Enjoos matinais no Início da gravidez: Nós sabemos que não é fácil lidar com todos os sintomas causados pelas mudanças de hormônios no início da gravidez, já que são muitas sensações novas e diferentes.

Um dos sintomas mais comuns no começo da gestação são os enjoos matinais, que incomodam a grande maioria das mulheres. Mas como amenizar esse problema?

Vamos te dar as melhores dicas para combater esses enjoos, que são péssimos! Vamos ver abaixo?

Boa leitura!

Publicidade
Enjoos matinais no Início da gravidez

Mulher grávida passando mal, com enjoo. Crédito da foto: Freepik

Início da gravidez: Dicas para combater os enjoos matinais

Primeiramente, saiba que o enjoo na gravidez é um sintoma normal e pode ser tratado com medidas simples e caseiras como mastigar um pedacinho de gengibre, beber uma limonada ou chupar picolé de limão, por exemplo.

O enjoo matinal é geralmente um dos primeiros sintomas da gestação. Podem começar já na 5ª semana da gravidez e geralmente melhoram em torno da 16ª semana.

Eles são um dos sintomas clássicos da gestação, acometendo de 70% a 80% das gestantes, em diferentes graus de intensidade e duração.

Podem ser um mal-estar leve ou vir acompanhados de vômitos e cansaço, tornando o período em que duram bem penoso.

Geralmente, o enjoo é mais frequente pela manhã ou pode ocorrer várias vezes ao dia e estar associado a vômitos.

Publicidade

Esse desconforto pode ser sentido pela maioria das grávidas no primeiro trimestre e tende a desaparecer após essa fase da gestação.

No entanto, em alguns casos, o enjoo também pode durar toda a gravidez.

Quando os enjoos são muito persistentes e provocam vômitos constantes deve-se informar ao médico obstetra, para que possa receitar um remédio para enjoo porque é importante que a grávida esteja bem nutrida e bem hidratada para o seu bem-estar e desenvolvimento do bebê.

O que causa o enjoo e os vômitos?

Durante a gestação uma séria de alterações ocorrem no organismo materno. O estômago produz mais ácido, a digestão se torna mais lenta, por exemplo. Além disso existe uma grande alteração hormonal.

Acredita-se que os enjoos e vômitos tenham uma relação com os níveis do hormônio beta-hCG (o mesmo que o utilizado no teste de gravidez de sangue).

Sabe-se que quanto maior o nível de bata-hCG maior a chance da ocorrência de náuseas e vômitos durante a gestação.

Publicidade

Os enjoos e vômitos podem ser um problema?

Geralmente não, apesar de comuns não costumam prejudicar a evolução da gravidez. Entretanto, caso a frequência dos vômitos seja muito alta, isso poderá caracterizar um problema chamado hiperêmese gravídica.

A Hiperêmese gravídica é quando os vômitos se tornam tão frequentes que causam desidratação e alterações eletrolíticas.

Geralmente, o médico poderá prescrever medicações para a redução dos sintomas.

Enjoos matinais no Início da gravidez

Grávida com a mão na barriga. Crédito da foto: Freepik

Algumas formas naturais para aliviar os enjoos no início da gravidez são:

1. Beba chá de gengibre

O gengibre possui propriedades antieméticas que podem reduzir o enjoo causado pela gravidez, além de ajudar na digestão e diminuir a irritação da parede do estômago.

Uma ótima forma de consumir o gengibre e reduzir os sintomas de enjoo, é beber o chá de gengibre, mastigar um pedacinho de gengibre pela manhã ou chupar uma bala de gengibre.

Para fazer o chá de gengibre basta colocar 1 cm de gengibre em 1 xícara de água fervente e deixar por alguns minutos. Depois, tire o gengibre, deixe amornar e beba em seguida.

Ou, se preferir, você pode comer um pedacinho de gengibre ou chupar balas de gengibre, pois isso ajuda na hora da digestão, diminuindo a irritação da parede do estômago.

Resumindo, muitos estudos mostram que é seguro usar o gengibre na gravidez desde que não ultrapasse 1 grama de gengibre por dia.

Porém, o gengibre deve ser evitado se estiver próximo ao parto ou em mulheres com histórico de aborto, problemas de coagulação ou que tenham risco de hemorragias.

2. Chupe picolé de limão

Dando continuidade, outra dica boa é chupar um picolé de limão ou beber uma limonada, geralmente, ajuda muito a diminuir o enjoo na gravidez.

Em alguns casos, principalmente para a grávida que não estiver conseguindo se alimentar por causa do enjoo ou que apresenta vômito, uma boa opção é cheirar o limão ou o óleo essencial de limão para ajudar a reduzir o desconforto.

3. Coma alimentos frios

Os alimentos frios como iogurte, gelatina, picolé de fruta ou saladas ajudam a aliviar o enjoo na gravidez, além de serem leves e de fácil digestão, pois durante a gravidez a digestão é mais lenta devido às alterações hormonais, o que pode provocar mais enjoo.

Outra opção que pode ajudar a aliviar o enjoo é tomar água gelada ou chupar gelo.

4. Coma bolacha de água e sal

A bolacha de água e sal é de fácil digestão, sendo uma boa forma de reduzir o enjoo matinal provocado pelo estômago vazio e pode ser consumida logo ao acordar, antes de se levantar da cama.

5. Beba 2 litros de água por dia

A ingestão de líquidos durante o dia e em pequenas doses pode ajudar a aliviar os enjoos além de manter o corpo hidratado e reduzir a retenção de líquidos.

É importante tomar pelo menos 2 litros de água por dia, mas algumas mulheres podem apresentar náusea ao tomar água e, assim, pode-se adicionar à água uma rodela de limão ou raspas de gengibre, por exemplo.

Outra opção é consumir suco de frutas como banana, melancia, abacaxi ou limão, chás como chá de gengibre ou de hortelã, água de coco ou água com gás, que também podem ajudar a aliviar o enjoo.

Uma boa opção para consumir líquidos e aliviar o enjoo é fazer um suco de banana com limão e água de coco.

Para fazer este suco, basta colocar no liquidificador 1 banana madura em rodelas com o suco de 1 limão e 250mL de água de coco. Em seguida, bata tudo e beba!

Mulher grávida sentada na beira da cama com a mão na barriga. Crédito da foto: Freepik

Início da Gravidez – Como diminuir os enjoos?

6. Faça refeições pequenas de 3 em 3 horas

O estômago vazio piora a náusea, por isso evite ficar muitas horas sem comer. Coma com intervalos curtos e regulares, nem que seja uma fruta ou uma barrinha de cereal.

7. Pratique exercícios de acordo com a indicação médica

Por fim, todos sabemos que se movimentar é sempre bom, colaborando com a qualidade de vida e o bem estar físico e mental.

E isso não seria diferente durante a gestação, não é mesmo? Mas vale lembrar que é importante consultar o seu médico primeiro para ver o que está liberado!

Algumas atividades físicas leves são ótimas para as futuras mamães, como caminhadas, yoga, pilates, hidroginástica, etc.

Elas melhoram os movimentos gastrointestinais e liberam endorfinas que são substâncias que dão sensação de felicidade.

Como evitar os enjoos matinais no início da gravidez?

Enjoos matinais no Início da gravidez: Algumas formas de prevenir o enjoo ou evitar que o desconforto piore incluem também outros cuidados simples porém eficazes, como:

  • Comer em intervalos curtos a cada 2 ou 3 horas e em pequenas quantidades;
  • Comer alimentos ricos em vitamina B6 como banana, melancia, castanha ou cenoura cozida, por exemplo;
  • Evitar alimentos muito temperados e apimentados;
  • Evitar cheiros fortes como de alimentos quentes, perfumes, sabonete do banho ou produtos de limpeza, por exemplo.

Além disso, a acupuntura, uma terapia milenar chinesa, feita com a aplicação de agulhas específicas bem finas no ponto P6 Neiguan, localizado no pulso, pode ser um tratamento eficaz para evitar ou aliviar o enjoo na gravidez.

Outra opção para estimular esse ponto no pulso é usar a pulseira anti-enjoo que pode ser comprada em algumas farmácias, drogarias, lojas de produtos para grávidas e bebês ou pela internet.

Esperamos que tenha gostado desse artigo! Seguindo todas as dicas acima, temos certeza que o seus enjoos matinais irão melhorar bastante.

Você já escolheu o nome do seu bebê? Então confira nosso artigo com opções de nomes lindos e bem diferentes, com significados únicos e especiais!

Veja também quais são os melhores alimentos para se comer na gravidez, quais devem ser evitados, além de dicas de como evitar o ganho de peso.

Até a próxima!