Dica de passeio: Templo Zu Lai

Por 0 Comentários


Como vocês sabem, caros leitores, estou em férias! E com tempo para fazer aqueles passeios que estavam na listinha dos desejados, mas que eu ainda não tinha encontrado uma oportunidade para realizar. Uma das minhas inspirações para escolher os programas com Catarina é o guia São Paulo com Crianças, da também blogueira Mariana Della Barba. Lá existem dicas super legais para quem está com a criançada de passagem pela cidade, ou mesmo para paulistanos como eu, que querem conhecer um pouco mais de Sampa. E foi ali que eu encontrei a indicação sobre o Tempo budista Zu Lai, que tem acesso por uma saída da Rodovia Raposo Tavares (falando assim parece longe, mas para mim que moro no Butantã o trajeto levou apenas 20 minutos).

O templo não parece um passeio óbvio para quem tem filhos (diferente do Zoológico, dos parques da cidade ou de um cineminha básico). Aliás, eu não teria tido a ideia de levar Catarina até lá, se não fosse pelo guia. Mas felizmente hoje nos aventuramos, e o programa foi tão, mas tão gostoso, que eu precisava partilhar a experiência com vocês!

Chegamos lá por volta das 14h, e reinava um silêncio surpreendente. Catarina ficou encantada com as estátuas de Buda e com a arquitetura do local, que para ela eram uma grande novidade. Logo na entrada há uma fonte, onde as pessoas jogam moedinhas, e é claro que a pequena quis jogar a sua (aliás, se eu deixasse ia a carteira inteira para o fundo da água!). Então eu disse que ela poderia fazer um pedido e a filhotinha fez aquela carinha de concentração! “Filha, fez o pedido?”. “Sim, mamãe, eu fiz. Pedi uma irmãzinha!”. Podia ter dormido sem essa!

Uma escadaria leva então a um grande e bem cuidado pátio, onde é possível apreciar a paz do local. Mesmo que você não seja budista, a tranquilidade e o respeito podem ser sentidos, e com as antenas ligadas que os pequeninos têm, eles também perceberão. Na lateral do pátio há uma cafeteria (o café é muito gostoso, recomendo!) e uma lojinha, com lembranças do local e até revistinhas com Buda para colorir! Mais ao fundo fica o restaurante que serve comida vegetariana aos sábados, domingos e feriados (se você não for adepta, há ao lado do tempo, na estrada que dá acesso a ele, um grande restaurante que parece encher nos fins de semana – serve sushi e pizza). E no fim do corredor esquerdo há um playground para os pequenos gastarem energia, com um daqueles brinquedos grandes de madeira (com ponte e um escorregador), e alguns banquinhos de pedra para o descanso das mães.

Subindo mais uma escadaria você chega ao templo propriamente dito. Na entrada há um local para acender incensos e papéis com mensagem enroladinhas (claro que o filhote também vai querer pegar o dele!). Há um segurança na porta, que orienta os visitantes a circularem apenas pelo lado esquerdo. Aliás, falando em regras de etiqueta, lembre-se de ir devidamente vestido (não usar decotes, regatas, bermudas ou chinelos), não levar nenhum tipo de carne e não fumar (no site há uma série de recomendações, que você pode ver clicando aqui). Outra dica importante é explicar aos pequenos que aquele é um local de meditação, por isso é importante que todos façam silêncio.

Agora eu deixo vocês com algumas fotos, dos locais onde fotografar era permitido. Vejam como é lindo!!!

IMG_1375 IMG_1377 IMG_1386 IMG_1387 IMG_1388 IMG_1389 IMG_1392

 

Templo budista Zu Lai

Estrada Municipal Fernando Nobre, 1461. Acesso pela Rodovia Raposo Tavares, no sentido São Paulo-interior, na altura do Km 28.

De 3ª à 6ª feira – Das 12h às 17h

Sáb., Dom. e Feriados – Das 9h30 às 17h

2ªs-feiras – Fechado (mesmo se feriado)

 

 




Arquivado em: DiversãoPasseios Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail