Uma das coisas mais difíceis para uma mãe que tem um bebê em casa é saber que ela acordará cedo todos os dias, faça chuva, faça sol, seja segunda-feira, domingo, ou feriado! E se já não é fácil passar por isso, imagine ter um bebê madrugador: que não acorda cedo, levanta com (ou antes) das galinhas!

Como muitas mães me escrevem pedindo ajuda com essa questão, combinei com a nossa querida consultora de sono, Michele Melão, um post especial com dicas para ajudar o bebê a acordar mais tarde. Confira a seguir, está incrível!

Por Michele Melão

Publicidade

Seu filho dorme bem durante a noite, e às 5h da manhã está pronto para começar o dia, mamar, brincar, sem qualquer sinal de cansaço? Porém às 7h está cheio de sono e precisa fazer a primeira soneca do dia, quando na verdade seria a hora ideal para acordar. Isso é familiar para você? Quem se identifica?

Imagem: 123RF

Imagem: 123RF

O post de hoje é para as mães que sofrem com esses bebês madrugadores. Mesmo sabendo que é bastante difícil esta “reprogramação” do relógio interno do bebê (e que alguns já nasceram madrugadores e não há nada que possamos fazer, a não ser esperar para que este hábito se ajuste naturalmente), existem dicas que você pode incorporar e que dão muito certo para diversas famílias. Quem sabe algumas delas não funcionam para você?

A primeira coisa a fazer é identificar e entender o sono do seu pequeno. Ele madruga e continua apresentando sinais de sono o dia todo? Dorme pouco para a idade, ou dorme as horas necessárias (porém o horário de acordar não é o ideal para o resto da família)? Sabendo a resposta, você pode tomar a atitude correta para mudar um pouco esta situação.

Ressalto apenas que estas dicas são apropriadas para bebês com mais de 6 meses, onde já existe alimentação sólida e o padrão de sono é mais definido.

– Não comece o dia do seu filho tão cedo! Se ele acordar, mas ficar no berço quieto, apenas brincando com as mãos ou com algum brinquedinho (se tiver idade para isso), não interfira! Só atenda a necessidade dele antes da hora, se ele chorar. Tente sempre começar certas atividades, como troca e alimentação, no horário adequado para sua família (uma vez que, fazendo isso no momento em que o bebê desperta, você irá reforçar o hábito de acordar muito cedo).

Publicidade

– Reveja quantas horas seu filho dorme durante o dia, já que, se ele dormir demais, irá certamente compensar esse tempo durante a noite (dormindo menos). Dormir pouco durante o dia é bastante prejudicial para o sono noturno; porém dormir demais também pode fazer com que o bebê madrugue. Pense em uma criança que precisa de 13 horas de sono, dentro das 24 horas do dia. Se ela faz duas sonecas de 2 horas, sobraram 9 horas de sono para a noite. Se essa criança adormecer perto de 20h, certamente estará totalmente descansada às 5h da manhã. Nesse caso, provavelmente limitar o sono diurno em duas sonecas de 90 minutos já faria com que o bebê dormisse uma hora a mais pela manhã. Lembre também que crianças até pelo menos 3 anos precisam de 10 a 11 horas de sono noturno!

– Seu filho não dorme nada durante o dia? A privação de sono diurno também pode ser prejudicial ao sono do bebê. Uma criança que luta para ficar acordada, que não descansa adequadamente durante o dia pode produzir cortisol, o hormônio do stress (exatamente para manter-se em alerta), podendo ser uma das causas do bebê despertar tão cedo.

– Não deixe que seu filho inicie sonecas depois das 17:30h. Alguns bebês fazem sonecas (longas) depois deste horário e, mesmo que durmam cedo, acabam despertando muito cedo também.

– Preste atenção ao ambiente de sono do seu filho. Existe algo que possa despertá-lo, como claridade ou barulhos externos? Neste caso, usar algum som estático que abafe os sons e cortinas mais escuras pode ajudar bastante.

– Você usa a melhor fralda noturna possível? Se a fralda vazar, seu filho ficará incomodado, e ter que trocá-lo depois das 4:30h da manhã pode ser muito estimulante (e ele poderá apresentar grande dificuldade para voltar a dormir).

– Seu filho sabe dormir sozinho? Tem bons hábitos de sono ou você o coloca no berço já dormindo? Uma criança que sabe dormir, que não precisa de ajuda para ligar os ciclos de sono, tem mais facilidade em continuar o sono depois das 4h da manhã. Dedique-se a ensinar seu filho a adormecer sem ajuda, tenha uma boa rotina e um ritual de sono consistente e isso poderá ajudar (muito) seu bebê a esticar o sono por mais horas seguidas.

Publicidade

– A alimentação do seu filho é ideal para o peso / idade / desenvolvimento dele? Se seu bebê acorda às 5h e tem fome, pode ser que a solução seja melhorar a alimentação durante o dia, ou mesmo introduzir uma mamada dos sonhos, perto de 23h. Para isso, é necessário pegar a aprovação do pediatra e testar alguns dias, para observar se essa mamada é suficiente para segurar a fome de seu filho até de manhã cedo.

Como sempre falo aqui no blog para as leitoras do Mil Dicas de Mãe, todas as tentativas de melhora no sono precisam ser feitas por vários dias seguidos, e esta recomendação é ainda mais indicada quando falamos de bebês madrugadores, que precisam mudar e firmar um novo padrão de sono.

michele melão selo