Mais dicas sobre desfralde

Por 9 Comentários


Depois que publiquei um post sobre como tirar a fralda do bebê, recebi muitas mensagens, algumas dizendo que as dicas tinham facilitado o desfralde dos filhotes, outras em que as mães contavam que estavam desanimadas com o processo. Eu sei, eu sei… Cada criança é única, e algumas terão maior dificuldade para dormir, outras para comer, outras para tirar a fralda. Eu também sei que depois do quinto xixi do dia fora do troninho, você reza pedindo paciência aos céus, porque naquele momento você acha que o problema não terá fim! Mas a primeira coisa em que você precisa acreditar (e pode acreditar, vai por mim) é que tudo passa e quando seu filho for adolescente, todas as dificuldades da primeira infância serão motivo de saudades.

Relendo o primeiro post sobre o assunto, percebi que não comentei sobre coisas que facilitaram MUITO o desfralde diurno. E uma delas foi justamente a dica de uma amiga muito querida, que tinha passado pela retirada da fralda da filha há pouco tempo: o troninho itinerante! Sabe aqueles primeiros dias do desfralde, em que o bebê sai fazendo xixi pela casa inteira? Então, você pode reduzir pela metade os acidentes se deixar o troninho na sala (ou no quarto, ou na cozinha, ou seja, no cômodo em que você está naquele momento com o bebê). Na primeira semana do processo aqui em casa, o peniquinho nos seguia pela casa toda. Porque a verdade é: não dá tempo de chegar ao banheiro!!! O bebê não está acostumado a segurar o xixi, e é justamente esse o aprendizado que ele terá pela frente. Você acha que ele vai sentir aquela vontadezinha e falar: “Mamãe, quero ir ao banheiro!”? Não, a maioria dos pequenos não vai, pelo menos não no início do processo (mesmo que com a fralda ele dissesse as palavrinhas mágicas: cocô e xixi; porque a maior parte dos bebês fala isso logo depois de ter feito na fralda). Mas se você deixar o troninho ali do lado, à mão e no campo de visão do filhote, ele se lembrará mais facilmente de que está na hora de sentar e liberar o xixi. E depois que o bebê começar a compreender melhor como tudo funciona, você leva o troninho de volta ao banheiro (porque aí sim ele conseguirá segurar). Aqui em casa, depois de uma semana o troninho retornou ao seu local de direito!

A outra dica que ainda não havia contado é sobre uma fase posterior do desfralde. Sabe quando você acha que finalmente está tudo sob controle e o filhote volta a fazer xixi por aí? Pois é, acontece. Depois de cerca de um mês do início do desfralde, Catarina passou por uma (pequena, que bom!) fase de: “vou fazer xixi onde eu quiser”. Pode??? Talvez ela estivesse no momento de reafirmar suas vontades e usou justamente o xixi para isso ou queria voltar a ser a bebê da mamãe (até hoje ela não gosta muito quando eu a chamo de menininha – ela replica: “não, mamãe, sou bebê!”). O fato é que fazia de conta que tinha esquecido de usar o troninho ou o redutor de assento. Conclusão: mamãe disse que a cada dia sem acidentes com o xixi, Catarina ganharia um adesivo para colar no banheiro. Quantos dias mais você acha que minha filha levou para voltar a fazer o xixi no peniquinho? Nenhum!!! Fica a dica para os filhotes maiorzinhos que não curtem a ideia do desfralde, mas que são bem sabidinhos para aceitar uma troca pelo xixi e cocô no lugar certo!




Arquivado em: Cuidados diáriosDesenvolvimento Tags:

Comentários (9)

Trackback URL

Sites que possuem links para este Post

  1. Como tirar a fralda do bebê - dicas de desfralde - Mil dicas de mãe : Mil dicas de mãe | 19 de abril de 2013
  1. Daniela disse:

    Menina…. nem me fale….
    Essa dica do troninho itinerante é boa… eu mesma escrevi há 3 dias sobre isso, falando que não achava certo o penico na sala e que tinha pedido para a minha mãe deixar no banheiro… imagina! dois dias depois pedi desculpas e disse que voltasse o troninho para sala, para onde ela quisesse!!!

    A dica do pós-desfralde é boa tb!!! Excelente saber disso. A gente fica tão aliviada qdo o desfralde acontece (eu imagino), que deve esquecer que o bebê pode voltar a fazer xixi erradinho… normal.

    Agora, a Catarina querer ser bebê é o máximo, não?!?!?!?! =) ADORO!!!!

    Beijos!!!!

    • Nívea Salgado disse:

      Querida, lembrei de você quando estava escrevendo esse post! Li o post do desfralde da Laura e sei bem que o começo é chatinho mesmo.
      Sabe que quando pensei em colocar o penico pela primeira vez na sala, fiquei em conflito. Puxa, mas será que é legal mesmo? Ela não deveria aprender desde o começo que o penico fica no banheiro? Mas é isso que você disse: depois de cinco xixis no chão, você se rende! E depois ele volta para o banheiro, sem encanações! Acho que às vezes a gente sofre à toa, sem precisar.
      Grande beijo!

  2. Kezia disse:

    Olá, faz duas semanas q comecei a fazer o desfralde com minha filha de 2anos e 2 meses e tenho duas duvidas, que eu espero q alguém possa me ajudar…
    Primeiro q ela não quer fazer coco na privada de jeito nenhum, o xixi ela até avisa, mas o coco fica quietinha e qdo pergunto ela não quer, pede pra fazer na fralda, o a eu faço?!
    E tb qdo eu saio, como levar ela ao banheiro, sem encostar nas privadas sujas?
    Obrigada!

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Kezia, tudo bem?
      Pois é, tem que ter muita paciência mesmo!
      Primeira dúvida: vc está usando redutor de assento na privada? Ou troninho? Porque minha filha se acostumou muito mais ao troninho no começo! A privada pode ser meio intimidadora, sabe? Acho que vale a pena começar com o troninho, até porque ela terá mais força para fazer o cocô.
      Sobre sair e levar em banheiro público, é outra dificuldade. Ganhei de uma amiga uns protetores de assento adesivos, que você cola no vaso sanitário, a criança senta, e depois você joga fora. Eram super práticos, mas nunca vi vender no Brasil (ela trouxe dos EUA). Aqui o que já vi e que pode ajudar são uns redutores de assento dobráveis (da Nuk, por exemplo), que você pode levar na bolsa. Mas tem que chegar em casa e depois limpar bem, né? O ideal é colocar num balde com um pouco de cândida.
      Espero ter ajudado!
      Grande beijo,
      Nívea

  3. Fabiola Saito disse:

    Usei esse truque do adesivo com minha filha q estava com dificuldades pra fazer o coco no pinico ou no vaso!, Por enquanto tem dado certo….. claro q nw é assim senta e sai!!kkk Umas boas meia hora sentada ao lado dela, conversando, contando historias…. kkkk e quando ela se distrai relaxa e acaba fazendo coco!!! Depois disso ela mesma fica maravilhada com a façanha!!!kkkk uma boa festinha e muitas vibrações,,, depois se limpar, dar o tchauzinho básico pro coco(mal sabe ela a quantidade de bactéria q sai do troninho qdo damos a descarga) enfim,,, lavamos as mãos e vamos la escolher o adesivo q ela vai colar no cartaz q fica no banheiro!!!!! Uma estrelinha a cada vez que fizer coco!!
    Tem funcionado bem, já estamos com 3 estrelinhas,,,,, e ela mesma se incomodando em fazer coco na fralda!!!

  4. Simone Moreira disse:

    Boa noite! Estava lendo os comentários e só tem depoimentos de desfralde de meninas, tenho um filho de 2 anos e 10 meses e estamos com dificuldades em desfrada- lo pois ele ainda não fala direito, só algumas palavras, quando quer fazer xixi ele pede mais ainda faz coco na cueca, lembrando que estamos usando o redutor de assento, o que eu faço, se alguém puder me ajudar eu agradeço..

  5. Solange disse:

    Boa tarde, estava lendo os posts de vocês, estou com dificuldade para fazer com que minha filha de 2 e 4 meses peça para ir fazer xixi, tenho que ficar sempre perguntando vamos ver se tem xixi filha? e as vezes ainda recusa quando menos espero fez xixi no chão, olha para e diz mamãe fiz XIXI, tirei a fralda dela com dois anos, para fazer cocó ela pede e para fazer xixi esta complicado, já tentei recompensas com adesivos, com calcinhas da peppa e ainda nada, o estranho que na escola as vezes ela pede e as vezes vem com uma ou duas peças de roupas molhada,ela não tem dificuldade para fazer as necessidades dela no vaso, ela não tem receio ela faz tranquilo, só não consegue pedir para fazer o xixi, ou colocar a mão na frente, fazer um sinal seria excelente.Agora vou tentar usar o Peniquinho na sala e vamos ver se tenho resultado. Adoro esse blog, obrigada por nos passar tantas informações e dicas importantes.

    • Nívea Salgado disse:

      Oi, Solange,

      Essa fase do desfralde é mesmo um desafio, não é? Aos poucos, suas filha irá adquirindo o controle do xixi, não se preocupe. É importante dar tempo a ela, e não se preocupar demais com o processo.

      Coloque o peniquinho perto dela, para que ela vá se lembrando de fazer o xixi durante a brincadeira. Parece que ela se distrai e esquece (e enquanto você não nota que ela adquiriu maturidade para se controlar, vá falando com ela, perguntando, como tem feito). Boa sorte!

      Beijos!

Deixe seu comentário

Receba nossas dicas por e-mail