A importância de ensinar política para o seu filho está associada diretamente ao futuro que do nosso país. Afinal, as crianças são a próxima geração, que estará nas urnas e defendendo a democracia e o direito de todos.

Mas, como garantir que as crianças façam escolhas conscientes, se não ensinarmos a elas os valores fundamentais da vida e do ser humano? Pois é! Por isso, neste conteúdo, apontamos alguns fatores importantes sobre o ensinamento de política durante a infância e adolescência. Acompanhe para saber mais.

a importância de ensinar política para o seu filho 

Mãe e filha estudando juntas. Foto: Freepik

Descubra qual a importância de ensinar política para o seu filho

Como dito acima, a importância de ensinar política para o seu filho está ligada à maneira como o nosso país irá se desenvolver nos próximos anos. Ou seja, a nova geração tem um papel fundamental no crescimento do país e no direcionamento para caminhos mais dignos, solidários, e pautados em igualdade e equidade.

Publicidade

Por isso, lançar um olhar sobre esse tema é o primeiro passo para construir um futuro muito mais interessante e igualitário.

Com isso em mente, comece aos poucos, oferecendo um exemplo para o seu filho e ajudando-o a compreender o certo e o errado, além de auxiliá-lo na hora de entender o que são e porque acontecem as injustiças.

Veja também: Guia educacional para explicar às crianças porque a lua muda

a importância de ensinar política para o seu filho 

Mãe e filho estudando juntos. Foto: Freepik

A consciência política auxilia o seu filho acerca de uma visão mais justa no mundo

A consciência política também nos faz compreender por que devemos ensinar esse tema aos nossos filhos e às nossas crianças, de maneira geral.

Essa consciência nada mais é do que o exercício da cidadania, propriamente dito. E por mais complexo que esse exercício possa ser e parecer ser, ele é a peça-chave para o futuro da humanidade.

Publicidade

Afinal, nós, adultos, desejamos que nossos filhos e todas as crianças tenham a oportunidade de viver em um mundo melhor e mais justo, não é mesmo? Por isso, trabalhar esses conceitos é fundamental para garantir que as nossas crianças façam escolhas positivas no futuro.

Faz parte da educação ensinar as crianças sobre o certo e o errado, além de enaltecer valores fundamentais, como a honestidade, a moral e a ética.

Ao discutirmos política com os nossos filhos, tendemos a lapidar o comportamento deles, ajudando-os a crescerem com um olhar mais sensível às necessidades de todos.

Mãe ajudando o filho nos estudos. Foto: Freepik

Questões como racismo, desigualdade e violência devem ser abordados na medida certa

Apesar de a importância de ensinar política para o seu filho ser evidente, precisamos fazer um adendo imprescindível: é preciso transmitir esse conhecimento com muita atenção e na medida certa.

Isto é, não adianta querer ensinar conceitos complexos para uma criança muito pequena. Mas sim, é preciso alinhar o seu discurso de um modo que fique coerente com a idade da criança.

Publicidade

Se os seus filhos ainda são muito pequenos, você deve abordar os temas de uma forma que ele possa entender, na medida do possível. Aqui, o que mais deve acontecer é o exemplo. Ou seja, você deve ser o exemplo do seu filho, sobre o que é certo, errado e o que deve ou não deve ser feito.

Leia mais: 10 dicas para as mães que desejam empreender

A violência, por exemplo, pode ser trabalhada quando você ver alguma situação onde uma pessoa agride a outra, enaltecendo para o seu filho o quanto isso é errado e o quanto esse ato violento não agrega em nada. Foque em transparecer o quanto o diálogo e a empatia são mais importantes.

Já a desigualdade deve ser apontada quando você perceber que a criança está diante de uma situação clara de privilégio, em comparação à outra criança. Faça-a compreender que nem todos têm as mesmas oportunidades, e é que é nosso dever buscar mudar essa perspectiva sobre o mundo.

Mãe estudando junto com a filha. Foto: Freepik

No que tange ao racismo, foque em enaltecer o quanto somos todos iguais. E se perceber que o racismo está acontecendo em alguma circunstância (como na TV, por exemplo), explique a situação para a criança e faça-a compreender a importância de entender que todas as crianças, adultos, idosos e pessoas merecem o mesmo respeito e consideração, independente da idade, da cor, da classe social, etc.

A importância de ensinar política para o seu filho está envolvida com prepará-lo para o autoconhecimento

Até aqui, já conversamos sobre o quanto é importante ensinar política para as crianças. Mas, além disso, precisamos refletir sobre o quanto isso prepara o pequeno, para o futuro e para o seu próprio autoconhecimento.

Isto é, além de criar um mundo mais justo e igualitário, a importância de ensinar política para o seu filho está associada com os sonhos dele e a maneira como ele poderá se portar lá na frente.

Essa visão política mais justa faz com que o seu filho tenha uma consciência maior sobre a sua importância no mundo, e sobre o quanto as ações dele são capazes de impactar o grupo.

Logo, ele se sentirá muito mais responsável sobre as suas próprias atitudes, trilhando um futuro muito mais promissor e baseado em uma ética consistente e sólida.

Faça o seu filho compreender que as ações dele impactam todos em sua volta, e mostre o quanto cada pessoa é importante a ponto de conseguir revolucionar o mundo.

Mãe e filhos no computador. Foto: Freepik

Seu filho pode ajudar a mudar o mundo!

Ajude o seu filho a mudar o mundo. Mostre os caminhos mais promissores, saudáveis e felizes que ele pode seguir. Use a importância de ensinar política para o seu filho da maneira certa, ajudando-o a reconhecer as suas obrigações, os seus direitos e deveres.

Faça-o enxergar na política uma oportunidade de transformar a realidade de muita gente, garantindo mais felicidade, igualdade e bem-estar para todos em nosso país e, consequentemente, no mundo.

Contamos com cada pessoa que habita o nosso planeta. Contamos com cada mente que pensa de forma empática e fraternal. Seja você uma mudança para o mundo e ajude o seu filho a fazer essa mudança também!

Leia mais: Como ensinar Educação Financeira para o seu filho