Monitor de dilatação pré-parto no celular

Por 2 Comentários


Esse mês saiu um artigo na BBC que achei muito curioso: foi criado em Israel um monitor de dilatação pré-parto do tamanho de uma moeda de 1 dólar, que é instalado no colo uterino e que transmite os dados por tecnologia Bluetooth a um receptor (que pode ficar no celular ou em uma pulseira da gestante, por exemplo). A ideia é permitir à mulher a monitoração da própria dilatação uterina nos momentos que antecedem o parto, para que ela possa ir à maternidade no momento ideal, sem ter que passar por tantos exames manuais (realizados normalmente por ginecologistas).

dilataçao

O dispositivo foi desenvolvido por Maayan Pokshivka, engenheira médica, como projeto de finalização de seu curso na Faculdade Afeka e demorou um ano para ser concluído. Segundo a diretora de projetos da Faculdade, o exame manual atual seria inexato, uma vez que se baseia em uma análise subjetiva por toque de quem está avaliando a gestante. O protótipo ainda precisa passar por testes clínicos e pelos entraves burocráticos, mas poderia ser liberado para comercialização em apenas um ano.

Por outro lado, o artigo cita a opinião de um especialista e professor da USP de Ribeirão Preto contrária ao dispositivo. Ele afirma que outros fatores devem ser avaliados no pré-parto além da dilatação, como a frequência e intensidade das contrações e o movimento de descida do feto. E que essa avaliação não poderia ser feita pela gestante, em casa.

Fiquei pensando se o dispositivo seria útil para as gestantes que pretendem realizar seu parto em casa, ou mesmo para aquelas que pretendem ir à maternidade, mas evitando procedimentos médicos desnecessários (e acho que para muitas mulheres um dispositivo desses seria bem interessante, até mesmo para diminuir a ansiedade nos últimos dias de gestação). Por outro lado, me pergunto se ele não estimularia uma falsa sensação de controle da situação pela grávida, que poderia ignorar outros sinais sobre a saúde do feto que precisariam ser avaliados. Como eu ainda não tenho uma opinião formada sobre o assunto, deixo a pergunta para vocês: o que acharam sobre o novo monitor? Será que ele seria mesmo útil? Você usaria um? Conta pra gente!

 




Arquivado em: GadgetsNovidades Tags:

Comentários (2)

Trackback URL

  1. Gercinara disse:

    Achei interessante, concerteza acho que seria sim util. Usaria tranquilamente pra mim ajudar a ir pra maternidade!

  2. Andréa Lopes disse:

    Até parece interessante, mas, um detalhe foi esquecido: se é aplicado no colo uterino e na hora da passagem do bebê, será que não teria problemas para a saúde do bebê ou correria o risco de machucar o bebê que tem a pele fininha e delicada? E o que acontece com o dispositivo na hora do parto, na hora do nascimento do bebê? Ele sai? É expulso antes da passagem do bebê ou deve ser retirado às pressas para não ter nenhum tipo de risco para o bebê? Nem sempre daria tempo, tem criança que nasce mais rápido e outras demoram um pouco mais… E que tipo de material é usado, será que não solta nenhum tipo de substância que possa ser prejudicial para o bebê? Acho bom pensar em todas as hipóteses para não botar nem a mãe e nem o bebê em risco desnecessário…

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail