Lidar com o cansaço da maternidade não é tarefa fácil. A rotina é desgastante, e a carga da sociedade, com mil e uma cobranças, também não facilita muita coisa. Porém, nós, enquanto mulheres, devemos respeitar quem somos, sem permitir que os outros ditem os limites que devemos ultrapassar.

Para isso, devemos lançar um olhar atento a nós mesmas, visando uma reorganização da rotina. Neste conteúdo, elencamos uma série de ações que podem ajudar você a lidar com essa exaustão, construindo um dia a dia mais tranquilo. Acompanhe!

Veja mais: Saúde mental na maternidade: Cuidados importantes

Como lidar com o cansaço da maternidade?

lidar com o cansaço da maternidade

Mulher trabalhando no computador com o bebê no colo. Foto: Freepik

Publicidade

Para lidar com o cansaço da maternidade é preciso ter algo em mente, antes de qualquer coisa: o cansaço é normal e faz parte do processo. Isso significa que você é uma mãe incrível, mesmo quando se sente exausta no fim do dia. Significa que você é maravilhosa, mesmo quando a força parece sumir em algumas circunstâncias.

Acontece, mulher, que acima de tudo você é um ser humano! E como tal, possui limitações, medos, dores e, por que não, preguiças. Faz parte da vida de qualquer um.

Portanto, comece a se respeitar mais! Pare de se comparar e tire um tempo para você.  As nossas considerações a seguir poderão servir de base para você. Veja:

1. Durma quando o bebê dormir

lidar com o cansaço da maternidade

Mãe brincando com o seu bebê. Foto: Freepik

Essa dica é bastante clássica, mas ela costuma funcionar bem! Dormir quando o bebê dorme é uma forma de garantir pequenos cochilos ao longo do dia, que viabilizem mais saúde física e mental para você.

Sabemos que em algumas sonecas do seu filho você irá desejar arrumar a casa ou organizar algo do trabalho, é claro. E isso pode até acontecer! Porém, sempre que possível, tire um cochilo também, especialmente se estiver se sentindo muito cansada.

Publicidade

Veja mais: O que as mães de primeira viagem precisam saber?

2. Delegue algumas tarefas do bebê

Foi-se o tempo em que as pessoas acreditavam que as mães é quem tem que arcar com tudo do bebê. A única coisa que o pai não pode fazer é amamentar! Então, por que não delegar as outras tarefas? Pois é!

Comece a delegar as trocas, os banhos, a alimentação, a arrumação do berço, etc. Mas jamais permita que o seu parceiro se acomode a ponto de tudo ficar “nas suas mãos”. Você também tem a sua vida, assim como ele, e não pode abrir mão de tudo para se dedicar apenas ao seu bebê.

A não ser que seja do seu interesse fazer tudo sozinha, é claro. Caso contrário, se você quer lidar com o cansaço da maternidade porque está sobrecarregada, converse com o seu parceiro!

3. Separe um momento só seu

Mãe com os lábios próximos do rostinho do bebê. Foto: Freepik

Você precisa ter um momento só seu na sua rotina. Não pense que o seu autocuidado é uma bobagem. Mas sim, tome um banho demorado, cuide da sua pele, sinta-se linda, exercite-se, faça um prato que você ama… Tudo isso pode trazer mais qualidade de vida e pode lhe ajudar a lidar com o cansaço da maternidade.

Publicidade

Nós devemos ter em mente que o filho é um filho, não o dono das nossas vidas. Sim, nós somos responsáveis e devemos cuidar dele, mas jamais abrir mão de toda a nossa existência e de todos os prazeres da vida em prol da maternidade.

Por isso, conte sempre com a ajuda de quem você ama, separando um momento diário para cuidar de você e fazer atividades que você ama. Não deixe de amar o que você ama apenas para se dedicar à maternidade! É necessário um equilíbrio em tudo o que fazemos.

Veja mais: Estou exausta na maternidade: O que fazer?

4. Reveze as “acordadas” à noite

Uma coisa é certa: o bebê vai acordar no meio da noite. Por isso, os primeiros meses costumam ser bastante desafiadores para o pai e para a mãe. Porém, o que devemos ter em mente é que o pai também deve se levantar para atender à criança.

O papel não é só da mulher. Não é só a mulher que deve se levantar para acudir o pequeno e ajudá-lo a voltar a dormir.

Sendo assim, certifique-se de combinar com o seu parceiro as “revezadas” dessas acordadas no meio da noite. Se estiver muito cansada, peça para ele se responsabilizar por isso X vezes por semana. Combinem algo que se encaixe na realidade de vocês.

5. Saiba quais são os seus limites e cuide da sua saúde mental

Entenda quais são os seus limites físicos e mentais. Estar ciente disso ajuda na hora de cuidar da sua saúde mental.

Por exemplo, se você percebe que não está dando conta de cuidar da casa e do bebê, converse com quem convive com você. Diga que você precisa desse suporte e de que não pode fazer tudo sozinha.

Ao mesmo tempo, cuide das suas emoções. Não fique negligenciando o que você sente apenas para tentar ultrapassar os seus limites o tempo todo. Busque manter um equilíbrio e sempre que se sentir angustiada, encontre uma forma de descarregar a sua angústia: conversando, escrevendo, etc.

Veja mais: Ansiedade e estresse: Seu filho sofre? Veja dicas para lidar com isso!

6. Converse com um profissional para lidar com o cansaço da maternidade

Mãe sentada no chão com um bebê no colo. Foto: Freepik

Uma das principais formas de lidar com o cansaço da maternidade é conversando com algum profissional. Um psicólogo também pode lhe ajudar a lidar com as sobrecargas, os medos e as dúvidas.

Afinal, a maternidade não é nada fácil. Ela pode ser linda e desejada por muitas mulheres, mas isso está longe de significar que ela é fácil. Na realidade, ela pode ser bastante complexa.

Por isso, conversar com um profissional da saúde mental pode ser um bom caminho. Quem sabe você descobre novas formas de enxergar a vida e a maternidade, não é mesmo?

Além disso, outras questões, de cunho pessoal, também poderão ser trabalhadas. Isso porque, muitas vezes, as mulheres crêem estar cansadas da maternidade, enquanto que o “gatilho” do problema, na verdade, está envolvido com outras esferas da vida, como relacionamento e trabalho.

7. Trabalhe uma boa gestão de tempo para lidar com o cansaço da maternidade

Mãe deitada ao lado do bebê adormecido. Foto: Freepik

Por fim, procure lidar com o cansaço da maternidade estabelecendo uma boa gestão de tempo na sua rotina. Organize uma agenda, tenha métodos e métricas, trabalhe com base em prioridades.

Tudo isso pode lhe ajudar a reorganizar as suas demandas diárias, minimizando aquela “confusão” de ter mil coisas para fazer. Claro que no começo pode ser mais difícil, mas temos certeza de que, aos poucos, você conseguirá se organizar.

E sabe o que mais? Hoje em dia é possível encontrar profissionais focados nesse tipo de estratégia de organização. Quem sabe um mentor pode ser útil nessa jornada da maternidade? Pense sobre a possibilidade e boa sorte no seu desenvolvimento!

Veja mais: 5 dicas para manter sua casa organizada (mesmo com crianças pequenas)