Os preparativos para a chegada do bebê devem estar a todo vapor, são tantas decisões que às vezes os papais podem ficar indecisos sobre o que é melhor para o bebê. Hoje vamos falar sobre os tipos de berço.

Uma dessas coisas que geram várias dúvidas é sobre qual tipo de berço escolher, são tantas opções que qualquer um fica nessa indecisão.

Mas cada berço corresponde a diferentes necessidades, sendo importante pesquisar suas funções para encontrar o que melhor corresponda com as necessidades apresentadas. 

Bebê no berço

Bebê no berço – Foto: Freepik

Publicidade

Se você precisa escolher um berço, mas não sabe nem por onde começar, então esse artigo é para você. 

Considerações antes de escolher um berço 

Uma forma de facilitar na escolha de um berço é fazendo algumas considerações. É sempre bom saber qual é o orçamento disponível para a compra, pois o mercado oferece uma grande variedade de berços com valores bem diferentes entre si.

Outro fator importante é saber qual o espaço disponível para o berço, assim você já sabe qual o tamanho melhor corresponderá com o espaço.  

Os berços também correspondem a necessidades diferentes. É importante saber qual será o ideal para o estilo de vida da família. Alguns berços também têm uma vida útil menor, mas podem ser fundamentais para adaptação dos primeiros meses do bebê. 

Mas o mais importante na hora de escolher um berço é a segurança do bebê, então sempre procure se o berço possui selo do Inmetro, uma garantia de que o produto passou por teste e garante uma maior segurança. A segurança deve ser sempre o principal critério, que de forma alguma se deve abrir mão. 

Berço americano 

Berço americano

Berço americano – Foto: Freepik

Publicidade

O berço americano é um dos tipos de berço do estilo clássico, costuma ser um dos preferidos entres os pais. Como ele possui uma medida padrão, fica mais fácil encontrar roupa de cama e kits para o berço.

Diferente do berço nacional que mede 1,30m por 60 cm de largura, o americano mede 1,30m por 70 cm de largura, o que faz com que suporte uma criança maior. Mas para aqueles que estão sofrendo com a ausência de espaço, o nacional pode ser uma boa opção. 

Esse tipo de berço é muito fácil de encontrar, como também os acessórios, já que ele representa o tamanho padrão do mercado.  

Berço acoplado 

Ele é um mini berço que serve como extensão da cama dos pais. Esse berço fica acoplado ao lado da cama, sendo uma opção para quem busca conforto e proximidade com o bebê, já que é possível ficar do ladinho do bebê, mas cada um no seu espaço, ele também é prático sendo muito fácil o seu transporte, o que é uma boa opção para viagens. 

Esse é um berço pequeno e seu uso é indicado para os primeiros meses do bebê, então de acordo com o seu crescimento, será necessário a troca do berço. 

Moisés 

Esse é um dos tipos de berço mais indicados para recém-nascido. Diferente do acoplado, um moisés comum tem um valor bem inferior, sendo opção para quem busca um preço mais acessível.

Publicidade

Esse berço é bastante charmoso, costuma ser em formato de cestinha e com alças resistentes que permitem uma locomoção com o bebê.  

Berço cegonha 

O berço cegonha é feito para facilitar a transição do bebê, já que esse formato simula os movimentos do útero. Esse é um berço pequeno, indicado para os primeiros meses e é uma ótima forma para manter o bebê tranquilo e relaxado. O berço é instalado no teto, o que permite seu movimento. 

Mini berço 

Berço

Berço – Foto: Freepik

Ele tem uma estrutura de um berço comum, mas com o tamanho pequeno. Esse berço é uma graça e cheia de delicadeza. É um berço indicado para os primeiros meses do bebê, o que faz com que seja necessária uma troca por um maior. Mas como os primeiros meses exigem mais a presença dos pais, este berço pode ser um “quebra galho”, já que por seu tamanho reduzido permite uma maior adaptação em diferentes locais. 

Berço portátil 

O berço portátil é um grande aliado de famílias que estão sempre viajando. Ele é leve, fácil de desmontar e montar, costuma possuir rodinhas e uma bolsa para guardar o berço durante as locomoções.

Alguns modelos também podem virar um cercadinho, o que serve como um lugar seguro para o bebê brincar.  

Mesmo sendo um berço prático, ele não é indicado para ser o permanente do bebê. Ele não é tão resistente como os tradicionais, outro problema é que ele pode ser um tanto desconfortável, já que esses berços costumam possuir um colchão muito fino. Uma solução para o conforto é procurar fazer a troca por um colchão mais confortável.

Tipos de berço – Berço multifuncional 

Esse é um dos tipos de berço do estilo multifuncional, pois oferece várias formas de montar um quarto. Ele costuma acompanhar sempre algum acessório como cômoda, trocador e cama auxiliar.

Também é ótima para quem quer montar um quarto, mas não possui um grande espaço, já que como a maioria desses berços são acoplados com os outros itens, atendendo com as necessidades de muitos pais. 

Os acessórios que compõem os berços funcionais são de grande auxílio, a cômoda vai ser ideal para guardar os pertences do bebê, o trocador facilita os cuidados básicos e a cama auxiliar pode ser usada quando o bebê crescer.  

Tipos de berço – Berço cama 

Berço cama

Berço cama – Foto: Freepik

Esse berço também possui uma grande vantagem, ele pode virar uma cama, o que pode ser bem funcional para aquelas famílias que não querem trocar de móvel quando o filho crescer. O berço cama tem uma vida útil maior, já que ela vai acompanhar o bebê durante seu crescimento.  

Tipos de berço – Berço de vime

O berço em vime é um charme à parte, é um verdadeiro encanto e ótimo para quem quer uma decoração rústica. Outros móveis como o moisés também podem ser encontrados no mesmo material. 

Tipos de berço – Berço com rodinha 

Com as rodinhas, esses berços facilitam a locomoção. O que é bom para quem gosta de levar o berço para outros cômodos, as rodinhas também facilitam a limpeza do quarto, já que permite movimentar o móvel. É importante procurar um berço com segurança, em que as rodinhas sejam estáveis e com lacre de proteção.