10 dicas para viajar de carro com um bebê

Por 5 Comentários


Olá, amigos do Mil Dicas de Mãe.

Estamos próximos ao feriado da Páscoa, e pensei que seria bom contar algumas dicas de viagem de carro com um bebê. Vamos a elas?

1) Simplifique.
Sim, aqueles dias em que você e seu marido tinham pique de fazer a via sacra, parando em 3 ou 4 cidades até chegar ao seu destino final, ficaram para trás. Pelo menos até seu bebê crescer um pouquinho! Pode ser que você seja uma mãe do tipo aventureira e discorde de mim, mas se pensar como eu, vai rezar para que o percurso com um bebê a bordo seja o menor possível.

2) Escolha um bom horário.
Quando Catarina era bem novinha (sua primeira viagem de carro foi com 16 dias) e dormia bastante, o horário da viagem era indiferente: ela dormia quase todo o tempo de qualquer forma. Mas depois de alguns meses, escolher um bom horário para viajar se tornou fundamental. Isso porque normalmente ela dorme pelo menos 1 hora durante o percurso, e se essa soneca for num horário diferente do habitual, acabou-se a rotina de sono daquele dia; e o que é pior: daquela noite (que provavelmente será em claro!). Então fica a dica: viaje nos horários das sonecas ou à noite (principalmente nos feriados, quando o trânsito pode estender a viagem!), hora em que o bebê deve estar dormindo mesmo.

3) Informe-se sobre a estrada.
Em um feriado, com as estradas lotadas, é claro que você vai ligar para saber sobre o trânsito, para decidir se vale a pena sair naquele momento ou esperar mais um pouco. Mas além disso, vale a pena saber se a estrada oferece algum tipo de serviço como uma casa do usuário, com trocador, espaço para amamentação, microondas/fogão para aquecimento da papinha…

4) Deixe tudo o que acha que vai precisar (e o que não acha também!) à mão.
A verdade é que a gente nunca sabe quanto tempo a viagem vai durar. Certa vez uma viagem que era para demorar 1 hora durou quase 4, e meu marido teve que sair procurando a lata de leite em pó no fundo do porta-malas, pois tinha chegado a hora da mamada e ainda tínhamos estrada pela frente. Não, o bebê não vai morrer por isso, mas vai te poupar 5 minutos de choro (que cá entre nós parecem intermináveis!), até que o item necessário seja localizado. Itens indispensáveis na bolsa de mão: mamadeira com água filtrada, porta-leite com a porção já separada para o preparo, chupeta, paninhos de boca, troca de roupa, trocador de bolsa, fraldas, saquinhos plásticos, pomada anti-assaduras, lenços umedecidos, papinhas, colher, babador, manta, remédios (ufa!).

5) Proteja o bebê do sol.
Em viagens diurnas, não se esqueça de colocar um protetor na janela para que o sol não incida diretamente no bebê.

6) Leve distrações.
Biscoitos, música, DVD… Tudo o que possa prender a atenção do bebê e poupar seus ouvidos! Se você não leu o post sobre dicas para enfrentar o trânsito com um bebê, não deixe de ler, pois  eu falo mais sobre isso.

7) Seja criativa.
Se todo seu arsenal de distrações acabou e você ainda não chegou, invente! Já tive que narrar quase uma hora do caminho para que a Catarina não chorasse (e valeu a pena, viu?). A cada 5 segundos eu chamava a atenção dela para algo: “olha a vaca, olha a árvore, olha a nuvem, olha o caminhão, olha a nuvem de novo!”.

8) Leve itens para você também.
A viagem está se estendendo mais do que você gostaria? Leve um lanchinho, para evitar de ter que parar para comer, o que demandará um tempo ainda maior. Ah, e não se esqueça de levar uma troca de roupa para você, pois vai que o bebê vomita no meio do caminho… (e mãe nessas horas fica suja por tabela, certo?)

9) Segurança é a base de tudo.
Usar a cadeirinha apropriada ao peso e à idade do bebê, não dirigir com sono, não deixar o bebê sozinho no carro durante uma parada… Acho que não precisava nem dizer, mas em todo caso, está dito!

10) Aproveite o caminho.
Se você não está dirigindo, aproveite! Ouça uma boa música, converse calmamente sem interrupções enquanto o bebê dorme, ou simplesmente descanse! Porque quando você chegar, sabe que mais trabalho a espera, não é mesmo?

E você, tem uma dica de viagem de carro? Conta pra gente! Deixa um comentário!




Arquivado em: DiversãoViagem

Comentários (5)

Trackback URL

  1. Náy Rocha disse:

    Eu e o marido estamos planejando viajar de Goiás para o RS quando nossa filha estiver com 5 meses.Já vi que não vai ser fácil.

  2. Náy disse:

    Pode deixar que depois conto como foi essa experiencia.rsrsr.Adorei as dicas do post!

  3. Monica disse:

    Eu fiz uma viagem de SP para o sul do país (todas as capitais e mais umas 10 cidades do interior), fiquei 30 dias rodando de carro de uma cidade para a outra no sul com os meus dois filhos. O mais velho na época tinha 1 ano e 5 meses e a mais nova com apenas 3 para 4 meses. A dica mais importante, com certeza é . 4) Deixe tudo o que acha que vai precisar (e o que não acha também!) à mão, isso facilita muuito, (suco, água, mamadeira, porta leite). A viagem foi super tranquila,
    Outra coisa acho SUPEEEER válido ter (eu não tinha)um aquecedor de mamadeiras, pois á noite tinha que descer até a cozinha do hotel pra aquecer as mamadeiras e isso é muito chato. e MUITOOOS POTINHOS DE PAPINHAS INDUSTRIALIZADAS (doce e salgada), pois nem sempre meu filho almoçava na mesma hora q a gente no restaurante.

    • Nívea Salgado disse:

      Legal, Monica, sabe que nunca tinha pensado no aquecedor de mamadeiras? Para usar em hotéis é mesmo muito bom!

      Obrigada pela dica!

      Bjs,

      Nívea

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail