Eu não sei se vocês viram a notícia, mas eu achei tão interessante para as grávidas que nos acompanham, que resolvi compartilhar aqui no blog. No Canadá, pesquisadores criaram um exame que é capaz de prever as chances de uma gestante, que tem contrações antes do tempo esperado para que elas ocorram, apresentar um parto prematuro.

gravidez

Imagem: bies via Compfight cc

Segundo os especialistas que conduziram os testes na cidade de Toronto, apenas 5% das grávidas com sinais da ocorrência de um parto prematuro de fato evoluem para ele, em um período de 10 dias. Ou seja, na grande maioria dos casos, as gestantes são hospitalizadas sem necessidade – sendo esse o principal motivador para que desenvolvessem o teste.

Durante o estudo, os pesquisadores descobriram nove genes (identificados nos exames de sangue das mulheres avaliadas) que preveem em 70% dos casos a ocorrência de um parto prematuro dentro de 48 horas. Já imaginaram a facilidade: você faz um exame de sangue e fica sabendo se precisa mesmo ficar hospitalizada ou se pode voltar para casa!

Publicidade

A praticidade do exame e sua maior capacidade de prever a prematuridade do parto, quando comparados ao outro exame normalmente feito com esse objetivo, o de esfregaço vaginal, são uma ótima notícia para as gestantes canadenses, que terão o exame disponível no mercado em cinco anos, aproximadamente. Resta saber agora quanto tempo levará para que ele chegue no Brasil, não é verdade?

Para quem quiser ler a pesquisa na íntegra (em inglês), é só clicar aqui.