Exercícios para grávidas com bola: como o pilates é benéfico às mamães

Por 0 Comentários


São diversas as maneiras que a futura mamãe tem para fazer um bom pré-natal. Além de uma alimentação adequada, a realização de todos os exames para preservar a saúde do filhote e o preparo do enxoval, a prática de atividades físicas certas é importantíssima para mãe e filho. Prova disso são os exercícios para grávidas com bola – um instrumento que colabora para o fortalecimento dos músculos trabalhados no parto (e sobrecarregados na gestação) e, ainda, relaxa!

Uma das atividades que mais acumula exercícios para grávidas com bola é o pilates. A técnica é uma forma de controle muscular, que mistura exercícios físicos e alongamento, trabalhando apenas com o peso do próprio corpo. O pilates ajuda ainda na postura e é um grande aliado contra problemas na coluna. Mais um ganho para quem precisa carregar um barrigão por aí!

Imagem: 123RF

Se você está procurando alguma atividade física bacana para praticar na gestação, confira a seguir como o pilates pode te ajudar por meio de exercícios para grávidas com bola. Antes de tudo, claro, converse com o seu médico para saber o seu limite (e se a prática é realmente a mais indicada para você nesse momento). Com a liberação dele, jogue-se no pilates com um instrutor experiente, que você (e o bebê dentro da barriga) só tem a ganhar!

Pilates: quais os melhores exercícios para grávidas com bola?

O assoalho pélvico (conjunto de músculos localizado abaixo do abdômen, que vai até a base da espinha nas costas) sustenta uma série de órgãos no nosso corpo e, quando a mulher está grávida, é também o responsável por apoiar o bebê no útero.

É por isso que trabalhar com o assoalho pélvico durante a gravidez é muito importante. O pilates favorece o fortalecimento da região e, para isso, alguns exercícios para grávidas com bola são indicados. Um exemplo é sentar-se na bola, com as pernas separadas no limite do quadril, e ir movimentando o quadril aos poucos (como se estivesse rebolando): para frente, para os lados e para trás. Tudo isso contraindo e relaxando o assoalho pélvico (como se estivesse “segurando/fazendo xixi”).

Outro exercício bacana com bola, que trabalha também o assoalho pélvico e os membros superiores, é o seguinte: sentada na bola com as pernas bem separadas, a gestante pega uma bola menor (de cerca de 1 kg). Segurando-a firmemente com os braços esticados para cima, vai descendo (como se fosse tocar a bola no chão) e subindo.

Agora, para os membros inferiores, um exercício para grávidas com bola que pode ser feito é o agachamento (de maneira leve): em pé, apoie a bola na parede com as costas e vá descendo o quadril devagar, flexionando os joelhos, e depois volta.

Exercícios para grávidas com bola também ajudam nos incômodos da gestação

Mais uma vantagem dos exercícios para grávidas com bola é o auxílio nos desconfortos que chegam junto com a gravidez, como os inchaços. Para ajudar a reduzi-los, a gestante pode deitar-se no colchonete de barriga para cima e apoiar os tornozelos na bola, a frente do corpo. Nessa posição, ir esticando a ponta dos pés e depois flexioná-las para cima. O movimento nessa postura de elevação contribui para o retorno venoso, facilitando a circulação sanguínea.

Exercícios para grávidas com bola para relaxar

Você está sentindo muitas dores na coluna com a gestação? Saiba que a sensação, apesar de não tão boa, é normal, afinal, o aumento da barriga para abrigar o bebê pesa sobre a região. Mas há exercícios para grávidas com bola também para ajudar no alívio desse desconforto: sentada no colchonete, com os pés apoiados um no outro, deixe a bola a frente do corpo e vá levando-a para frente, para alongar. Em seguida, vá trazendo-a de volta, até abraçá-la entre as pernas. Nesse momento, gire também o pescoço para os dois lados, para alongar mais.

Outros benefícios do pilates

Durante a prática de pilates, assim como de qualquer atividade física, a mamãe libera endorfina (o hormônio do relaxamento, que tem poder analgésico) e o bebê acaba recebendo essa sensação gostosa também (e isso é só uma das coisas bacanas que ele sente dentro da barriga, veja outras nesse post).

O exercício também auxilia mãe e filho a manterem peso e crescimento adequados para essa fase, além de evitar possíveis lesões. E sabe outro benefício muito legal? Durante o pilates, inclusive nesses exercícios para grávidas com bola, a futura mamãe sempre irá trabalhar com a respiração, o que contribui para o relaxamento do corpo (e é um ensinamento bastante útil para a hora do trabalho de parto também!).

Sabia que o pilates também pode ajudar quem está se preparando para engravidar? Nesse post a fisioterapeuta Andréia Massafera conta como isso é possível. Vale a leitura para as tentantes!

E, depois que o bebê nascer, quer continuar na atividade física e recuperar a forma? Veja 4 práticas super bacanas para essa fase aqui.


 



Arquivado em: Gravidez Tags:

Deixe seu comentário