Walking wings: você conhece?

Por 5 Comentários


Você já ouviu falar sobre Walking Wings? Até ontem eu não tinha a mínima ideia do que se tratava. Até que um leitor do blog me contou que havia um jeito de ajudar nos primeiros passos do bebê, sem as conhecidas dores nas costas dos pais!

Quem já passou pela etapa em que o bebê começa a andar sabe que eles não querem fazer outra coisa a não ser se dependurar em você para sair andando. Como eu não dei andador para Catarina, ficava o dia inteiro curvada segurando suas mãozinhas para que ela ensaiasse os primeiros passos. E a lombar ficava destruída no fim do dia!

A proposta das walking wings é servir de extensor, para que os pais consigam oferecer o apoio sem se abaixar. Há diferentes modelos, alguns em que a criança praticamente veste o acessório (ficando o apoio distribuído por todo o corpo do bebê, com apenas as pernas para fora – há quem diga que são os mais confortáveis para o filhote), outros em que o apoio fica logo abaixo das axilas. Veja abaixo para visualizar melhor:

Modelo de apoio no corpo inteiro
Modelo em que o apoio fica sob as axilas
Esses modelos que mostrei são os mais bem avaliados no site de vendas americano Amazon (infelizmente não entregam no Brasil), bem interessante se você for aos EUA os conhecer alguém que possa trazer de lá para você. Também achei esse segundo modelo sendo vendido aqui no Brasil, mas você pagará quase três vezes mais pelo mesmo produto (snif!). Uma boa alternativa é comprar pelo Ebay, que entrega no Brasil (e há modelos em que o acessório + o frete sai por cerca de R$35,00). Fica a dica!
Quer saber como comprar pelo Ebay e receber no Brasil? Leia mais nesse post aqui.



Arquivado em: ComprasDesenvolvimentoDicas de mãeNovidades

Comentários (5)

Trackback URL

  1. Dani Rabelo disse:

    Ní, que bacana!!!!

    seria excelente se eu tivesse sabido disso há 7 meses… hohohoho

    muito bom!

    beijo!

  2. Dani Rabelo disse:

    sabe o que eu queria te sugerir? tira a verificação captcha (das letrinhas), sabe pq? essa verificação pode ser bem chatinha para alguns computadores e algumas pessoas, mta gente deixa de comentar pq tem isso, e, como vc tem moderação de comentários de qlq forma, pode só moderar – vc exclui o que não quer e deixa o que acha bacana do mesmo jeito, só que, sem o captcha, que é chato mesmo… muitas meninas me pediram isso no meu blog e realmente percebo que tem mais comentários hoje, depois que tirei…

    Beijo grande – e mesmo com verificação eu vou sempre comentar nos posts que gosto!!
    =)

  3. Leana Bittencourt disse:

    Ola. Adorei a dica. Eu tenho problema na lombar, estou imaginando como será esta fase, acho que com isto será mais fácil 🙂

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail