Mike Wimmer, 12, da Carolina do Norte, é um prodígio. Para sua idade, ele deveria estar atualmente terminando a sexta série do ensino fundamental e pensando principalmente em jogos, mas ele é imensamente avançado.

Passei por todas as séries escolares em um ritmo mais rápido … Sou como uma esponja, absorvo o conhecimento muito rapidamente”, disse o menino à televisão WCNC.

Mike Wimmer começou a fazer algumas aulas extras e em um ano foi capaz de completar dois anos de ensino médio e um diploma de faculdade de dois anos. Em 28 de maio, ele se formará na Concord Academy High School e Rowan-Cabarrus College em 21 de maio.

As faculdades comunitárias são instituições que oferecem dois anos de ensino superior e cujos créditos podem ser transferidos para programas de graduação universitária de quatro anos.

Publicidade

Aproveitando o confinamento da pandemia de coronavírus, Wimmer passou o último ano estudando e agora está se preparando para se formar no ensino médio, bem como em um programa associado no Rowan-Cabarrus Community College, na Carolina do Norte, que geralmente dura dois anos.

Ele já criou 2 empresas de tecnologia

Como se não bastasse, o menino já fundou duas empresas de tecnologia: Next Era Innovations, voltada para inovações em robótica, e Reflect Social, que visa integrar redes sociais em objetos do cotidiano com conexão à internet (esquema conhecido como ‘ Internet das Coisas’).

E ele é o único menor que colabora com o Comando Especial do Departamento de Defesa em matéria de inteligência artificial.

Ele conta que desde os 18 meses de idade, quando teve seu primeiro iPad, começou a se perguntar como funcionava aquele tablet e a partir daí começou a se envolver nas questões de informática, principalmente de forma autodidata, aprendendo por tentativa e erro e vídeos online.

O que o futuro reserva para Mike Wimmer

Os pais de Wimmer disseram que estão orgulhosos da pessoa que seu filho se tornou.

“Se uma porta for fechada, você encontrará outra maneira de descobrir como atingir seus objetivos”, disse sua mãe, Melissa Wimmer.

Publicidade
Mike Wimmer

Mike Wimmer, de 12 anos, está se formando no ensino médio e na faculdade em maio – (Captura de Vídeo / WCNC)

Faltando apenas algumas semanas para a formatura, Wimmer disse que está avaliando muitas opções para seus próximos passos. Essas opções incluem ofertas de emprego dentro e fora dos Estados Unidos, estudos adicionais ou uma bolsa de estudos que permitirá que ele faça a startup crescer.

Mas ele disse que quer que as pessoas saibam que ele ainda é uma criança. Sendo asim, ele reserva um tempo para as atividades normais das crianças, como jogar basquete e construir com Lego.

 “Muitas pessoas pensam que desisti da minha infância ou que de alguma forma a perdi”, disse Wimmer, “e eu digo a eles que estou tendo o melhor momento da minha vida.”