncer de pele.

A principal recomendação, é claro, é o uso do protetor solar com frequência, para que o seu corpo esteja sempre protegido.

2) Pode ajudar com espinhas e manchas

Do mesmo modo, passar protetor solar pode ajudar com manchas de pele e espinhas.

Afinal de contas, um dos primeiros sinais de alerta em relação à exposição ao sol é o aparecimento de manchas pelo corpo. O que significa que a proteção não está sendo feita da maneira correta.

É importante ressaltar que as manchas são áreas de hiperatividade do melanócito, que tem uma quantidade exacerbada de melanina, então as manchas com certeza aparecem na exposição solar e também pioram.

Portanto, aplicando um bom filtro solar, você garante que a sua pele esteja sempre protegida e saudável, já que ele serve para a prevenção e tratamento de muitas manchas.

Inclusive, alguns tipos de manchas, como o melasma, melhoram somente com a proteção à exposição solar.

Além disso, alguns produtos possuem uma ação secativa, controlando a oleosidade da sua pele, o que pode ser um outro fator para garantir que espinhas não apareçam regularmente no seu rosto, por exemplo.

Isso porque as cicatrizes de acne são marcas mais profundas e a radiação solar pode piorar a lesão, principalmente em peles negras, pois pigmentam com mais facilidade.

Sendo assim, o produto é muito importante principalmente para quem tem espinhas inflamadas, já que podem manchar.

Uma boa dica para quem tem essas cicatrizes é utilizar um protetor solar com cor, pois além de deixar a região protegida, o pigmento ajuda a uniformizar o tom da pele.

Ou seja, ele é um grande aliado para quem quer cuidar desses detalhes na pele!

3) Previne o envelhecimento

Bem como, passar protetor pode ajudar a prevenir o envelhecimento da pele.

Apesar de sabermos que o envelhecimento é natural do ser humano e não podemos evitá-lo, é possível reduzir os impactos de fatores externos nesse processo.

Isso ocorre porque o envelhecimento está diretamente relacionado ao contato com os raios solares, que podem prejudicar a produção natural de colágeno, por exemplo. Isso reduz a firmeza dos tecidos da pele.

Consequentemente, aumenta as marcas de expressão e também a formação de rugas.

Assim, ao utilizar o protetor solar corretamente, vai garantir a saúde da sua pele.

Protetor solar

Mulher jovem passando protetor solar no rosto, na praia. Crédito da foto: Freepik

Quais fatores levar em consideração na hora de escolher o protetor?

Como cada pessoa tem um tipo de pele e diferentes históricos, existem variados tipos de protetores solar. Ou seja, você pode encontrar um que se adéque exatamente ao que procura.

Portanto, para que faça a melhor escolha na hora de proteger o seu corpo, é essencial saber quais são os fatores mais importantes.

O primeiro deles é o tipo de pele, sabendo, por exemplo, se é um fototipo I ou II, com a pele mais clara e, consequentemente, precisando de um FPS (Fator de Proteção Solar) mais alto.

Já os fototipos V e VI, por exemplo, têm pele mais escura e, apesar de não terem riscos de queimaduras, precisam de um FPS menor.

A oleosidade da pele também deve ser outro ponto analisado na decisão, com versões oil-free (livre de óleo) sendo indicadas para quem já sofre, por exemplo, com acnes e espinhas. Assim, os filtros acabam garantindo a pele seca e protegida dos raios solares.

É importante entender também qual o seu objetivo com o protetor solar. Afinal, para ir à praia, talvez seja ideal uma opção com um maior FPS, já que você estará mais exposto ao sol.

Para o dia a dia, um protetor solar facial já pode ser bastante útil para a saúde da sua pele.

Quais cuidados você deve tomar ao passar o protetor solar?

Para que a utilização do filtro solar seja, de fato, eficiente, é necessário tomar alguns cuidados ao passar o produto no seu corpo. A ação básica e obrigatória é, quinze minutos antes de se expor ao sol e com a pele seca, passar o protetor diretamente na pele, o que já vai ser o suficiente para não sofrer danos por raios solares.

Independentemente de qual versão você esteja utilizando (seja spray ou creme), o cenário ideal é espalhar com as mãos o protetor após a aplicação. Isso garante que todas as áreas do seu corpo sejam cobertas e nenhuma parte fique desprotegida.

Apesar da eficácia do protetor solar, é preciso ficar atento à reaplicação do produto, uma prática pouco comum em ambientes de lazer e que pode prejudicar a sua pele.

Afinal, muita gente acredita que, uma vez no corpo, o filtro vai continuar fazendo o efeito mesmo com suor, água ou o próprio tempo.

Porém, não é assim que funciona. A reaplicação é fundamental para a garantia de uma proteção eficiente durante todo o tempo de exposição ao sol. Sempre que entrar na água, por exemplo, é preciso reaplicar o produto.

Qual a frequência ideal de aplicação? O ideal é aplicar o protetor a cada duas horas.

O filtro solar é, sem dúvidas, um produto que deve fazer parte da rotina de todas as pessoas, independentemente do tipo de pele ou do tempo de exposição diária ao sol.

Apenas com a aplicação correta desse produto é possível garantir uma pele mais saudável para você e a sua família.

Veja como usar protetor solar corretamente

Por fim, se você ainda não sabe como incluir o protetor solar na sua rotina de skin care, nós iremos te ajudar!

Cada tipo de pele requer produtos especiais que intensifiquem suas características positivas e que não a prejudiquem. Por isso, escolher o filtro solar ideal é fundamental. Mas como?

Escolha o produto ideal para o seu tipo de pele

Em primeiro lugar, é importante escolher um produto que se adeque ao seu tipo de pele. Se a sua pele for mais oleosa, procure um protetor solar com textura em gel, não oleosa. O ideal é filtro solar fluido e oil-free, pois a textura é leve, de rápida absorção e sem óleo.

Por outro lado, se a sua pele for seca pode aproveitar para comprar protetores com uma composição mais densa. Opte pela versão em creme ou loções.

Já para peles sensíveis, a composição do protetor deve ser livre de ingredientes que possam causar irritações e alergias, portanto, escolha produtos com fórmulas minerais ou em pó.

Repasse o produto a cada 2 horas

Como mencionamos anteriormente, protetor deve ser reaplicado durante a exposição solar a cada 2 horas, a proteção começa a diminuir devido ao suor, banho, etc. Não esqueça de refazer esse passo!

Já quantidade deve ser respeitada (1 colher de café para o rosto e pescoço) para garantir uma camada que de fato proteja a pele.

Evite a exposição solar direta por muito tempo

Por últimos, outros cuidados devem ser adotados: evite exposição direta ao sol se você tiver a pele muito clara e procure tomar sol antes das 10h e após às 16h, pois nesses horários o sol já está mais fraco.

Para o dia a dia, por exemplo, o protetor solar com cor é uma ótima opção, já que protege o seu rosto contra os efeitos nocivos dos raios solares, garante o disfarce de possíveis imperfeições e ainda previne os danos da luz visível, unindo a saúde com a beleza de sua pele.

Cuidados para uma pele mais saudável vão além do protetor solar

Lembre-se também que os hábitos influenciam diretamente na saúde da pele. Portanto, procure sempre ingerir uma boa quantidade de água e manter uma alimentação saudável.

O tabagismo, a má alimentação, a ausência de cuidados (falta de limpeza e hidratação da pele) e o estresse são inimigos em potencial da prevenção de rugas e manchas.

Mulher jovem asiática de roupão branco, segurando um potinho de protetor solar, sorrindo para a foto. Crédito da foto: Freepik

Aumente a proteção com a Vitamina C

Além do protetor solar, a Vitamina C ajuda a reduzir o impacto do sol sobre a pele, atuando de uma maneira diferente.

Os filtros formam uma barreira protetora, já a vitamina recupera a integridade do DNA celular, que pode ter sido danificado pelos raios solares.

Além disso, a Vitamina C ainda promove o clareamento cutâneo, tornando a pele mais uniforme e melhorando a textura. Ele ainda reduz linhas finas, previne rugas, possui ação antioxidante e dá elasticidade e firmeza à pele.

Para finalizar, remova o filtro solar da forma correta. Como outros produtos que você aplica sobre a pele, os filtros solares também devem ser removidos corretamente.

Gostou desse artigo? Compartilhe com suas amigas para que elas saibam da importância do protetor solar também!

E continue acompanhando nosso blog Mil Dicas de Mãe para mais dicas de beleza e cuidados. Aproveite para ler outros artigos!