6 exercícios fáceis para aliviar desconfortos na gravidez

Por 0 Comentários


Quando o momento do parto começa a chegar, é comum que a mulher sinta alguns desconfortos com mais intensidade e frequência, em relação aos primeiros meses de gravidez. Afinal, há uma série de fenômenos acontecendo dentro da barriga (com o espaço do bebê ficando cada vez menor, conforme ele se prepara para vir ao mundo!).

Nessas horas, para aliviar as sensações desagradáveis, um dos principais aliados da gestante são os exercícios, sabia? Não é apenas “papo” do seu obstetra, não – eles podem realmente te ajudar a sentir um maior bem-estar. E, além de práticas que você faz na academia (vale a pena se informar com o seu médico sobre uma indicação bacana para o seu caso), existem outras que você pode fazer em casa, levando apenas alguns minutos.

Acredite: se você está grávida, mais cedo ou mais tarde vai querer conhecer essas atividades. Evidentemente eu estou falando de movimentos simples, mas que já podem ser uma mão na roda para aliviar os desconfortos das últimas semanas de gravidez. Agora, se você quiser algo mais intenso, como falei anteriormente, vale pedir a dica de algum profissional, ok?

Vem ver então algumas sugestões (espero que funcionem para você!):

Imagem: 123RF

Alongamentos: alongamentos são sempre bem-vindos para relaxar os músculos. Um tipo que você pode praticar em casa é deitar de costas e ir trazendo, aos poucos, o joelho até a barriga (você verá como gera um grande alívio! Então repita o movimento algumas vezes). Se você se sentir confortável sentando de joelhos, outra alternativa é, com o bumbum apoiado nos calcanhares, esticar os braços para frente até onde conseguir (você pode fazer isso com o auxílio de uma bola de pilates também, colocando as mãos sobre ela).

Espreguice-se: mais um tipo de alongamento muito válido é o ato de se espreguiçar. Quando acordar e também ao longo do dia, estique os braços para frente e para cima e, em seguida, volte devagar. Tenha o cuidado ainda de ir soltando o ar quando volta, para relaxar melhor.

Estique também as pernas: se você já praticou yoga, deve conhecer a postura do triângulo. Sabia que ela é super bem-vinda para estender pernas e costas, alongar quadril e virilha e, consequentemente, aliviar dores? Mas caso você nunca tenha ouvido falar disso, eu te explico como fazer (é como na imagem a seguir): em pé, leve os braços à altura dos ombros com as palmas das mãos para frente. Em seguida, desça lentamente para um lado, levando a mão à canela (ou ao tornozelo ou mesmo ao joelho, até onde conseguir). A outra mão você aponta para cima, estendendo os dois braços. A cabeça deve olhar para o teto e, depois, o movimento é repetido para o outro lado (permaneça na posição durante uns 30 segundos, ou enquanto se sentir confortável).

Imagem: 123RF

Movimentos circulares: pensado especialmente nos temidos inchaços, uma prática para ajudar a aliviá-los é fazer movimentos circulares, tanto com os pés quanto com as mãos. Mexa-os devagar, com cuidado. Quando você faz isso, a circulação sanguínea aumenta e, consequentemente, a retenção de líquido diminui.

Mexa-se: sabe aquela história de que grávida não pode ficar muito tempo na mesma posição? Na verdade esse preceito vale para todas as pessoas, mas na gestação fica ainda mais verdadeiro, pois ficar muito tempo parada (seja em pé ou sentada) é mais um facilitador para o aparecimento de inchaços. Por isso, depois de cerca de duas horas na mesma posição, procure trocar.

Estimule a sola dos pés: a sola dos pés também merece atenção na gravidez, afinal, é ali que fica o sustento para dar conta de todo o peso da barriga que cresce. Para manter a saúde da região, uma atividade simples é a de mexer os dedos. Se você tiver bolinhas de gude em casa, por exemplo, deixe algumas pelo chão e tente capturá-las com os pés.

Para finalizar, outra dica muito válida é prestar atenção à postura. Claro que fica mais difícil se manter ereta com o aumento da barriga, mas, quando quiser aliviar dores na lombar, vale a pena se dedicar alguns minutos para ficar “retinha”. Faça assim: em pé ou sentada, coloque os ombros para trás, levante o peito e olhe para a frente, deixando a cabeça e as costas retas. Pode incomodar um pouquinho no início, mas a ajuda será grande!

Tem mais alguma sugestão de movimento que te ajudou na gravidez? Compartilha comigo e com as outras mães nos comentários – quem sabe não ajuda outras mulheres também?


 



Arquivado em: Gravidez Tags:

Deixe seu comentário