Miomas uterinos são os tumores benignos femininos mais frequentes. Seu desenvolvimento depende de vários fatores, incluindo a familiaridade e a ação de alguns hormônios. Mas quem tem mioma pode engravidar? Vamos descobrir!

Os miomas costumam ser “silenciosos”, mas em 50% dos casos, manifestam-se com sintomas que podem influenciar fortemente a vida cotidiana e a vida de um casal, ocasionando também infertilidade.

Os miomas são tumores benignos do tecido muscular do útero, o miométrio. Eles podem ser únicos ou múltiplos, variando em tamanho de alguns milímetros a mais de 15 centímetros. Eles são característicos da idade fértil e tendem a regredir na menopausa, quando a produção de hormônios sexuais pelos ovários cessa.

Os miomas respondem à estimulação de estrogênio e progesterona. O mioma uterino cresce e se manifesta clinicamente principalmente em mulheres com idade entre 30 e 40 anos, ou seja, no auge da capacidade reprodutiva.

Publicidade

A população negra é três vezes mais afetada que a branca, com um risco relativo dobrado; parece também que, nesses assuntos, a patologia surge mais cedo e tem características mais sérias.

Miomas uterinos estão associados a SOP (síndrome dos ovários policísticos), hipertensão e obesidade.

Quem tem mioma pode engravidar? Quais são os possíveis sintomas?

dor de ovulação

Foto: Freepik

Na gravidez, os miomas aumentam de tamanho no primeiro trimestre e diminuem no segundo e terceiro trimestre seguintes. Miomas são geralmente assintomáticos, porém também podem ocorrer com dor aguda ou crônica, em particular com efeitos compressivos em órgãos próximos. O tipo de sintomatologia ou sinal clínico e sua gravidade dependem do tamanho, posição e número de miomas presentes.

Os principais sintomas são:

  • Sangramento abundante
  • Sangramento menstrual
  • Anemia por deficiência de ferro
  • Dor pélvica
  • Sensação de compressão
  • Necessidade frequente de fazer xixi
  • Dor à penetração profunda durante a relação sexual

Reconhecer seus sintomas é o primeiro passo para um diagnóstico correto e um caminho de tratamento melhor.

Publicidade

Por que os miomas são formados?

miomas – Foto: Freepik

As causas ainda não estão totalmente esclarecidas e, por esse motivo, não é possível indicar regras de prevenção. A hipótese mais provável é que algumas células do miométrio respondem mais do que outras a estímulos hormonais estrogênicos normais. No entanto, esses são nódulos benignos, que apenas em casos muito raros (cerca de 1 por 10.000) podem apresentar degeneração maligna.

Como os miomas são diagnosticados?

O diagnóstico é feito através de um ultrassom abdominal ou, melhor ainda, transvaginal (que permite identificar até miomas de alguns milímetros). Os maiores são detectáveis ​​mesmo com um único exame ginecológico.

O que fazer se você descobrir que tem um mioma quando já está grávida?

coronavírus e amamentação

Mulher grávida – Foto: Freepik

Nada precisa ser feito. Miomas tendem a crescer com o crescimento do útero (especialmente no primeiro trimestre), mas geralmente não causam distúrbios.

Somente em alguns casos eles poderiam causar dor abdominal ou incentivar maior contração uterina, que pode ser mantida sob controle com medicamentos antiespasmódicos.

Publicidade

Os miomas podem ser um obstáculo ao parto natural?

Na maioria dos casos, não. A cesariana pode ser necessária apenas se o mioma for particularmente volumoso e anterior, ou seja, posicionado na parte inferior do útero, pois pode dificultar a dilatação e a passagem do bebê. De qualquer forma, a avaliação é sempre feita durante o trabalho de parto.

O mioma pode ser removido durante a cesariana?

Não é absolutamente recomendado. Sejam pequenos ou grandes, os miomas nunca são removidos durante uma cesariana, isso porque o útero é particularmente vascularizado e quanto a remoção pode causar sangramento abundante e difícil de controlar. Mas após o parto tendem a encolher espontaneamente.

Mas afinal, quem tem mioma pode engravidar?

teste de gravidez com agua sanitaria

Foto: Freepik

Os miomas são considerados a única causa de infertilidade em menos de 3% dos casais inférteis. O mecanismo pelo qual os miomas causam esterilidade ou aborto ainda não está claro. Muitos autores acreditam que os miomas causam alterações nos níveis vascular e/ou inflamatório e alteram a contratilidade uterina, influenciando negativamente a progressão dos espermatozoides e a implantação.

A localização do mioma é muito importante nesse sentido, porque afeta a fertilidade de maneira diferente.

Os miomas também podem ser a causa de partos prematuros ou, pior ainda, de descolamentos de placenta com sangramentos graves que também colocariam em risco a vida da mãe. Por outro lado, o mioma não parece afetar a incidência de gestações. Sendo assim, quem tem mioma pode engravidar.

Assim, dependendo da localização do mioma, isso pode afetar a fertilidade. No entanto, se causarem desconforto e forem muito grandes (acima de 7 a 8 cm), deverão ser removidos cirurgicamente antes da gravidez.

O que acontece quando os miomas estão interferindo na sua fertilidade?

Foto: Freepik

A boa notícia é que existem muitas opções de tratamento. Assim, quem tem mioma pode engravidar! Mas é importante saber que não existe uma solução única para todas.

O seu médico pode recomendar a opção mais eficaz e segura para você, com base nos objetivos da sua família, sintomas, tamanho e número de miomas.

O seu médico pode recomendar um procedimento cirúrgico para remover os miomas, preservando sua fertilidade. Exatamente como isso é feito depende do tamanho e localização dos miomas.

O seu médico discutirá os benefícios, riscos e possíveis complicações de qualquer opção de tratamento.