Dica de viagem: hotel Villa Rossa (natureza e conforto para as famílias!)

Por 1 Comentário


Hoje eu queria contar a vocês nossa experiência no hotel Villa Rossa, que fica bem pertinho de São Paulo, em São Roque (levamos cerca de 50 minutos da minha casa), e que eu considero uma grande pedida para passar alguns dias em família. Catarina se divertiu muito, aproveitou bastante a estrutura do local e voltou dizendo que gostaria de  ir muitas outras vezes (e foi com essa sensação que saí de lá também!).

Eu gosto muito da ideia de levar os pequenos para o campo – para que eles vivenciem o contato com a natureza -, ao mesmo tempo que gosto de conforto (e que mãe não gosta, não é verdade? Trabalhamos tanto nos dias normais, que merecemos um pouco de mimo de vez em quando!). Por isso curti demais o Villa Rossa, que tem justamente essa proposta: ele oferece mil atividades, como lago com pedalinho, caiaque, tirolesa, horta, e também cuidados que tornam a estadia super bacana – quarto confortável, comida saborosa e variada e a sensação de estar em sua própria casa de veraneio (mas uma baita casa!).

Fazendo uma avaliação do que mais gostei no Villa Rossa, cheguei a algumas conclusões do porquê vale a pena levar a família:

1) O hotel tem uma ótima estrutura: os quartos do hotel são amplos – no nosso havia uma cama de casal e uma de solteiro, e ainda sobrava bastante espaço. Como a área de apartamentos não é tão grande quanto a de um resort, você rapidamente se desloca até o restaurante principal, o La Piazza (o que é muito prático para quem está com crianças pequenas). Lá você encontra uma comida bem gostosa, e que sempre tem opções para os pequeninos. O Villa Rossa funciona em esquema de pensão completa – já estão inclusos na diária o café da manhã, o almoço e o jantar. E você tem a opção de pagar apenas uma diária, diferentemente da maioria dos hotéis, que só aceitam reservas para o fim de semana inteiro.

villa rossa 11

Café da manhã

villa rossa 12

Café da manhã

villa rossa 8

Café da manhã

Café da manhã

Café da manhã

2) Super bacana para quem vai com bebês: se o filhote ainda é pequenininho, o hotel oferece o que você precisa: berço, banheira infantil e até carrinho, se você não levou o seu. O berçário foi completamente remodelado e ficou excelente: conta com berços novos, brinquedos, poltronas para amamentação, cadeiras de alimentação e os equipamentos para o preparo de comidinhas: micro-ondas, liquidificador, geladeira, leite em pó (várias marcas), achocolatados, biscoitos, frutas. Mas se sua vontade é pedir uma papinha pronta para o almoço ou  jantar, por exemplo, é só pedir no restaurante do hotel (e se o pequeno tiver alguma restrição alimentar, é só comunicar no ato da reserva).

Quarto com berço acoplado

Quarto com berço acoplado

Banheiro com banheira infantil

Banheiro com banheira infantil

Berçário

Berçário

3) As piscinas são uma delícia: o Villa Rossa conta com duas piscinas externas climatizadas (de verdade, foi a primeira vez que senti a água quentinha) e mais um complexo de piscinas cobertas (o melhor que eu já fui até hoje – é bem amplo, você não se sente sufocado, dá para aproveitar muito!). Ou seja, faça chuva ou sol, seu filho pode curtir a água.

Piscinas cobertas

Piscinas cobertas

Piscinas externas

Piscinas externas

Piscinas externas

Piscinas externas

4) O hotel oferece muitas opções de lazer: acima de 3 anos, as crianças podem participar das atividades de monitoria. Catarina preferiu ficar mais conosco (até porque estávamos em um grupo grande, com outros pequenos que ela já conhecia), mas participou de alguns momentos de brincadeira (ela jura que conheceu a personagem Alice – que, na verdade, era uma das “tias” fantasiada). Há também um playground coberto, com areia, que é ótimo para as horas de sol forte, e o Kids Club, com brinquedos divididos por faixa etária, mesas de pebolim e pingue-pongue. A área do lago é linda, e um convite para passear tranquilamente com os filhos, e observar os peixes (achamos até uma tartaruga!).

Pedalinhos

Pedalinhos

Lago, caiaque e tirolesa

Lago, caiaque e tirolesa

Mega xadrez ao ar livre, ao fundo

Mega xadrez ao ar livre, ao fundo

Quadras

Quadras

Playground coberto

Playground coberto

Academia

Academia

5) O Projeto Villa Verde é uma riqueza: dentro do hotel as crianças podem acompanhar o crescimento de mudas de espécies da Mata Atlântica, para que aprendam a importância da preservação ambiental. Há também atividades marcadas de plantas de árvores – nós participamos de uma e foi muito legal, Catarina amou!

Fases da mudas

Fases da mudas

Muda crescendo

Muda crescendo

Atividade de plantio

Atividade de plantio

6) Você pode usufruir do Restaurante Cascudo. Os hóspedes do Villa Rossa podem almoçar ou jantar no Cascudo, restaurante que fica ao lado da entrada do hotel, e é um dos melhores da região. Comemos divinamente (difícil é saber o que escolher, em um cardápio tão delicioso!). Dica de mãe: se estiver com crianças, prefira ir durante o dia, para que elas possam aproveitar a área ao lado do salão de refeições – tem parquinho e um jardim super gostoso, onde Catarina fez vários amiguinhos e brincou a tarde inteira!

Maçã assada recheada com nozes e sorvete, no Restaurante Cascudo

Maçã assada recheada com nozes e sorvete, no Restaurante Cascudo

Para saber mais sobre o Hotel Villa Rossa, clique aqui.

selo




Arquivado em: DiversãoViagem Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Carla Marques disse:

    Nas primeiras férias com a minha filha, optei pela Gran Canaria, por um resort familiar. 🙂
    Foi uma opção acertada. Correu lindamente e descansámos bastante.

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail