O que você precisa saber se seu filho sempre chora antes de dormir

Por 7 Comentários


Hoje temos um post simplesmente fantástico aqui no blog! E que certamente ajudará muitas mães com bebês que sempre choram antes de dormir (como era meu caso com Catarina!). Quer entender melhor porque isso acontece? O que fazer para que seu filho durma sem chorar? Vem dar uma espiadinha no texto da nossa querida consultora de sono, Michele Melão!

Por Michele Melão

Chega a hora de dormir e a batalha começa. Todo o ritual é acompanhado de choro – muito choro! E a cena se repete antes das sonecas. Você sabia que isso pode ser apenas um ajuste de horário? Entender um pouco mais sobre a ciência do sono pode ajudar os pais a adequarem os horários dos filhos dormirem e consequentemente terem muito menos trabalho na hora de colocar as crianças na cama.

bebe chora para dormir

Hoje quero falar aqui com as leitoras do Mil Dicas de Mãe sobre o ritmo do sono e como a compreensão desse ritmo melhora (e muito!) a qualidade do sono do seu filho. Existem 2 fatores principais que regulam o tempo que ficamos acordados e dormindo: o ciclo circadiano e a homeostase do corpo (tudo que regula nosso sistema interno, como temperatura, nutrientes e metabolismo). Veremos como isso está relacionado ao seu bebê (não precisa ter medo, não é complicado de entender!):

O ciclo circadiano (ou nosso relógio interno) é regulado basicamente por nossa temperatura (que vai caindo, conforme o dia também acaba), os níveis hormonais (diferentes hormônios como a melatonina à noite e o cortisol durante o dia) e a exposição à luz e escuridão. Desta forma, diminuir a luz para as sonecas, preparar o ambiente de sono e ensinar a filho a diferença entre o dia e a noite são importantes para o acerto deste relógio interno.

Depois de ficar acordado por algum tempo, a vontade de dormir fica cada vez mais forte, fenômeno conhecido como unidade de sono homeostático, que é muito mais forte em bebês e crianças do que nos adultos. Em compensação, o ritmo circadiano quer forçar as pessoas a se manterem acordadas durante o dia, o que cria uma tensão entre o ritmo circadiano e a unidade homeostática. Essa tensão é chamada de zona proibida de sono – ou seja, neste horário, seu filho simplesmente não vai dormir e se você tentar colocá-lo na cama, provavelmente vai chorar, e muito! O pediatra Richard Ferber, grande estudioso do sono, diz que “A consciência da zona proibida é crítica para a compreensão e tratamento de certos problemas comuns de sono.” Com o fim desta zona proibida, o sono chega e manter-se acordado fica bastante difícil.

Por este motivo existem momentos corretos para colocar a criança para fazer sonecas e também uma hora (que deve ser consistente) para o sono noturno. Mesmo sendo difícil de descobrir, existe uma hora ideal para dormir, e é isso que vai regular o relógio interno da criança. Esta hora é única de bebê para bebê, já que vai depender da idade, da hora costumeira do despertar de manhã, das atividades, da hora em que o bebê está mais preparado para cochilar, de quanto tempo duram as sonecas e, principalmente, de uma predisposição genética – ou seja, não existem duas crianças que tem exatamente o mesmo padrão de sono. Um outro estudioso de sono, o pediatra Marc Weissbluth compara em seu livro Healthy Sleep Habits, Happy Child que o momento de colocar a criança para dormir é como surfar em uma onda. Mesmo sendo a onda perfeita, você deve saber o tempo de entrar nela, ou certamente irá falhar. Mas, se você pegar essa onda de cansaço e colocar a criança para dormir, não haverá choro.

 

Como começar a descobrir este “momento mágico”

Lembro que o choro é uma forma de comunicação e os bebês não choram apenas porque estão com sono, mas também se têm fome, frio, calor, dor ou algo incomodando. Entretanto, segundo os especialistas, o choro extremo e todos os dias na hora de dormir é biológico, e existem formas de amenizar isso, observando e descobrindo o padrão de sono ideal para seu bebê.

Todos nós nascemos sem um ritmo circadiano definido e até os 4 meses fica bastante difícil estabelecer horários e uma rotina consistente (além da tão importante alimentação por livre demanda, indicada por muitos pediatras até pelo menos a 16ª semana de vida do bebê). A partir deste momento, quando os níveis hormonais estão mais estabelecidos e já é possível estabelecer padrões de sono, comece a fazer uma profunda observação de seu filho.

Faça uma agenda com todos os horários. Despertares, sonecas, tempo de cochilo, tempo que leva para dormir antes das sonecas e do sono noturno, tempo de choro e vá fazendo ajustes. Provavelmente você começará a descobrir os horários corretos nas sonecas. Mude os horários em 10 ou 15 minutos, para antes ou depois, e veja se o choro diminui (minha sugestão é sempre começar com processo no primeiro sinal de sono do seu bebê). O estudo do padrão do seu pequeno precisa ser profundo para dar certo. Observe as janelas de sono: apesar de existirem tabelas com o tempo médio destas janelas, no caso do seu filhote pode ser um pouco diferente. Acredite que o choro acontece por dois motivos: seu bebê ainda não está preparado para dormir ou passou do ponto, ou seja, o horário precisa ser modificado.

Ter estas informações sobre o funcionamento do relógio interno da criança nos ajuda a proporcionar um sono de qualidade e também um tempo de vigília (acordado) produtivo. Este é o melhor caminho para criar hábitos de sono saudáveis, e sem choro!

michele melão selo




Arquivado em: Cuidados diáriosSono do bebê Tags:

Comentários (7)

Trackback URL

  1. Cariane Borba disse:

    obrigada pelas dicas, são muito preciosas!

  2. Monique disse:

    Boa noite,

    Tenho uma bebê de 2 meses, e nas últimas semanas, quando a noite se aproxima, ela começa a chorar e não há o que a console. Já tentei dar colo, carinho, banho mas ela só para quando cai no sono. E agora o mesmo está acontecendo com as sonecas diurnas, além da irritabilidade ela só consegue fazer sonecas muitos curtas. O que posso fazer para que ela tenha uma soneca melhor durante o dia e não inicie a noite irritada e chorando ?

    • Oi Monique,
      Com 2 meses os bebês ainda não tem um padrão de sono definido, basicamente dormem quando sentem sono e ficam acordados pouco tempo, apenas para mamar e fazer a higiene. Nesta idade, é bastante comum o bebê sentir incômodos como cólicas ou gases, especialmente no fim do dia. Tente remeter ao ambiente que ela tinha no útero, usando um cueiro, embalando, ficando bem perto da sua bebê. Isso pode ajudar a esticar as sonecas e melhorar muito a qualidade do sono diurno e noturno. O uso do ruído branco também pode te ajudar.
      Um beijo
      Michele

  3. Shirley R. BIizutti Merlotto disse:

    Olá Nívea. Meu filho sempre chora pra dormir. Mas acho que é pq ele não consegue pegar no sono sozinho. Ele precisa de ajuda, ou seja, precisa ser ninado (entenda-se balançado). Tbm percebo que é pq ele não quer perder nada…
    Pode ser isso mesmo?
    Bjs e obrigada

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Shirley,

      Olha, era exatamente essa a impressão que eu tinha com Catarina: que ela não queria perder nada! Aliás, até hoje é assim! Outro dia foi dormir na casa da madrinha com as outras crianças da família e ficou até 2h da manhã acordada! Todas as outras capotaram antes! Aí vi que ela é resistente mesmo!

      Beijos!

  4. Carol disse:

    Olá,

    meu bebê tem cinco meses e dorme pouquíssimo para a idade dele. Durante o dia tira umas três sonecas de 15 minutos mais ou menos, e a noite dorme lá pelas 22 horas ( depois de muito choro e irritação). Ele não dorme bem pela noite e sempre quer mamar na madrugada. As 7 horas da manhã já está acordado novamente. O que faço para ele tirar sonecas mais duradouras durante o dia e dormir melhor a noite? Vejo que ele tem sono muitas vezes, mas não se entrega e fica brabo se tento fazer com que durma mais..

    Obrigada!! Beijoos

    • Michele disse:

      Oi Carol, como vai?
      É um ciclo, quanto menos o bebê dorme, menos quer dormir. Seu bebê deve ter associações de sono onde ele precisa sempre de ajuda para emendar os ciclos e esticar as sonecas. Veja a forma como ele adormece, como faz as sonecas, se a rotina é adequada e consistente, se existem rituais que sinalizam para seu bebê que está na hora de dormir e sugiro também adiantar este horário de adormecer.
      Se você precisar de ajuda no processo, me escreva no michelemelao@maternitycoach.com.br e eu te mando detalhes da consultoria.

      Um beijo
      Michele

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail