A rotina da manhã: por que ela é importante?

Por 6 Comentários


Hoje tem um post super importante para as mamães que enfrentam problemas de sono com os filhos em casa! E para aquelas que estão sentindo esse processo “desandar”, mas não sabem o porquê, também! Você já pensou na importância da rotina que mantém durante a manhã para o sono do bebê? Muito se fala sobre a rotina na hora de dormir, mas sobre essa, do momento de acordar, quase ninguém fala! Por isso, vale a leitura de mais um texto super bacana da nossa consultora de sono, a Michele Melão! Vem ver!

Por Michele Melão

Muitas famílias fazem um ritual de sono para as crianças – banho, massagem, alguma música relaxante, histórias… Enfim, algo que relaxe e sinalize para o filho que chegou a hora de dormir. Entretanto, existe uma rotina muito importante, a que poucas famílias se atentam – a rotina da manhã, que mostra para a criança que a noite acabou e devemos começar o dia!

Imagem: 123RF

A primeira pergunta dos pais deve ser: por que eu preciso fazer uma rotina de manhã?

Vamos pegar um exemplo de uma criança que às vezes acorda muito cedo. Durante a semana ela vai para a escola. Durante o fim de semana, os pais pegam essa criança e a levam para a cama deles, para esticar um pouco mais o sono. Outras vezes, se ela acorda mais cedo do que o normal, a criança sai do berço e vai para uma cama auxiliar, dormir com alguém, justamente para esticar um pouco o sono. Alguns pais ainda levam para a sala, ligam TV na madrugada, deixam a criança adormecer novamente no sofá ou mostram brinquedos (na tentativa de relaxar a criança) e trocam fralda. Isso pode causar uma confusão e ser o início de uma regressão de sono – ou seja, seu filho pode começar a acordar cada vez mais cedo, porque para ele não precisa estar claro para ter alguma atividade!

No caso do seu filho acordar às 5h e não conseguir manter o sono, tenha sempre a mesma atitude (que pode ser até levar para a cama dos pais, por mais alguns minutos de sono!), mas não fique mudando as estratégias. Acorde seu filho perto do horário correto (ex.: 6:30h) e comece a rotina do dia. Ao levar para a cama dos pais, a segurança da criança deve ser um ponto de atenção. A melhor opção é sempre deixar no berço, mesmo que o quarto seja compartilhado.

Se o horário de começar as atividades da sua casa durante a semana é 6:30h da manhã, a dica é: se seu filho acordar 6:30h aos finais de semana, comece sua rotina, porque já estará claro e é assim que o ciclo circadiano dele funciona.

A rotina da manhã ensinará seu filho a entender que o dia começou, e que ela deve acontecer sempre em horários aproximados. Isso fará com que o ciclo circadiano do seu filho seja sincronizado, com ele durma a noite noite, passe mais tempo acordado durante o dia e tenha horário para dormir e para acordar também. Ou seja, isso evitará diversos problemas de sono, e só ajudará o processo de sono do pequeno a se estabilizar.

Como fazer esta rotina?

Pode ser por meio de ações simples, como tirar seu bebê do berço, abrir as cortinas, trocar a fralda, mudar a roupa dele, colocar uma música (sempre a mesma) – sinais de que a noite terminou. Então leve seu filho para outro ambiente (cozinha ou sala), para que seja alimentado. Tais atitudes simples vão diferenciar bastante esse ritual do feito à noite, no qual geralmente há banho, luz baixa e a alimentação é feita em um ambiente bem calmo.

É importante salientar que a rotina da manhã não vai fazer seu filho acordar mais tarde. Ela vai evitar que problemas de sono, como o surgimento de “crianças madrugadoras“, se desenvolvam. Portanto, ela funciona mais como uma prevenção.

Além da rotina, existem diversos fatores que influenciam o sono das crianças, como as associações, hábitos da família e atividades diárias. Para resolver um problema de sono, todos os aspectos devem ser estudados, para que os pais descubram o que está errado e qual é a melhor forma para a família, e principalmente para o bebê, de tratar aquele problema.




Arquivado em: Cuidados diáriosSono do bebê Tags:

Comentários (6)

Trackback URL

  1. Ana Paula disse:

    Oi Nívea! Aqui em casa a rotina está clara para a Giovanna mas ela reluta em seguir! Temos algo como um “ritual”: acordar, arrumar a cama, lavar o rosto, escovar os dentes, tomar café da manhã. Mas como ela já está com 6 anos e não foi acostumada a realizar pequenas tarefas quando era mais pequena, atualmente ela resiste bastante em obedecer (a famosa teimosia). Então, estamos aos poucos insistindo para que ela faça as coisas que são importantes não só para a convivência familiar mas também para o próprio bem-estar. Beijos. Ana.

    • Michele disse:

      Oi Ana Paula, como vai?
      Com a idade da sua filha, um quadro com os passos da rotina e também um outro onde ela ganhe “prêmios” que podem ser adesivos dia a dia pode ajudar muito. Tente colocar alguma recompensa pra ela, depois de 15 dias seguidos seguindo a rotina (sem a teimosia). Ao final de 2 semanas ela já deve aceitar bem melhor.
      Existem também quadrinhos onde a criança tem as tarefas, e cada vez que ela fizer, ela também ganha a estrelinha. Na idade dela, o ideal é trabalhar com estímulos positivos.
      Um beijo
      Michele

  2. Elisângela disse:

    Oi tenho uma filha de 2 anos de idade que não dorme de dia porque ela fala que está de dia e não dorme a noite também.
    Ela acorda várias vezes chorando muito e com isso acaba acordando o irmão que tem 4 anos, já não sei mais o que fazer pois estou muito estressada por não consegui descansar.
    Será que ela pode ter alguma síndrome do medo,do sono alguma coisa assim já não sei mais o que pensar só sei que preciso de ajuda.
    Mesmo quando levo ela pra dormir comigo ela não dorme bem, será que sou eu que não consegui dar limites ou minha filha pode ter alguma coisa.
    Me ajude por favor ❣️

    • Michele disse:

      Olá Elisângela, como vai?
      Ela fala que tem medo? Dorme sozinha? Precisa avaliar todo o comportamento para saber o motivo desta resistência ao sono. Se a parte de saúde dela é ok, o sono é importante demais nesta idade. A maioria inclusive ainda precisa de uma soneca durante o dia (deixam de fazer depois dos 3 anos).
      Se nem com você ela dorme bem, não deve ser medo. Talvez excesso de cansaço por ela dormir mal durante a noite e não descansar nada durante o dia.
      Este excesso de cansaço forma um ciclo, onde a criança dorme cada vez com menos qualidade.
      Se estiver interessada em um acompanhamento para tentar melhorar o sono da sua filha, me escreva no michelemelao@maternitycoach.com.br e eu te mando os detalhes da consultoria.
      Um beijo
      Michele

  3. Denise disse:

    Olá! Tenho um bebê de quase seis meses e já não sei mais o que eu faço pra ele dormir melhor. Durante o dia eu ofereço a soneca assim que ele demonstra sinais de sono, mas ele luta contra e chora bastante até ser vencido pelo cansaço. A noite, ele parece um relógio, se não estiver no berço entre 19 e 20h, é show na certa. Até que ele pega no sono rápido, mas acorda a cada uma hora e meia no máximo, vamos até o quarto, colocamos a chupeta e essa saga continua até o amanhecer. Em breve volto a trabalhar e não sei mais o que fazer pra melhorar o sono dele!

    • Michele disse:

      Oi Denise, como vai?
      Algumas crianças na idade do seu filho, tem tanta curiosidade pelo ambiente, interagem tanto, que quando apresentam sinais de sono, já passaram do ponto e acabam lutando para fazer as sonecas. Eu sugiro você se antecipar um pouco a estes sinais para ver se ele dorme melhor durante o dia. De noite, veja como ele adormece. É sem ajuda? Ele tem associações de sono? isso faz toda diferença nos despertares.
      Se você tiver interesse em um acompanhamento, me escreva no michelemelao@maternitycoach.com.br e eu te mando os detalhes da consultoria.
      um abraço,

Deixe seu comentário