Chá de bebê beneficente: que tal trocar os presentes por doações?

Por 1 Comentário


O chá de bebê é uma comemoração muito especial para celebrar a chegada da criança. Na tradição, o evento também serve como uma oportunidade de a família arrecadar fraldas e outros utensílios que serão úteis no dia a dia do recém-nascido. Contudo, tem gente dando um novo significado a esse momento, fazendo do chá de bebê beneficente. Ou seja, uma ação que, ao invés de reunir presentes, junta doações para ajudar quem precisa. Muito bacana, não é mesmo?

A ideia do chá de bebê beneficente tem conquistado até mesmo mamães famosas. É o caso da apresentadora Sabrina Sato e da atriz Sabrina Petraglia, que pediram aos convidados itens para serem doados a entidades assistenciais que auxiliam crianças carentes.

Na prática, a iniciativa pode ser muito bem-vinda para aquelas famílias que já recebem um tantão de presentes, mesmo antes do chá. E se você está pensando em fazer uma comemoração assim, confira algumas dicas a seguir.

Veja também: Brincadeiras para chá de bebê – as melhores para a mamãe e para as convidadas!

chá de bebê beneficente
Imagem: 123RF

O que pedir no chá de bebê beneficente?

Itens básicos e úteis aos bebês se transformarão em ótimas doações. Você pode incluir na lista o que já colocaria em um chá de bebê tradicional, como fraldas, roupinhas e brinquedos.

Mais uma sugestão é, ao invés de acessórios, arrecadar dinheiro. Dá para deixar uma caixinha no evento e cada convidado contribui com a quantia que quiser. Ou ainda oferecer o número da sua conta ou da instituição que deseja auxiliar e pedir aos convidados que façam seus depósitos.

Veja também: Presente para bebê – 8 dicas realmente úteis para escolher!

Outras dicas

Escolha uma instituição séria, cujo trabalho você conheça, para destinar as doações. No convite, você pode deixar um site ou rede social da organização para que os convidados interessados vejam o trabalho realizado.

De acordo com relatos na internet de mulheres que fizeram o chá de bebê beneficente para seus filhos, mesmo com o pedido de doação no convite, boa parte dos convidados acaba levando presentes para a criança também. Ou seja: além de ser presenteada, você ainda garante uma ação bacana.

Outra opção para quem deseja fazer uma iniciativa como essa, mas não necessariamente um chá é, depois do chá tradicional, separar os presentes recebidos e reunir aqueles repetidos ou que você sabe que não vai usar em tanta quantidade, e doar a quem precisa.

Ou então deixar a comemoração beneficente para outra ocasião, como o aniversário do filhote. Há mães que até os 2 anos da criança trocam os presentes por doações, já que nessa idade os pequenos ainda não têm muitas lembranças da festa. Depois, outra opção válida é propor a troca de um presente por uma doação: se a criança recebeu 20 presentes no aniversário, por exemplo, ela deve trocar 20 itens usados pelas novidades.

São formas diferentes não só de ajudar quem precisa, mas também de estimular o consumo consciente, valorizar o que já temos e evitar, sempre, o acúmulo de acessórios (e exagero nunca é útil!).

E você? Já fez uma comemoração beneficente com a família? Conta nos comentários como foi, vamos espalhar essa ideia incrível com outras famílias!

Veja também no vídeo abaixo: Decoração de chá de bebê – como fazer de maneira incrível!


 



Arquivado em: Chá de bebê Tags:

Comentários (1)

Trackback URL

  1. Melissa disse:

    Que legal este blog! Faz anos que faço a minha festa de aniversário assim e doa para uma Associação comunitária que faço parte. Acho que em ações como estas todos saem ganhando!

Deixe seu comentário