O hábito de organizar o próprio quarto deve ser ensinado desde cedo! A tarefa ajuda a desenvolver o senso de cuidado com as roupas e os brinquedos, assim como a compreensão do que é responsabilidade para a criança. As tarefas devem ser desenvolvidas conforme a idade, combinado com os outros afazeres como tarefas da escola, esportes, e momentos de lazer!

Torne o hábito de organizar o próprio quarto em algo divertido

organizar o próprio quarto

Pai e filha sorrindo enquanto pintam os rostos. Foto: Freepik

Evite criar um peso desnecessário ou fazer da tarefa uma ameaça para a criança. A organização não deve ser uma punição e, sim, algo recompensador e gratificante. Prefira introduzir a atividade à rotina por meio de brincadeiras como: quem guarda mais brinquedos de uma vez. 

O sentimento deve ser de leveza e diversão, para que as crianças criem gosto pela organização e não repulsa. 

Publicidade

Dê o exemplo! 

organizar o próprio quarto

Mãos masculinas dobrando camiseta cinza. Foto: Freepik

Não adianta criar esse imaginário para os pequenos, mas não fazer o mesmo quando está no lugar deles. Evite reclamar sobre organização e limpeza na frente do pequeno, para que ele não replique as atitudes. Mantenha também suas próprias coisas organizadas da mesma maneira que gostaria que a criança fizesse. Faça com que eles entendam (e vejam!) a importância de ter essa responsabilidade. 

Evite subornar a criança para organizar o próprio quarto 

organizar o próprio quarto

Menina de tranças no cabelo com placa rosa tampando o rosto com expressão triste. Foto: Freepik

Em um dia estressante e cansativo, subornar o pequeno a organizar o próprio quarto em troco de algo que ele queira pode parecer a saída mais fácil. Porém, a atitude pode se tornar um vício, onde a criança sempre espera uma recompensa pela atitude. 

Prefira incentivá-lo de maneira mais orgânica! Mesmo que dê mais trabalho no começo, a longo prazo a criança entenderá que deve organizar o próprio quarto porque essa é a responsabilidade dela, e não por outros interesses. 

Crie junto com a criança um cronograma 

organizar o próprio quarto

Menina de cabelo longo e escuro escrevendo em quadro negro de bordas azuis. Foto: Freepik

Publicidade

É importante lembrar que a família inteira deve dar o exemplo e ajudar nas tarefas de casa! Uma maneira de incentivar o pequeno é criar, ao lado dele, o cronograma da semana. Uma dica é usar um quadro grande e colorido, com o nome de todos da família e os afazeres de cada um: lavar a louça, dobrar as roupas, organizar o próprio quarto… Vale adicionar também outros compromissos como a hora da tarefa da escola ou momentos de lazer, como um jantar especial, uma noite de filme ou a hora das brincadeiras. 

Prefira deixar o quadro a vista da criança, onde ela possa ler, se familiarizar e, se possível, mexer! 

Invista em espaços de armazenamento divertidos e de fácil acesso 

organizar o próprio quarto

Quarto infantil com espaços de fácil acesso para as crianças. Foto: Freepik

Nem sempre o quarto das crianças é o espaço mais otimizado da casa. Mas, não deixe que armários altos e difíceis de acessar seja motivo para que os pequenos não criem o hábito de organizar o próprio quarto. 

Deixe os espaços altos e inacessíveis para itens que não são usados diariamente como roupas de cama e casacos de extremo inverno. Para os brinquedos, materiais da escola e roupas de dia a dia, invista em móveis baixos e divertidos. 

organizar o próprio quarto

Criança brincando com puxa saco temático: Foto -Freepik

Publicidade

Cestos divertidos e de tecido impermeável (perfeito para lavar na máquina sem muita dor de cabeça) podem ser usados para guardar os brinquedos do dia a dia. Legos e brinquedos de montar combinam com

Ideias bacanas para organizar o banheiro das crianças!

organizadoras transparentes que facilitam visualizar o conteúdo. Materiais escolares e de pintura podem ficar em pequenas escrivaninhas e gavetões. 

Etiquetar esses espaços também pode ajudar na memória do pequeno sobre o que vai aonde! E não se esqueça de tornar todas as maçanetas e portas seguras para crianças. 

Sorteie tarefas além de organizar o próprio quarto 

Menino pequeno de blusa vermelha lavando caneca amarela

Menino pequeno de blusa vermelha lavando caneca amarela. Foto: Freepik

A imparcialidade e a justiça são essenciais em casas com mais de uma criança. Evite dar sempre as mesmas tarefas para as mesmas pessoas. Para fugir das brigas, comece a dividir os afazeres por meio de pequenos sorteios. 

A delegação de tarefas pode, inclusive, ser uma das partes divertidas! Escreva em um papel o que cada um deve fazer, coloque em uma sacola e crie um mistério, faça um anúncio divertido que instigue a curiosidade dos pequenos. 

Defina períodos de tempo para cada função 

Mulher segurando relogio

Mão femininas apontando para relógio prateado. Foto: Freepik

Ter estratégias de tempo e ensinar a criança a se organizar no período estabelecido é uma ótima tática para evitar que o pequeno fique enrolando – e saiba administrar o próprio tempo! Defina períodos curtos e quebre as atividades em vários pedaços, por exemplo, 5 minutos para juntar todas as roupas espalhadas pelo quarto; 10 minutos para preparar a mochila do dia seguinte; 15 minutos para juntar todos os brinquedos do chão. 

Além do tempo passar de maneira mais dinâmica para os pequenos dessa maneira, ele também termina de organizar o próprio quarto antes do que imaginam e sem tornar a atividade algo maçante e pesado. 

Por fim, por que não aproveitar esses momentos para ensinar e incentivar a criança a doar o que não usa mais?! Conta para a gente nos comentários como foi.