adesivo anticoncepcional costuma apresentar uma eficácia de 99%, permitindo que a mulher tenha relações sexuais com baixa probabilidade de engravidar. Além disso, você pode regular a sua menstruação com o uso desse tipo de anticoncepcional.

Em contrapartida, a pele pode ficar irritada devido ao adesivo permanecer 7 dias no mesmo local. Por conta desses e de outros fatores que muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre este método contraceptivo e, pensando nisso, fizemos este conteúdo para lhe ajudar a entender mais sobre o assunto. Acompanhe.

Leia também: Sintomas do ciclo menstrual: Quais são?

adesivo anticoncepcional

Mulher cheirando uma flor. Foto: Freepik

Publicidade

Como funciona o adesivo anticoncepcional?

Um adesivo anticoncepcional funciona como a pílula que conhecemos, porém, ao invés de ingerir os hormônios, a nossa pele irá absorvê-los e nos protegerá contra a gravidez. Entretanto, é preciso usá-lo corretamente para evitar que haja algum tipo de “falha” no método contraceptivo e, para isso, você não deve aplicar cosméticos sobre o produto e tampouco usar roupa apertada sobre ele.

A duração da eficácia de um adesivo é de 7 dias, sendo assim, é preciso fazer a troca uma vez por semana, a fim de manter a contracepção em uma porcentagem de 99% de proteção contra a gravidez.

Como usar corretamente?

Antes de colar o seu adesivo na pele, é importante que você lave bem a região, que pode ser na barriga, no braço, nas costas (em local que possa ser visto) ou no próprio bumbum. Lembre-se de não deixar vestígios de cosméticos como cremes, óleos ou géis na região em que será aplicado o adesivo.

adesivo anticoncepcional

Mulher feliz. Foto: Freepik

Além disso, procure escolher uma região do corpo onde você não costuma “dobrar”, pois esse tipo de dobra poderia ocasionar um efeito sobre o adesivo que, no decorrer dos dias, pode tirar a sua eficácia. O mesmo vale para peças de roupa que são muito apertadas, pois se você costuma usar calça jeans muito “colada” ao corpo, talvez colar no bumbum não seja uma boa ideia.

Veja também: Amamentação pode ajudar a proteger contra AVC, aponta estudo

Publicidade

De todo modo, após escolher a região da aplicação, higienize-a e cole o seu adesivo com cuidado para não deixar sujidades entrarem em contato com a cola. Pressione-o delicadamente, até que se fixe na pele.

Você poderá tomar banho normalmente, desde que não esfregue cosméticos em cima do seu adesivo. Passado os 7 dias de uso, lembre-se de colar um novo adesivo em outra região do corpo, nunca mantendo no mesmo lugar consecutivamente.

adesivo anticoncepcional

Mulher deitada no sofá. Foto: Freepik

Depois de colar os três adesivos, dê a pausa de sete dias e recomece tudo outra vez. Sempre respeitando o passo a passo e se atentando para qualquer outro tipo de recomendação dada na embalagem do anticoncepcional.

  • Importante: Lembre-se de fixar o adesivo em uma região que você possa observar todos os dias. Ou seja, não esconda-o no meio das suas costas, pois caso ele comece a descolar ou apresente sinais de danificação, você não verá e correrá o risco de iniciar uma gravidez indesejada.

Como usar pela primeira vez?

No caso do primeiro uso, é preciso colar o adesivo no primeiro dia da sua menstruação, trocando-o a cada sete dias, por 3 vezes consecutivas. Depois disso é necessário fazer a pausa de sete dias e recomeçar tudo outra vez.

Leia agora: O caroço do abacate, um aliado precioso da saúde e da beleza

Publicidade

Vantagens e desvantagens do adesivo anticoncepcional

Entendido o funcionamento do adesivo anticoncepcional, vamos agora discutir sobre as vantagens e desvantagens. Afinal, como nem tudo são flores, precisamos nos atentar para os possíveis efeitos colaterais deste tipo de método contraceptivo, para assim fazermos escolhas mais conscientes e equilibradas. Abaixo apontas os pontos positivos e negativos:

  • Vantagens do adesivo anticoncepcional

Você não precisará ficar se policiando para tomar a pílula anticoncepcional todos os dias, afinal, o adesivo já estará agindo ali para você.

Além disso, este adesivo não impacta em nada na sua atividade sexual, sendo um método super fácil de usar e prático para o dia a dia de mulheres mais ocupadas.

Você poderá, ainda, seguir com a sua vida normalmente, indo à praia, à piscina ou tomando banho normalmente.

Mulher na piscina. Foto: Freepik

  • Desvantagens do adesivo anticoncepcional

Em contrapartida ao que foi dito acima, este tipo de anticoncepcional não é recomendado para mulheres que estão muito acima do peso. Isso porque a camada de gordura sobre a pele pode dificultar a absorção dos hormônios, fazendo com que o método não seja tão eficaz.

Outra desvantagem é que este tipo de adesivo pode acabar irritando a pele, fazendo com que a mulher sinta um incômodo sempre que estiver usando.

O fato de o adesivo aparecer, caso a mulher vá à praia, por exemplo, também pode ser visto como algo desconfortável e ruim para algumas pessoas. Porém, lembre-se que você não precisa se envergonhar, pois o adesivo é apenas uma prática de proteção e autocuidado.

No entanto, lembre-se de que o adesivo também não protege o seu corpo contra doenças sexualmente transmissíveis e, portanto, o uso da camisinha ainda será indispensável para proteger a sua saúde. O anticoncepcional apenas impede a concepção, mas não garante a proteção contra doenças contagiosas.

Cartela de anticoncepcional. Foto: Freepik

Vale a pena usar o adesivo anticoncepcional?

Se o seu objetivo é não engravidar, sim, vale muito a pena. Porém, é preciso que você não tenha muito acúmulo de gordura sobre a pele e não se sinta desconfortável em deixar o adesivo aparente em algumas situações.

Em contrapartida, você terá muito mais praticidade e conforto por não ter que ingerir a pílula diariamente, por exemplo. Mas de qualquer forma caberá a você, juntamente com o seu médico, escolher o melhor método contraceptivo para si. Cuide-se!

Leia agora: Gravidez na pandemia: Por que evitar?