Saúde da mulher e um encontro no Ministério da Saúde

Por 0 Comentários


Na semana passada estive no primeiro encontro de blogueiras no Ministério da Saúde, em Brasília. E esse post até poderia ser sobre a surpresa do convite, as blogueiras incríveis que conheci na viagem, a saudade que senti da filhotinha que ficou em São Paulo, a gentileza do pessoal que nos recebeu por lá… Mas tudo isso, embora tenha me marcado bastante como pessoa, é apenas uma pequena parte do que aconteceu nesse evento. Porque o mais interessante mesmo foi a chance de ver e ouvir sobre  saúde da mulher, não por acaso, na semana de comemoração do Dia Internacional da Mulher.

Agora vou te fazer uma pergunta: você já viu alguma iniciativa de trazer pessoas comuns, como eu e você, para um bate-papo no Ministério da Saúde? Não, certamente essa é a primeira vez. E por isso o evento foi tão importante, porque marca o início de uma nova forma de comunicação entre órgão governamental (que define as políticas públicas que irão refletir sobre as vidas de todos nós) e cada um dos indivíduos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS (ou seja, todos nós!). Você que está aí do outro lado da tela, pode e deve conhecer mais sobre saúde, descobrir os seus direitos e demonstrar as suas necessidades. Você sabia, por exemplo, que existe o Blog da Saúde, um canal para facilitar o contato com a sociedade e que informa sobre os programas, campanhas (e até a agenda!) do Ministério? Que ali você pode registrar a sua dúvida, crítica ou sugestão e que assim pode ajudar na própria construção e melhora do SUS? Ou que através do Disque Saúde 136 – que é a Ouvidoria do SUS – você pode deixar seu questionamento ou pedir auxílio, num exercício de cidadania? Ou que você pode curtir a página do Facebook do Ministério e ficar por dentro de todas as novidades? Se não sabia, agora sabe, então é hora de usar! Porque, sim, eu senti nessa ida ao Ministério que há todo o interesse em ouvir o que você tem a dizer.

Contando mais um pouco do que aconteceu por lá, foram quase duas horas de hangout com o Ministro Alexandre Padilha, transmitido ao vivo pela internet (e se você não conseguiu ver no dia, confira o vídeo abaixo). O Ministro respondeu às dúvidas que levamos e às dos internautas sobre saúde da mulher, destacando três focos do trabalho do Ministério: o incentivo à prevenção, diagnóstico e tratamento de câncer de mama e do colo uterino (visitamos inclusive uma unidade da Carreta da Mulher, que realizou em um ano mais de 32 mil exames – entre mamografias, preventivos de câncer de colo do útero e ultrassonografias – em regiões de difícil acesso); a Rede Cegonha, programa de cuidado humanizado com a gestante e o bebê;  e a atenção e acolhimento à mulher vítima de violência (houve inclusive uma conversa sobre violência obstétrica). E também foram comentados a vacina para HPV, questões relacionadas à obesidade e à mulher no pós-menopausa (todas nós vamos chegar lá, não se esqueçam!).

Para finalizar, levamos para casa um material super interessante: a Cartilha para a mãe trabalhadora que amamenta, o Guia dos Direitos da Gestante e do Bebê, e um informativo sobre doação de leite materno (sobre a qual já escrevemos aqui). E a notícia do selo Blog Amigo da Saúde, que servirá de instrumento para a centralização do conteúdo de saúde dos blogs e para a comunicação entre Ministério da Saúde e as redes sociais. Mas sobre isso eu conto em um outro post, que prometo para breve! Ah, eu não posso deixar de colocar a foto da mulherada com o Ministro, certo?

ministerio

Da esquerda para direita: Cecília, do Blog da Saúde; Aline Kelly, representando o blog A Vida como a vida quer; Ana Luiza, do Look Bebê; Ana de Cesaro, do Tá e Daí?; Lúcia Freitas, do Ladybug Brasil; o Ministro; Priscilla do Mamatraca; Cris Guerra, do Hoje eu Vou Assim; Eu!!!; Dra. Flavia Aguiar.




Arquivado em: Saúde Tags:

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail