Alimentos biodinâmicos: vale a pena conhecer!

Por 0 Comentários


Você já ouviu falar em alimentos biodinâmicos? Pois é possível encontrar hortaliças, frutas, verduras, legumes, mel, geleias, cafés e até mesmo papinhas biodinâmicas – e todos oferecem benefícios à saúde de toda família, uma vez que também são livres de aditivos químicos (mas não só!). A seguir, eu conto um pouco mais sobre eles. Vale a pena conhecer!

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

Como são produzidos e os benefícios dos alimentos biodinâmicos

Os alimentos biodinâmicos diferem dos outros pela maneira como são produzidos, para começo de conversa. Por se tratar de um modelo agrícola de produção orgânica, não são usados aditivos artificiais (como adubos químicos, venenos, herbicidas, sementes transgênicas, antibióticos ou hormônios). Só por esse motivo, pode ser considerado mais benéfico para a saúde do consumidor. Para quem não sabe, pesquisas recentes mostram as diferenças entre os nutrientes presentes em alimentos orgânicos, em contraposição aos não-orgânicos.

A agricultura biodinâmica também se destaca por ser baseada em conceitos de Rudolf Steiner (o criador da Antroposofia), e por buscar a individualidade agrícola. Nesse sentido, a fazenda ou o sítio é visto como um organismo, e o ser humano (ou seja, o produtor) é o ponto central que irá fazer o cultivo dos alimentos, procurando a integração entre todas as atividades de sua propriedade (que pode incluir elementos como horta, pomar, campo de cereais, criação animal, florestas nativas, etc).

A ideia é que a terra seja capaz de se renovar. Portanto, a agricultura biodinâmica não trabalha com adubos artificiais e hormônios, mas, sim, com insumos preparados pelo próprio produtor, para dinamizar a própria capacidade da planta de produzir nutrientes. E o resultado são alimentos equilibrados em sua formação biológica e nutricional, ou seja, que possuem mais qualidade (sem contar que são produzidos a partir de terra e plantas saudáveis).

Mais um ponto positivo de adquirir um produto biodinâmico é o incentivo ao produtor, pois é ele quem produz tudo o que é necessário para se chegar ao produto final.

 

Onde encontrar

No Brasil, os alimentos biodinâmicos são reconhecidos pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário. Em todas as partes do mundo eles possuem o selo Demeter (a certificação, do Instituto Biodinâmico, de que o alimento foi feito seguindo os princípios e modo de produção biodinâmica).

Geralmente são comercializados em feiras especializadas, mas também é possível encontrá-los na internet. Vale destacar que a variedade desses produtos é menor do que os que são produzidos a partir da agricultura convencional. Isso porque é respeitado o ciclo de vida das plantas, então a sazonalidade é maior.

O preço difere dos alimentos cultivados por modos convencionais (é um pouco acima), mas pode valer experimentar a troca (pelo menos para alguns produtos específicos) – afinal, não deixa de ser um investimento em saúde, não é mesmo?




Arquivado em: Alimentação Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail