5 passos para a lista de Chá de Bebê perfeita

Por 1 Comentário


Uma das perguntas mais frequentes que recebo das leitoras grávidas é o que pedir para o Chá de Bebê. Sabemos que existem muitas sugestões de lista disponíveis, mas as principais dúvidas persistem: quais são os itens realmente importantes para se pedir? E o que é supérfluo, e deve ser evitado? Para tentar responder a essas perguntas, eu trago no post de hoje dicas de como fazer a sua lista ideal – aquela feita exatamente para as suas necessidades e as de seu bebê que está por nascer. Espero que seja útil e que você curta!

cha dove

Os 5 passos para fazer a lista de Chá de Bebê perfeita:

1) Não deixe para fazer a lista na última hora, nem faça com muita antecedência: planejar o que pedir para os convidados facilita a vida de todo mundo – a sua, que vai ganhar o que realmente precisa, e a de suas amigas e familiares, que terão a tranquilidade de comprar algo que de fato será útil para seu bebê. Mas por que não fazer com muita antecedência? Porque você ganhará coisas para seu filhote a todo o tempo, principalmente se for o primeiro filho! Deixe para fazer a lista cerca de 2 semanas antes de enviar os convites – dessa forma você só listará o que ainda não ganhou.

2) Converse com quem já passou pela experiência: eu levei a madrinha de Catarina e mais algumas amigas muito próximas, que tinham bebês novinhos (e, portanto, experiência fresquinha para compartilhar), para me ajudar na escolha dos itens da lista. Fomos a uma loja e elas puderam me explicar por que gostavam de determinada marca de mamadeira, por que pedir um determinado modelo de banheira e não outro – ou seja, todos os detalhes para que eu fizesse boas escolhas. Se você não tem pessoas que possam te ajudar nesse momento, uma boa alternativa é procurar essas informações na internet (blogs são excelentes para isso!). Assim você tem maior chance de selecionar produtos que atendam às suas necessidades.

3) Não peça itens que dependam de gosto pessoal: existem futuras mamães que são muito criteriosas com a escolha de alguns itens da lista (principalmente com roupas, que envolvem a questão do gosto por uma determinada cor, modelo ou marca). Se for o seu caso, deixe esses itens fora da lista – a chance de você ganhar algo de que não gostará é grande, e seu bebê não usará o item. Prefira comprá-los você mesma, ou peça para pessoas muito próximas, como sua mãe, irmã ou amiga íntima, com quem você tem intimidade para fazer pedidos específicos.

4) Peça o indispensável, mesmo achando que não vá usar: vou dar um exemplo do que aconteceu comigo: eu não pedi mamadeiras pequenas na minha lista (aquelas que vêm com bico próprio para os primeiros meses de vida) porque acreditava que amamentaria exclusivamente até os 6 meses de Catarina. Mas, ao fim do primeiro mês de vida, tive que complementar as mamadas, e aí fiquei maluca ao perceber que não tinha mamadeiras em casa (e não tinha pesquisado quais eram as melhores marcas). Por isso, peça o que é essencial para higiene e alimentação do bebê, mesmo achando que você pode não usar o item. Você pode se surpreender, e esses são produtos que é sempre melhor ter à mão.

5) Prefira marcas confiáveis: em relação aos produtos de higiene, que serão usados diretamente no corpinho do bebê, não há problema algum no direcionamento de marcas – você pode indicar aquelas que deseja ganhar, para não correr o risco de receber algo em que não confia. Eu, pessoalmente, preferi pedir pouquíssimas marcas na minha lista, para ter maior controle sobre o que Catarina estava usando. Uma dica bacana para quem está fazendo a lista agora é a possibilidade de pedir a bolsa de passeio com os produtos da Baby Dove (assim você ganha vários itens úteis ao mesmo tempo – sabonete em barra e líquido, shampoo, condicionador, loção hidratante, colônia, creme para prevenção de assaduras e uma bolsa de tamanho prático, que já vem com trocador portátil) – eu testei os produtos e minha opinião sobre eles você vê nesse post. Assim você se restringe a uma marca hipoalergênica, desenvolvida especialmente para recém-nascidos (para saber mais sobre as linhas de hidratação enriquecida, mais completa, e a de hidratação sensível, para bebês com a pele ainda mais delicada, clique aqui).

selo




Arquivado em: Publieditorial Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Aldi disse:

    Sinceramente, eu acho que chá de bebê melhor pedir só fralda.
    pq todos os demais itens compromete e nem sempre a vc vai dar como vc gostaria.
    Até o algodão eu sou criteriosa tem algumas marcas que apesar de caras são ruins..

    essa é minha opinião.

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail