A menstruação escura pode ocorrer devido a uma série de fatores, mas o mais comum é uma queda no nível de progesterona no organismo.

É muito importante conhecer esse sinal, pois muitas mulheres passam muito tempo tendo a menstruação marrom sem desconfiar de que algo está errado.

Portanto, todas as vezes que você identificar alguma alteração em sua menstruação, seja em volume ou na cor, passe por uma consulta médica para falar sobre os seus sintomas.

A menstruação escura pode também ser normal em algumas situações, como é o caso da troca de pílula anticoncepcional. Como há mudança nas quantidades de hormônio no organismo, pode haver escurecimento.

Publicidade

Entretanto existem outros tantos fatores que devem sim ser motivo de alerta. Então continue lendo esse artigo para se informar mais sobre o assunto.

Você sabia que a menstruação marrom pode ser indício de gravidez?

Foto: Freepik

Como já foi citado anteriormente a menstruação marrom pode ocorrer durante a mudança de anticoncepcional devido à alterações hormonais.

Mas outra causa muito comum desses sangramentos escurecidos é a gravidez. Na verdade o sangramento é provocado pela nidação, ou seja a fixação do óvulo fecundado no útero.

Geralmente esse tipo de sangramento irá ocorrer aproximadamente após 7 dias da sua ovulação, pois é esse o tempo que o óvulo demora para faze seu percurso até o útero e iniciar a sua fixação.

Apesar de a nidação poder provocar esse sangramento, é válido deixar bem claro que a sua intensidade costuma ser bem menor com relação ao volume da menstruação comum.

Publicidade

Então se você tiver relações desprotegidas e perceber um pequeno sangramento alguns dias após o seu período fértil, espere pelo atraso de sua menstruação e faça um teste de gravidez.

E se você estiver grávida e perceber que está tendo sangramentos, é bom falar com o seu médico, pois isso pode ser sinal de queda na progesterona. Um hormônio muito importante para a manutenção da gestação, por isso seu médico pode preferir fazer a reposição dele para garantir uma gravidez mais sadia.

Você tem menstruação escura há muito tempo?

Apesar de a menstruação marrom ser bastante comum entre as mulheres, é muito importante que você vá ao médico para que ele investigue melhor essa condição. Provavelmente serão pedidos alguns exames para medir os níveis de hormônios em seu organismo.

Além disso pode ser que o especialista peça um exame de ultrassom para descartar  possibilidade de o sinal ocorrer devido à endometriose.

Entretanto existem mulheres que possuem sangramentos escuros durante a ovulação, por exemplo, e isso pode ser perfeitamente normal.

Sendo assim, o ideal é que você procure o seu médico caso sinta que algo mudou em seu ciclo, mas não se preocupe se você sempre teve sangramentos porque isso também pode ser normal.

Publicidade

Sangramento no meio do ciclo é comum

fases do ciclo menstrual

Foto: Freepik

No meio do ciclo menstrual existe uma queda natural da progesterona e por isso é normal ter pequenos escapes bem próximos da ovulação.

Além disso, a própria ruptura do folículo ovariano pode provocar pequenos sangramentos e isso é absolutamente normal.

Então, nesse caso a “menstruação marrom” que é na verdade um sangramento é normal. Mas se você perceber que passou a ter esse sintoma de repente, procure seu médico porque pode ser até mesmo um indício da presença da síndrome dos ovários policísticos.

Sangramentos sempre são sinal de problema?

Não, os sangramentos, chamados erroneamente de “menstruação escura”, podem ocorrer por causas normais como a ovulação, por exemplo.

Outra situação bastante comum é que esse tipo de evento aconteça com mulheres que tomam pílulas anticoncepcional devido às mudanças hormonais que ocorrem.

Nesse caso procure o seu médico porque pode ser preciso fazer a troca da pílula por uma que tenha doses diferentes dos hormônios femininos.

A pílula do dia seguinte também pode provocar desequilíbrios hormonais devido à enorme quantidade de hormônio que apresentam. Sendo assim, esse tipo de método de proteção tem grande potencial de provocar sangramentos e não deve ser usado com frequência.

Corrimento escuro pode ser sinal de infecções

mulher com placa de interrogação menstruação não desce

Crédito: Freepik

Até agora foram citadas algumas causas de sangramentos escuros conhecidos como menstruação marrom. Mas nos casos anteriores o sangramento se inicia e tente a terminar após alguns dias.

No entanto em alguns casos a mulher pode ter sangramentos contínuos que duram muitos dias, ou ainda apresentam corrimento bem escuro. Nesse caso o ideal é que você procure o seu médico o mais rápido possível, pois existe um forte indício de lesão ou infecção.

As infecções do canal vaginal e útero são muito comuns e muitas vezes podem passar desapercebidas. Elas costumam ser provocadas por bactérias que conseguem proliferar no local, provocando lesões.

Quando há uma infecção por bactérias é provável que você perceba uma secreção anormal, que pode ir desde o amarelo claro até o marrom escuro.

Na maior parte das vezes o odor da vagina irá se alterar também. Infelizmente esse tipo de infecção pode comprometer muito a saúde da mulher e a sua fertilidade.

Portanto assim que perceber sintomas desse tipo, busque por ajuda.

Como eliminar a menstruação escura

Foto: Freepik

Em alguns casos como na nidação esse tipo de sangramento irá durar alguns dias e depois provavelmente vai desaparecer naturalmente.

Da mesma forma ocorre também se você tomar a pílula do dia seguinte. O sangramento relacionado à ela tente a desaparecer após poucos dias. Mas existem outras causas para a menstruação marrom que devem ser diagnosticadas e adequadamente tratadas. Um exemplo é a baixa de progesterona, que deve ser adequadamente tratada por meio da reposição hormonal.

Outro caso que pode ser citado é a síndrome dos ovários policísticos que pode provocar esse tipo de sangramento e a mulher deve ser acompanhada por um especialista.

Conclusão

É muito frequente o aparecimento de sangramentos escuros que as mulheres costumam chamar também de menstruação marrom.

Esse sinal pode ser indicativo de alguns problemas de saúde como as quedas do hormônio progesterona e também infecções do aparelho reprodutivo feminino.

Por outro lado existem situações em que esse tipo de sangramento é normal, como próximo à ovulação e durante a nidação.

Portanto o ideal é que você sempre consulte seu médico de confiança quando achar que existe algo diferente acontecendo em seu corpo.