Tapete de PVC para o bebê

Por 5 Comentários


Quando minha filha estava com pouco mais de seis meses, começou a sentar sozinha. E depois disso, não deu mais para segurar a pequena: era o tempo todo querendo ficar no chão, tentando engatinhar, aprendendo a dar os primeiros passos. Essa fase aqui em casa coincidiu com o inverno e não dava para deixar a pequena sentadinha no chão frio. Ela ficava no tapete da sala (sim, aquele bonito que eu havia comprado quando casei). Conclusão: perda total do tapete, que ficou cheio de leite, biscoito pisoteado, papinha de fruta… Ah, e com pedaços de massinha também!

Na época eu procurei um tapete infantil para colocar na sala, mas não encontrei algo que me agradasse. Mas descobri recentemente um produto bem interessante, que tem a vantagem de ser antialérgico e não absorver líquidos (características importantes para quem tem bebê pequeno em casa): o Premium Ginásio do Bebê, da Daskom. Além disso, esse tapete de PVC revestido por uretano é antitérmico (dá até para colocar sobre pisos de porcelanato, sem que o frio seja transmitido para o bebê), atóxico (não contém metais pesados ou tintas tóxicas em sua composição) e fácil de limpar (só um paninho úmido resolve o problema). Como é feito com polímero, tem resistência prolongada (o fabricante relata de 5 a 10 anos de duração) e bom amortecimento (o filhote pode pular à vontade em cima, eba!). E como eu pude comprovar pessoalmente, é fácil de dobrar, cabe em qualquer cantinho. Chegou visita em casa? Você dá uma enroladinha no tapete e está tudo certo!


tapete daskom hello bear

Comparado às placas de EVA que normalmente nós vemos à venda por aí, o tapete de PVC é superior. Mais prático de limpar (se o seu bebê já regurgitou naquela fenda entre as placas, você sabe bem do que eu estou falando; tem que desmontar tudo para limpar o leitinho!) e com durabilidade bem maior. Outro ponto positivo do tapete: é dupla face, uma com desenhos bem coloridos, outra que imita piso de madeira (enjoou daquele visual infantil no meio da sua sala? Vira o tapete!). Gostou da ideia? Então fica de olho no blog, porque na semana que vem vamos lançar um concurso cultural para nossas leitoras concorrerem a um desse!

selo

 




Arquivado em: Publieditorial Tags:

Comentários (5)

Trackback URL

  1. Viviane Petri disse:

    Amei a dica, estava pensando nisso… Vou procurar para comprar. Bjs
    Vivi e Isaac
    Tenha um lindo final de semana 🙂

  2. Amei o tapete.. vou esperar pelo concurso cultural. Super beijos e obrigada pela ótima dica!

  3. Nossa muito útil, principalmente para minha princesa, devido ter nascido prematura e com algumas complicações, ela tem 1 ano e 2 meses e ainda nem senta, quero muito participar do concurso e torcer para ganhar.Bjos e obrigado pela dica de ouro.

  4. Joana Campos disse:

    E os tapetes de polipropileno?

  5. Linda disse:

    PVC é tóxico e proibido em países desenvolvidos, não importa se a tinta ou sei lá o que não são. PVC pode causar cancer dentre outras coisas terríveis aos bebês…

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail