mala de viagem bebê tem sido um dilema para você? Tem dúvidas sobre o que é essencial e não pode faltar? Então não deixe de acompanhar o nosso guia de hoje! Nele vamos lhe detalhar tudo o que precisa ser levado para garantir a saúde, o bem-estar e o conforto do seu bebê. Acompanhe!

mala de viagem bebê

Mãe e bebê viajando. Foto: Freepik

Mala bebê viagem: Dilema entre fraldas descartáveis ou de pano

A primeira coisa que você deve pensar é com relação aos tipos de fraldas que deseja levar à viagem. Se você é adepta às fraldas de pano, pode estar em dúvida sobre a praticidade dessa peça durante uma viagem.

A verdade é que se você ficar em uma casa com máquina de lavar e com tudo o que você precisa, não será tão diferente do habitual. Porém, se você quiser passear mais do que de costume, pode ser que as fraldas descartáveis sejam mais fáceis para esses momentos do dia.

Publicidade

Além disso, lembre-se de que você pode ter de levar produtos para lavar as fraldas, pois dificilmente o destino terá, certo? Então, se quiser usar as fraldas de pano ao menos à noite, lembre-se de levar bacia para lavá-las e também os produtos certos para isso.

  • Dica: Se você ainda não aderiu às fraldas de pano, ou então, quer saber aonde comprar fraldas direto de fábrica, veja este nosso artigo que trata sobre o assunto de fraldas no atacado.
mala de viagem bebê

Crianças na viagem de férias. Foto: Freepik

Da mesma maneira, estipule uma quantidade de fraldas descartáveis de acordo com a quantidade de horas que você colocará uma em seu filho. Aqui, tudo dependerá da idade e você poderá testar em casa, dias antes da viagem, observando de quanto em quanto tempo uma fralda enche. Ao mesmo tempo, lembre-se também de analisar a possibilidade de levar fraldas a mais, para momentos de emergência.

Decidida a quantidade de fraldas e os tipos que serão levados, veja agora como você pode montar a mala de bebê para viagem da melhor forma. Continue lendo!

O que não podem faltar na mala de bebê para viagem?

Agora que já discutimos sobre como escolher as fraldas para levar na mala de viagem bebê, vamos analisar todos os itens que não podem faltar? Assim você consegue organizar tudo com muito mais atenção e garante que o seu bebê não terá falta de nada! Veja:

1- Documentos necessários

Antes de qualquer coisa, é necessário separar os documentos do bebê.

Publicidade

A certidão de nascimento pode bastar, no caso de viagens nacionais, mas, nas internacionais, o passaporte será necessário. Além disso, a carteirinha do plano de saúde também deve ser levada junto.

O ideal é manter os documentos de todos em um só local, acessível e à mão, para facilitar a localização em casos de emergência.

mala de viagem bebê

Mala de viagem bebê. Foto: Freepik

2- Mala de viagem bebê: Mochila extra

Leve junto uma mochila extra, que será utilizada para colocar algumas mudas de roupa, fraldas, comidinhas e mamadeira durante os passeios. Até porque não seria nada agradável passear com a mala inteira, não é mesmo? Então não se esqueça desse detalhe.

Veja também: Receitas fáceis de férias: opções deliciosas para fazer com as crianças!

3- Roupas de acordo com o clima

Antes de separar as mudas de roupa, dê uma boa pesquisada sobre o clima. E não se deixe levar apenas pela estação do ano! Mas sim, pesquise como o clima costuma ser no destino da viagem, a fim de levar a quantidade de roupas ideal.

Publicidade

Vale ressaltar que mesmo que esteja calor, alguns conjuntinhos compridos podem ser interessantes para usar no quarto, com o ar condicionado ligado.

4- Fraldas especiais (como no caso da praia)

Além de decidir se você vai levar fraldas de pano, descartáveis ou ambas na mala de viagem bebê, lembre-se de considerar as opções especiais, como aquelas para praia e piscina. Isso é fundamental para garantir o conforto e a higiene do bebê.

Sendo assim, se você pretende ir à praia ou a algum local com piscina ou muita água e local de banho, escolha uma quantidade razoável de fraldas que podem ser molhadas.

Veja também: Moda férias: Opções da Renner para seu filho arrasar na praia!

5- Chupeta, babador e mamadeira

A chupeta deve ser levada de uma forma acessível, de preferência na bolsa da mãe. Quanto aos babadores, um por dia de viagem (se for viagem com menos de uma semana) é o suficiente. Afinal, você poderá usar um por dia ou lavar à mão, rapidamente.

Quanto à mamadeira, lembre-se de levar a de leite e também a de chá e água. É importante ter as duas para garantir que nenhuma pegue o sabor da outra, causando um efeito ruim no sabor.

Mãe e bebê viajando. Foto: Freepik

6- Protetor solar, repelente, shampoo e sabonete

É preciso levar os itens de proteção e higiene do bebê. Para isso, selecione um bom protetor solar, invista em um repelente de qualidade e lembre-se de levar o shampoo e o sabonete que o seu filho já usa. Esses itens são indispensáveis na mala de viagem bebê e garantem não só o conforto, como a saúde do pequeno.

7- Roupão, toalha e toalhinha

O roupão e a toalha de banho são itens essenciais para o dia a dia de banho. Além disso, as toalhinhas podem ser interessantes para enxugar a boquinha do bebê ou limpar a mãozinha caso ele se lambuze com alguma coisa. Essa toalhinha deve ser acessível.

8- Mala de viagem bebê: Manta

Mesmo que você esteja indo para um destino quente, lembre-se de que a mantinha do bebê é de suma importância para protegê-lo do frio do ar condicionado, por exemplo. Por isso, ao menos uma manta deve ser levada na mala de viagem bebê.

9- Trocador e banheira

Para o dia a dia de banho e trocas, o trocador e a banheira devem estar presentes. Exceto se o destino disponibilizar esses itens, mas sabemos que não é tão simples de isso acontecer, certo? Porém, como fazer uma banheira caber na mala?! Prepare-a sempre colocando a banheira primeiro, e apenas depois acrescentando os demais itens. Além disso, considere as banheiras dobráveis.

Depois veja estas dicas: 6 ótimos motivos para viajar com seus filhos

10- Mala de viagem bebê: Berço portátil

Assim como a banheira dobrável é excelente para levar na viagem, o berço portátil também é interessante. Ele é muito importante para as crianças mais pequenas dormirem de forma aconchegante e, acima de tudo, com segurança.

11- Cuidados especiais, como pomadas, remédios (com receita), etc.

Não se esqueça de colocar os remédios receitados pelo pediatra na mala de viagem bebê! Além disso, leve sempre as receitas com você, pois se você viajar de avião será necessário apresentá-las, em algumas ocasiões.

Quanto aos cuidados do dia a dia, a pomadinha para picada de mosquito e a de assadura também entram para a lista.

Mãe e bebê viajando. Foto: Freepik

12- Mala de viagem bebê: Kit higiene

O kit higiene é fundamental para que o bebê se mantenha limpinho, cheiroso e muito confortável durante todas as férias. Esse kit deve conter:

  • Cotonete;
  • Algodão;
  • Óleo corporal;
  • Creme dental e dedeira;
  • Lenços umedecidos;
  • Álcool 70% para as mãos dos pais antes de pegar o bebê;
  • Talco;
  • Lenços de papel;
  • E o que mais você achar necessário incluir na mala de viagem bebê.

13- Brinquedos

Não podemos nos esquecer dos brinquedinhos do bebê! Eles são peça-chave para distraí-lo durante o trajeto e garantir que ele se sinta mais à vontade no local que for a hospedagem. Escolha alguns brinquedinhos mais usados e permita que o bebê se divirta.

14- Mala de viagem bebê: Copos e talheres

Por fim, os copos e talheres do bebê também devem ser levados, a fim de garantir mais facilidade durante as refeições. Separe-os dentro de saquinhos e lave-os antes de usar a primeira vez.

Mala de viagem bebê. Foto: Freepik

Mala de viagem bebê: Como organizar uma mala de viagem infantil?

Agora que você já viu todas as nossas dicas para montar a mala de viagem bebê, deve estar se perguntando: mas como organizar tudo isso? Como manter tudo à mão? Veja algumas dicas que podem ajudar:

  1. Coloque todos os remédios em uma embalagem plástica transparente.
  2. Coloque os produtos de higiene em outra embalagem plástica.
  3. Guarde as meias dentro dos sapatinhos;
  4. Guarde as luvas nos bolsos dos casacos;
  5. Enrole as roupinhas, colocando-as lado a lado na mala;
  6. Faça um forro de rolinhos de roupa, e apenas depois coloque algo grande, como o trocador, formando uma “lasanha” de itens. Assim, é só pôr mais uma camada de rolinhos por cima do trocador;
  7. Não exagere na quantidade de sapatinhos;
  8. Use as divisórias da mala para a escova de cabelo e esses acessórios;
  9. Se possível, além da mala, leve uma frasqueira para tudo que não for roupa (como remédio, shampoo, mamadeira, etc.);
  10. Prefira brinquedos que sejam mais maleáveis e tenham menores chances de quebrar dentro da mala;
  11. Leve o casaco mais grosso na mão;
  12. Leve os documentos na sua bolsa de mão;
  13. Organize com antecedência: isso faz toda a diferença na hora de montar a mala de viagem bebê!

Viu só como montar a mala de viagem bebê é mais fácil do que você imaginava? Esperamos ter lhe ajudado com essas dicas! E ainda, se você tiver uma em especial, não deixe de comentar e compartilhar com as outras mamães, ok?

Até o próximo post e, por ora, aproveite também essas leituras interessantes: