Primeiro bebê a nascer de um útero transplantado dá esperança a mulheres inférteis

Por 0 Comentários


Existem alguns assuntos que me tocam muito, e um deles é a infertilidade. Como já comentei algumas vezes por aqui, tive menopausa precoce, e recebi a notícia de que não poderia ter filhos biológicos. Até que engravidei naturalmente de Catarina, que veio para provar que existe muito mais entre o céu e a terra do que podemos imaginar. Agradeço todos os dias pelo meu pequeno milagre, e torço pelas centenas de mães que já me escreveram, contando suas experiências pessoais de luta por uma gravidez bem-sucedida.

Por isso, no post de hoje, eu compartilho uma história de esperança, que, aparentemente, poderá se repetir muitas vezes, graças aos avanços da medicina: uma mulher sueca, cujo nome não foi revelado, deu à luz por meio de um útero transplantado, doado por um senhora de 61 anos (mãe de um amigo do casal). A moça havia nascido sem útero, e fez parte de um projeto experimental no qual outras mulheres também passaram pelo mesmo tipo de transplante (recebendo o órgão, em geral, das próprias mães), para então serem submetidas à fertilização in vitro.

bebe transplantado 3

O bebê nasceu por um parto cesariana às 32 semanas de gestação, com 1,8 Kg – e ambos, filho e mãe, tiveram uma ótima recuperação. Após o nascimento, a mãe teve o útero removido, para que não precisasse manter a medicação que evitava a rejeição do órgão por seu próprio corpo. E confessou desejar que seu filho Vincent, um dia, se torne um médico, para retribuir o bem que a família recebeu.

Infelizmente o custo de um procedimento semelhante seria, pelo menos por enquanto, altíssimo: cerca de 100.000 Euros (ou aproximadamente R$400.000). Mas a notícia não deixa de ser um motivo de grande esperança para mulheres que nasceram sem útero, ou que o perderam em função de alguma doença, como o câncer. Veja a seguir as fotos do nascimento, e sinta a força desse momento!

bebe transplantadobebe transplantado 2

Imagens: Daily Mail




Arquivado em: Notícias Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail