Os exercícios para aumentar a resistência da mulher são super práticos e podem ser feitos tanto na academia, quanto em casa. Isso porque eles são bastante versáteis, o que facilita na hora de incluí-los na rotina da mulher.

E para lhe ajudar a fugir do sedentarismo e preparar o seu corpo para ter muito mais resistência nos próximos meses, trouxemos uma lista com 5 opções incríveis para você testar. Em seguida, também apontamos algumas dicas para que os seus treinos sejam ainda melhores. Vamos lá?

Depois dê uma olhada nestas dicas: 6 exercícios fáceis para aliviar desconfortos na gravidez

exercícios para aumentar a resistência da mulher

Mulher se alongando para a caminhada. Foto: Freepik

Publicidade

5 exercícios para aumentar a resistência da mulher

Os exercícios para aumentar a resistência da mulher são super dinâmicos e proporcionam uma queima de calorias bastante interessante. Isso quer dizer que além de se sentir muito mais resistente, você também poderá perder peso e tornear o seu corpo de uma forma muito interessante. Veja algumas dicas:

1- Agachamento (diversos tipos)

Todos os tipos de agachamento são capazes de aumentar a resistência da mulher. Isso porque eles fortalecem a musculatura, especialmente das coxas, tornando as mulheres muito mais fortes e com o corpo torneado.

Além disso, são super práticos de fazer e podem ser feitos tanto com peso, quanto apenas com o corpo. Ou seja, se você está apenas começando, poderá fazer os agachamentos de maneira livre e, com o passar do tempo e do seu desenvolvimento, poderá incluir algum tipo de peso, desde que um educador físico auxilie essa mudança, claro.

exercícios para aumentar a resistência da mulher

Mulheres praticando exercícios na sala de casa. Foto: Freepik

2- Pular corda para aumentar a resistência da mulher

Pular corda é algo super divertido! Se você tem filhos, sabe o quanto a atividade pode render boas risadas e muita diversão. Portanto, por que não tornar o momento de aumentar a resistência em algo super incrível? Temos certeza de que você vai gostar de pular corda!

Experimente brincar com o seu filho enquanto você pula. Assim você interage, se diverte e ainda aumenta a resistência do seu corpo. Tudo de um modo muito efetivo e prático.

Publicidade

Apenas tenha o cuidado de usar um bom par de tênis, combinado? Caso contrário você poderá machucar os seus tornozelos e articulações. Cuidado! Além disso, se nunca pulou corda, vá com calma: nada de querer ser uma expert de uma hora para outra, hein?

3- Corrida na esteira ou ao ar livre

Esse é um dos exercícios para aumentar a resistência da mulher mais práticos. Afinal, basta um par de tênis e um ambiente plano (ou esteira) e pronto! Você já estará exercitando o seu corpo de uma maneira efetiva.

Sendo assim, foque em fazer corridas com tempo estipulado, ou distância em quilômetros. Além disso, lembre-se de ir aumentando a intensidade do treino aos poucos, além de aprender a “respirar” enquanto pratica a corrida, ok?

Leia também: Exercícios para grávidas com bola: como o pilates é benéfico às mamães

exercícios para aumentar a resistência da mulher

Homem e mulher dando uma pausa no treino. Foto: Freepik

4- Natação para aumentar a resistência da mulher

A natação é um dos exercícios mais completos que existe. Por meio dela você consegue exercitar praticamente todos os músculos, além de melhorar – e muito – a sua respiração. Isso significa que além de tudo, você ainda terá muito mais saúde e qualidade de vida.

Publicidade

Sem contar que a natação pode ser muito relaxante e a porta de entrada para dias mais tranquilos e menos ansiosos. Vale a pena experimentar.

5- Subida de escada para aumentar a resistência da mulher

Subir escadas é um grande desafio, mas pode ser um dos principais exercícios para aumentar a resistência da mulher. Isso porque você estará exercitando a musculatura da sua perna de um modo relativamente intenso.

Se você cogitar correr escada acima, isso poderá ser ainda mais intenso e recompensador. Mas, claro, nada de fazer isso de uma hora para outra, como viemos comentando no decorrer deste conteúdo, ok? Não queremos que você se machuque já no primeiro dia de treino! Respeite os seus limites.

exercícios para aumentar a resistência da mulher

Mulher se hidratando durante os exercícios. Foto: Freepik

Como aumentar o rendimento nos treinos?

Agora que você já pôde ver as nossas dicas de exercícios para aumentar a resistência da mulher, é hora de entender como implementá-los da melhor maneira. Ou seja, é hora das dicas para aumentar o seu rendimento e assim ter resultados ainda mais promissores nos seus treinos! Veja as nossas considerações e sugestões:

1- Tenha uma alimentação equilibrada e adequada

A sua alimentação é uma peça-chave na hora de desenvolver-se bem nos exercícios para aumentar a resistência da mulher. Afinal, de nada adianta investir em um treino intenso se, simplesmente, você não se alimentar adequadamente.

Além de você não conseguir concluir o treino da melhor forma, poderá ainda colocar a sua saúde em risco. Então, nada de se arriscar dessa maneira, hein?

Mas sim, considere conversar com uma nutricionista para encontrar o cardápio mais adequado para o seu caso. Pois assim você terá muito mais resultados e ainda manterá a sua saúde sempre em dia.

Leia mais: Alimentação na gravidez: Confira quais são os melhores alimentos

2- Cuide da hidratação do seu corpo

Mulher bebendo água depois do treino. Foto: Freepik

O nosso corpo pode ficar desidratado se nos expormos às atividades muito intensas sem levar em conta a necessidade de hidratação. E a desidratação, por sua vez, pode causar muitos malefícios em nosso corpo, levando ao colapso, se não cuidarmos!

Por isso, foque em manter o seu corpo bem hidratado, respeitando o consumo mínimo diário de água. Desse modo você terá muito mais saúde e até mesmo o seu desempenho é beneficiado.

3- Varie a sua rotina de exercícios

Não fique focando em apenas um dos exercícios para aumentar a resistência da mulher, todos os dias. Não que isso seja de fato errado, mas intercalar as possibilidades pode trazer resultados ainda mais promissores.

E ainda, o fato de você não insistir em apenas um tipo de exercício pode te ajudar a não cair na monotonia durante o treino. Afinal, a mesmice, de um treino igual todos os dias, pode tornar o momento mais chato e menos agradável. Atente-se a isso.

4- Tenha momentos de descanso para o seu corpo

Mulher se alongando depois de fazer seus exercícios. Foto: Freepik

O nosso corpo não é uma máquina. Isso quer dizer que embora os exercícios para aumentar a resistência da mulher sejam muito eficientes, nós precisamos de descansos e pausas para manter o corpo forte de verdade.

Por isso, saiba estabelecer os seus dias de descanso para não se sobrecarregar em demasia. Caso contrário, você poderá prejudicar a sua saúde e o seu corpo pode sofrer com o efeito rebote, ficando mais fragilizado.

Leia também: Pele bonita: 16 melhores dicas para manter bela e saudável em casa

Além de que, convenhamos, essa intensidade pode causar malefícios na saúde mental, pois você pode se sentir sobrecarregada e estressada; pode sentir culpa quando não treinar, por achar que o treino diário é necessário, e assim por diante. Respeite os limites do seu corpo!

5- Use roupas adequadas na hora de fazer exercícios para aumentar a resistência da mulher

Outro ponto importante que vai além dos exercícios para aumentar a resistência da mulher é com relação à vestimenta. A roupa e o tênis que você usa durante a prática de exercícios pode fazer com que você tenha um bom ou um mau desempenho. Portanto, foque em roupas que sejam adequadas para os exercícios e que não fiquem nem muito largas, nem muito apertadas no seu corpo.

Dessa maneira você se sentirá mais confortável e terá uma maior liberdade para executar os movimentos de uma maneira efetiva e bem interessante. Lembre-se sempre disso, ok?

Antes de praticar os exercícios para aumentar a resistência da mulher, converse com um educador físico

Mulher se alongando para praticar exercícios. Foto: Freepik

A nossa dica final, e a mais importante, é com relação a quem não tem o acompanhamento de um educador físico. Embora a prática diária de exercícios seja fundamental, fazer isso de forma muito intensa, de uma hora para outra e sem acompanhamento profissional, pode ser perigoso.

Por isso, além de começar aos poucos, cogite conversar com um profissional de educação física para estabelecer a rotina de treino mais efetiva para o seu caso. Assim você terá mais resultados e tudo isso sem agredir a saúde do seu corpo.

Bons treinos!

Veja agora: Sal de epsom: como ele promove a saúde da pele e a perda de peso