7 Dicas para passear com o bebê no verão e evitar problemas

Por 0 Comentários


Catarina nasceu no fim da primavera, portanto seus primeiros passeios ao ar livre foram no verão. Você sabe bem como é mãe de primeira viagem: preocupada e sem muita experiência, por isso levou um certo tempo até que eu ficasse segura com os passeios no calor fora de casa. Tivemos alguns probleminhas (como picadas de insetos), mas sobrevivemos, e por isso hoje eu queria compartilhar nesse post algumas dicas que aprendi na prática, e que facilitaram muito as saídas com a Cacá pequenininha por aqui.

 

7 dicas para passear com o bebê no verão:

  • Leve água, ou programe-se para amamentar com maior frequência: no calor o bebê perde água com facilidade, pela transpiração. Isso significa que você precisará repor esse líquido – se seu bebê ainda está em amamentação exclusiva, provavelmente você precisará dar o peito mais vezes. Já se ele consome água, é bom ter uma ou duas garrafinhas na bolsa de passeio. Caso seu bebê comece a chorar sem motivo aparente, pode ser uma forma dele informar que precisa de líquido.
  • Leve um mosquiteiro acoplado ao carrinho. Um dos itens que eu acabei não comprando no enxoval, mas que me fez falta, foi o mosquiteiro de carrinho. Especialmente no verão ele é muito útil, pois evita que o bebê seja picado (e depois que as picadas acontecem, acredite em mim: você vai querer morrer, principalmente se incharem!). Se estiver viajando para a praia, não se esqueça de coloca-lo na mala. Existem também mosquiteiros para berços portáteis, que podem ser muito úteis em passeios nos quais o bebê vai dormir.

Mosquiteiro para carrinho: há modelos específicos de cada marca, e modelos que encaixam em todas.

Mosquiteiro para carrinho da foto: eu achei aqui.

Mosquiteiro para berço portátil. Há modelos que se acoplam de forma genérica no seu berço ou moisés e outros vendidos junto com o bercinho.

Mosquiteiro para berço portátil da foto: eu achei aqui e também aqui.

  • Não se esqueça da dupla chapéu e filtro solar (para você e para o bebê). Erro básico que eu cometia: levava tudo para a Cacá e esquecia de levar para mim. Conclusão: minha cabeça tostava todas as vezes em que saía no sol com ela! Um lembrete importante: o filtro solar é indicado apenas para os bebês acima de 6 meses (o corpinho deles já está preparado para processar a química do produto). Até lá o ideal é fugir do sol forte e das exposições prolongadas mesmo!
  • Coloque roupas leves, mas não se esqueça da calça/casaquinho. Sabe quando você sai de casa com 30 graus lá fora? Você pensa que só vai ficar duas horas fora de casa com o bebê, e que não precisará levar um casaquinho, certo? Na maioria das vezes eu concordo que nada dará errado, mas é importante lembrar que no verão são comuns as pancadas de chuva. Nessa hora a temperatura cai bastante em questão de minutos, e uma calça ou um casaquinho podem evitar o choque térmico o bebê. Outra dica: guarda-chuva! Ele é item fundamental nos passeios com o bebê no verão!
  • Em viagens, leve uma pomadinha contra picadas. Vejo isso acontecer a todo o momento: pode ser na praia, com a picada de um mosquito, ou na borda da piscina, com uma picada de abelha ou vespa! A verdade é que picadas em geral são muito comuns no verão, época em que os pequenos estão com menos roupa e descalços. Ter uma pomada antialérgica para aplicar no momento da picada pode ser de grande valia! Por isso converse com o pediatra e a leve constantemente na bolsa de passeio.
  • Cuidado com sucos naturais fora de casa. Seu bebê já está tomando suquinho de laranja, etc? Você pode ficar bastante tentada a oferecer a ele durante uma passeio (afinal, é mais saudável do que néctar de caixinha, ou do que um refrigerante). Mas tome bastante cuidado em locais em que você não confia na procedência da água, pois esta pode ser a forma de seu filho contrair doenças, principalmente as parasitárias. Para evitar diarreias (que são perigosas em bebês, por levarem à desidratação rápida, e possivelmente até a uma internação), invista na água (que você levou de casa) ou em caixinhas de sucos integrais sem conservantes, que você também pode comprar em supermercados.
  • Cuidado com alimentos que deterioram rapidamente. Quando o calor é intenso, você deve ficar de olho também no que está levando de lanche para o pequeno. Eu, por exemplo, já tive que jogar fora o lanchinho que acabou ficando com aspecto duvidoso depois de poucas horas fora de casa (mesmo tendo uma bolsa de passeio com recipiente térmico). Uma outra opção é colocar aqueles saquinhos de gelo (que você coloca no congelador e viram gelos portáteis) na bolsa térmica, para garantir que o alimento estará próprio para o consumo do bebê.





Arquivado em: DiversãoPasseios Tags:

Deixe seu comentário