Azia na gestação: o que causa? Como aliviar? Quando procurar o médico?

Por 0 Comentários


As mudanças hormonais desencadeadas pela gravidez geram uma série de reações no organismo da mulher, durante os meses de espera do bebê. Entre elas está a azia. Sabe aquela sensação de queimação que vai da garganta ao estômago, e que gera até um gosto amargo na boca? Pois é, muitas grávidas relatam sofrer do problema. Com o desconforto, bastante gente se pergunta: afinal, como aliviar azia na gestação? Embora acabar de vez com ela não seja tão simples, há, sim, algumas medidas que podem amenizar o incômodo (te conto por experiência própria). Veja quais são a seguir.

Veja mais: A alimentação da grávida vegana

azia na gestação

Imagem: 123RF

5 formas de amenizar a sensação de azia na gestação

Cuide do que você coloca no prato

Alguns alimentos causam azia, mas vale saber que não existe uma regra: há alimentos que provocam azia em certas pessoas, e outros não. Por isso, o melhor a fazer é observar quando a sensação de azia aparece. É depois de comer algo específico? Então evite por um tempo o consumo desse alimento e avalie se o desconforto melhora. De maneira geral, alimentos gordurosos (como frituras e doces) e processados estão entre os maiores causadores de azia. Muitas pessoas também relatam ter a sensação após ingerir frutas cítricas e sucos.

Atente-se às refeições para aliviar a azia na gestação

Além dos alimentos, é preciso prestar atenção no horário e na frequência com que você se alimenta. Para se proteger contra a azia, o ideal é fazer refeições pequenas e frequentes. Essa medida evita o acúmulo de acidez no estômago, e portanto, previne o desconforto. A atitude também é muito recomendada para as gestantes, por impedir enjoos. Outras dicas são: não beber muito durante as refeições, para não distender a barriga; evitar comer muito à noite; e não se deitar logo após as refeições (pois todas essas atitudes podem desencadear azia).

Reveja hábitos

O primeiro deles é em relação ao tabagismo. Se você fuma, saiba que essa atitude é altamente prejudicial ao bebê, sem contar que é um fator desencadeante de azia. Portanto, ao engravidar, é fundamental abandonar o tabagismo. Mais uma atitude para colocar em prática e garantir mais saúde na gestação é evitar o uso de roupas apertadas. Peças que contraem especialmente a região da barriga acentuam a sensação de azia. E mais uma dica, agora para a hora de dormir: manter a cabeça elevada, por meio de um encosto com vários travesseiros, pode ser muito útil para aliviar a azia. O que acontece é que a gravidade ajuda a manter os ácidos no lugar (o estômago), colaborando para a digestão.

Que tal um chiclete?

Quando mascamos chiclete, estimulamos as glândulas salivares. A saliva, por sua vez, ajuda a neutralizar a acidez no estômago, e consequentemente, a sensação de azia é aliviada. Na hora de escolher o chiclete, opte por um sem açúcar, para não prejudicar os dentes. Contudo,vale saber que mascar essas gomas não é interessante para quem sofre de excesso de saliva, pois agrava a condição.

Procure um médico

Se a azia na gestação estiver muito forte e frequente, vale conversar com um médico. Nunca se automedique, pois alguns antiácidos (tipo de remédio recomendado para aliviar  azias) não são indicados para gestantes. Caso o sintoma venha acompanhado de refluxo, relate ao profissional, para indicar o tratamento mais adequado.

Vale saber que a azia na gestação, apesar de ser desconfortável, não gera complicações para a mãe e o bebê. O que vale ficar atento é que a sensação pode indicar que a alimentação não está adequada (lembra que ela pode ser provocada pelo excesso de alimentos gordurosos?). Portanto, cuide do que você ingere e não descuide do pré-natal, com acompanhamento de equipe de saúde, assim você garante mais bem-estar a você e ao bebê e evita ao máximo eventuais desconfortos causados pela gravidez.

Veja também: Livro de Gravidez: veja o livro que é sucesso entre as grávidas

E aproveite o vídeo:


 



Arquivado em: Gravidez Tags:

Deixe seu comentário