Existem diversos exames na gravidez que têm por objetivo garantir o acompanhamento da saúde da mãe e do feto e do desenvolvimento do bebê.

São estes exames que promovem mais saúde, bem-estar e tranquilidade para a futura mamãe que, em meio à tantas mudanças, pode se sentir ansiosa e até mesmo receosa com o desenvolvimento da gravidez.

Pensando nisso, trouxemos a lista de exames na gravidez para que você saiba quais são e entenda a importância de cada um deles.

exames na gravidez

Médico examinando a gestante. Foto: Freepik

Publicidade

Lista de exames na gravidez

Os exames que devem ser feitos na gravidez são indispensáveis para o acompanhamento da saúde da mãe e do bebê. Além disso, são eles que garantem que tratamentos precoces possam ser feitos caso algum tipo de problema seja detectado. Veja a seguir todos os exames que devem ser feitos:

Leia mais: Gravidez x Coronavírus: Saiba os riscos da Covid-19 para as gestantes

Exames na gravidez: Os exames de imagem

Através da ultrassonografia é possível acompanhar o desenvolvimento do feto durante todo o pré-natal. Este acompanhamento permite que a mãe e o médico tenham conhecimento de cada uma das fases da gestação, sendo possível estar por dentro de todos os dados que remetam a saúde do feto e ao seu crescimento saudável.

Os exames de imagem na gravidez são diversos, sendo eles:

1- Ultrassonografia do primeiro trimestre

Esta ultrassonografia identifica a vitalidade do bebê; local da gestação; se a gestação é gemelar; mede o tamanho do embrião e identifica a idade gestacional; avalia o útero e os ovários da mulher.

lista de exames na gravidez

Gestante sendo atendida pelo médico. Foto: Freepik

Publicidade

O número de placentas também é observado e, dependendo da quantidade (uma ou duas em uma gravidez gemelar), o acompanhamento médico será mais ou menos rigoroso.

2- Ultrassonografia obstétrica do segundo e terceiro trimestre

Além de calcular a idade gestacional, este tipo de ultrassonografia também avalia a posição do feto.

É a partir desse exame que é possível acompanhar o bem-estar fetal, além de analisar o cordão umbilical, a placenta e o líquido amniótico.

Aqui, o crescimento do feto é analisado para compreender se tudo está “dentro dos conformes” e seu desenvolvimento tem respeitado as fases da gestação. Qualquer alteração neste sentido poderá ser detectada e tratada.

exames solicitados na gravidez

Gestante segurando os seus exames. Foto: Freepik

3- Exames na gravidez: Ultrassonografia obstétrica com dopplervelocimetria

Este exame é capaz de dar informações sobre a situação do ambiente vascular gestacional, podendo ser dividido tanto em informações maternas quanto fetais.

Publicidade
  • Avaliação vascular materna: Avalia-se as artérias uterinas, identificando riscos associados à restrição de crescimento ou doença hipertensiva.
  • Avaliação vascular fetal: Avalia-se as artérias umbilicais e cerebrais do feto.

Estas informações podem dar pistas sobre a necessidade de tratamentos específicos ao longo da gestação.

Veja também: Hipertensão na gravidez: sintomas, por que ocorre, o que fazer

4- Ultrassonografia morfológica do primeiro e segundo trimestre

No primeiro trimestre, esta ultrassonografia rastreia possível malformações durante a gestação, realizando o diagnóstico precoce para que medidas cabíveis sejam tomadas. Aqui, o exame de Translucência Nucal é capas de demonstrar sinais importantes de que a formação do feto está sofrendo algum comprometimento. Caso seja detectada alguma alteração, o médico poderá solicitar outros exames complementares.

Pai acompanhando a gestante na ultrassonografia. Foto: Freepik

Já no segundo trimestre, o desenvolvimento estrutural do bebê poderá ser acompanhado com mais clareza, a fim de possíveis diagnósticos de malformação. Além disso, informações sobre o Sistema Nervoso Central, a face, o coração, rins e outros órgãos também são analisadas.

5- Ultrassonografia do colo uterino

Este exame pode prever a necessidade de parto prematuro, através da observação da medida do comprimento do colo uterino pela via endovaginal. Esta ultrassonografia pode ser feita entre 16a e a 24a semana de gestação.

6- Ultrassonografia 3D/4D

Por fim, este exame de imagem na gravidez tem por objetivo apresentar detalhes mais realistas sobre a aparência do bebê, além de auxiliar o médico na avaliação de diversas partes e órgãos do bebê.

Veja mais: 2ª linha do teste de gravidez muito clara é positivo?

Perfil biofísico fetal

Este é um dos exames na gravidez que é capaz de trazer informações sobre a formação do bebê. Aqui, o médico irá avaliar o volume do líquido amniótico, os movimentos corporais e respiratórios do feto, além de observar o tônus fetal.

Gestante analisando seu exame de imagem. Foto: Freepik

Cardiotocografia

A finalidade deste exame na gravidez é monitorar a frequência cardíaca do feto, além de ser responsável por detectar as contrações uterinas.

Por que é importante fazer os exames solicitados na gravidez?

Fazer os exames importantes na gravidez é indispensável para um acompanhamento rigoroso de tudo que vem acontecendo tanto com a mãe, quanto com o feto.

Todas as informações que são colhidas, durante a examinação, são capazes de dar suporte para que o médico observe se há algum tipo de complicação, malformação ou doença e, a partir disso, estabeleça um plano de tratamento que seja coerente com às necessidades da mãe e do seu filho.

Tudo isso é capaz de desencadear mais qualidade de vida para a gestante e permitir que ela viva todas as fases da gravidez de uma forma saudável, equilibrada e confortável.

Veja também: Corpo Lúteo: O que é e qual a sua relação com a gravidez?

Médica examinando a gestante. Foto: Freepik

Faça os exames pedido na gravidez e garanta a sua saúde e a do seu bebê!

Faça os exames necessários na gravidez e garanta mais saúde para você e o seu bebê. Lembre-se que todos os exames na gravidez são imprescindíveis e essenciais para evitar qualquer tipo de surpresa desagradável. Além disso, esta é uma forma de garantir a segurança da mãe e do feto. Cuide-se!

Leia agora: