Métodos de treinamento de sono para as sonecas: o que você precisa saber sobre isso!

Por 0 Comentários


Sei que os métodos que envolvem choro são bastante controversos no mundo da maternidade. Mas eu aprendi a não julga-los: embora não tenha conseguido fazer com a Cacá (eu cheguei a tentar, tamanho era o meu desespero. Ela simplesmente não dormia, e como última tentativa tentei deixa-la chorando algumas noites, para ver se dormia. Não funcionou, e me dei por vencida: uma mãe que mal dormiu por 1 ano e meio), conheço pessoas que fizeram e deu certo. Aliás, um amigo me confidenciou que uma dessas técnicas salvou seu casamento, que já estava à beira do abismo porque ninguém mais dormia na casa.

Por isso, o post de hoje é para você, que está tendo problemas com as sonecas do bebê, e que, para tentar resolver o problema, quer tentar um método de aprendizagem de sono (que pode envolver um chorinho, sim. Mas veja aos fim do post que existem também métodos considerados gentis). Espero que as informações da nossa consultora de sono, Michele Melão, sejam úteis!

Por Michele Melão

Imagem: 123RF

Muitas famílias me procuram na Maternity Coach por causa da dificuldade que as crianças têm para dormir durante o dia. Uma boa parte destes pais, inclusive, aplicaram algum método de aprendizagem de sono, como o “Nana Nenê” (método do choro controlado), do afastamento (também conhecido como método da cadeira) ou mesmo o método do colo ou PUPD (da Encantadora de bebês) e obtiveram ótimos resultados à noite. Mas não conseguiram melhorar o sono do dia, aplicando exatamente as mesmas técnicas. Por que o bebê consegue aprender a dormir de noite seguindo um método e não desenvolve esse mesmo aprendizado durante o dia? Qual é a grande diferença?

Essa diferença de comportamento é muito mais clara quando a família aplica o método do choro controlado, já que a maioria dos outros é feita de forma mais gradual, e, com o passar dos dias, as sonecas podem se ajustar naturalmente, com a padronização da rotina e dos rituais para dormir de dia e de noite.

Existem 5 pontos importantes que os pais precisam levar em conta na hora de fazer as crianças dormirem durante o dia:

– Deve existir um limite para o choro! Mesmo quem decide fazer o choro controlado deve fixar um tempo para fazer um método. Minha sugestão é de 30 minutos no máximo (obviamente atendendo a criança em intervalos pequenos, para cessar o choro). Se em 30 minutos a criança não dormir, não insista no método. Provavelmente esse bebê não está preparado para dormir – existe algo que precisa ser avaliado, como tempo acordado, sinais de sono, forma de colocar para dormir.

– Se o seu bebê não dormir quando aplicar qualquer método, não deixe a próxima soneca para o horário previamente marcado na rotina. Ou seja, se seu filho faz 2 sonecas por dia e não dormir de manhã, você deve adiantar a segunda soneca. Minha sugestão é esperar apenas uma hora e tentar novamente. A rotina vai ficar bem difícil por alguns dias, mas aos poucos a criança vai dormir mais rápido e ficará mais fácil de ajustar.

– As sonecas são mais difíceis que o sono da noite, então, em qualquer método, os resultados podem demorar mais para aparecer. Pense que durante a noite temos silêncio, escuridão, hormônio de sono sendo produzido. As coisas não funcionam da mesma forma durante o dia, então é normal que a criança demore mais para aprender a adormecer. Portanto não adianta tentar por poucos dias e achar que o método não está funcionando. Aprender a dormir de dia exige muita paciência e persistência, muitas vezes mais do que o dobro do tempo que a criança levou para aprender a dormir de noite.

– Antes de aplicar qualquer método durante o dia, faça uma agenda para perceber as janelas de sono e aplique o método somente quando perceber a necessidade de sono dessa criança. Pense que a primeira janela é mais curta e depois você pode estender um pouco o tempo da criança acordada. Se seu filho fica 2 horas acordado de manhã, você pode tentar uma janela de 2 horas e 30 minutos ou até 3 horas para a outra soneca e assim por diante. Colocar a criança para dormir em horário errado pode ser a causa de uma grande resistência para entrar no sono.

– Aplique qualquer método de sono desde que seu bebê já tenha mais de 4 meses, mais de 6kg e a sugestão é não fazer em todas as sonecas do dia. Não sugerimos fazer método de aprendizagem na última soneca, se seu filho dormir mais do que 2x por dia. A ideia é fazer na primeira e segunda soneca, e ajudar mais o bebê a dormir no último sono (que geralmente é mais difícil). Essa terceira soneca dura até 7 meses aproximadamente, então logo ela irá desaparecer.

Existem muitos métodos para ajudar as crianças a dormirem bem, desde o choro controlado, até os mais gentis (que levam mais tempo, mas tem resultados incríveis!). O importante é saber o que serve para sua família, entender a personalidade do bebê e como sempre, ter muita paciência para trabalhar o aprendizado.


 



Arquivado em: Sem categoria Tags:

Deixe seu comentário