Com saudades da rotina escola-trabalho-casa? Pois bem, junto com a quarentena (por causa do Covid-19) veio o famoso home office. 

Trabalhar de casa é uma das opções mais seguras nos tempos da pandemia. E, às vezes pode não parecer, mas é um privilégio! Além de garantir uma segurança maior para a família, mantém as contas do final do mês em dia. 

E, infelizmente, nem todos os pais estão tendo essa chance! Muitos precisam se afastar dos familiares, por não poderem parar de trabalhar e estarem expostos ao vírus, perdem o emprego ou pior, adoecem a si mesmos ou a outras pessoas. 

Por isso, pense no lado bom! Mesmo que seja muito difícil. Aproveite a situação como uma oportunidade de explorar novos modelos de trabalho e estar mais próximo de quem você mais ama. A seguir, algumas dicas para tirar de letra o home office. 

Publicidade

Trabalho Home office – Fonte: Freepik

 

Home office também é organização

Como se você fosse sair de casa! Manter a rotina é importante para que sua produtividade seja boa e para que as crianças entendam também o que está acontecendo. 

 

  • Tchau, pijama: nós sabemos que essa missão pode ser uma das mais difíceis, mas tirar o pijama já muda um pouco a vida! O corpo entende que não é mais a hora de descansar e isso faz com que a produtividade e a disposição melhorem. 

 

  • Tic-tac: se o seu trabalho possui horários fixos, mantenha-os. Se não, estabeleça-os! Hora para acordar, tomar café, pausa para o almoço e fim do expediente. Criar uma rotina com horários é bom porque evita que você trabalhe demais ou de menos e ajuda na organização dos afazeres. 

 

Publicidade
  • Meu escritório é em casa: separe um lugar, mesmo que improvisado, especialmente para trabalhar. Onde estão suas anotações, seu computador, o que mais você precisar… Trabalhar no sofá ou na cama pode dar aquela sensação de preguiça – e acabar com as costas! 

 

  • Aviso geral: informe todo mundo que mora com você, inclusive as crianças, sobre os seus horários. Uma boa ideia é deixá-los visíveis em algum lugar, como na porta da geladeira. Para os pequenos, o tempo não funciona da mesma maneira, 15 minutos pode ser uma eternidade. Então, ter esse calendário à mão, facilita a compreensão deles. 

 

Não tenha medo de pedir ajuda

Tudo bem não dar conta de tudo sozinha! O momento é delicado e pode sobrecarregar muito fácil alguém. Por isso, dividir as tarefas dentro de casa é tão importante. 

Se tiver um parceiro, reveze os horários de trabalho, combine breaks para brincar com as crianças, faça concessões e conceda também! É hora de unir-se com a família e não separar. 

Caso as crianças já  possam ajudar na rotina da casa: essa é a hora! Dividir tarefas domésticas, aparentemente simples, como lavar a louça, passar aspirador e arrumar a própria bagunça pode salvar a vida de uma mãe cheia de afazeres e em home office. Que tal aproveitar esse momento em casa para ensinar os pequenos a lavar roupa, fazer comidinhas e limpar o próprio quarto? 

 

Publicidade

Não se cobre, nem se culpe, tanto

A situação do mundo inteiro é muito única! Ninguém nunca passou por isso antes e é normal que cada tenha uma reação diferente. Então, não se sinta mal por não estar sendo tão produtiva ou por não conseguir manter a casa impecável o dia inteiro, pelas crianças terem jantado pizza, ou por estar exausta e desanimada. 

Cada um precisa entender seus limites e dentro deles buscar seu melhor! Evite também (em tempos de pandemia ou não) ficar se comparando àquela amiga que parece fazer yoga todo dia e alimentar os filhos apenas com comidas orgânicas, ou àquela blogueira que nunca está cansada e tem até tempo para beber um vinho. Cada um sabe das suas dificuldades! 

 

5 minutinhos para brincar, por que não? 

Permita-se ter breaks durante a rotina de trabalho para passar um tempo com as crianças ou dar uma descansada! Não precisa se todo dia, nem toda hora, mas quando der aquela brecha na agenda. Também não se sinta mal se tiver que sair no meio de uma reunião para socorrer um dos pequenos, ou se eles invadirem seu home office. Acontece!

Aproveite que está em casa e tem eles tão perto. Uma distração por alguns minutos pode fazer muito bem para desestressar e apresentar um impacto positivo no seu trabalho! 

 

Um tempo para todo mundo

Conforme a idade do pequeno, brincar sozinho já é uma realidade. Se não for, e ele estiver preparado para isso, sinta-se à vontade para estimulá-lo. Boas opções são desenhos, brincadeiras com massinhas e praticar a leitura! 

Enquanto isso, aproveite e tenha o seu momento também. Preencha seus minutinhos vagos com coisas que te deixam feliz e que te satisfazem não só fisicamente, mas psicologicamente também! 

 

Força, paciência e muito amor. O importante é que todos passem por isso juntos e saudáveis por dentro e por fora!