Antes de escolher um nome, muitos pais procuram por aquele nome que possua um grande significado. E um dos melhores lugares para encontrar um nome é na bíblia. Conheça os principais nomes masculinos bíblicos.

São várias opções de nome para o seu bebê, desde dos mais clássicos aos que não são tão populares.  Um nome bíblico também é uma boa forma de manifestação da fé para os devotos da religião. 

Bebê deitado

Bebê deitado – Foto: Freepik

Então, se você procura um belo nome bíblico, não pode deixar de conferir essa seleção de nomes masculinos e seus significados.  

Publicidade

Nomes masculinos bíblicos – Áquila: “Águia” 

Bebê sorrindo

Bebê sorrindo – Foto: Freepik

Áquila não é um personagem bíblico famoso, o seu nome pode até passar despercebido, já que sua passagem pela escritura é curta. O nome surgiu por um apelido romano que significa “águia” em latim. Áquila também é o nome de uma constelação do Equador celeste.  

Na bíblia, Áquila foi um fabricante de tendas, ele e sua esposa Priscila foram um dos primeiros cristãos evangelizados por Paulo. Áquila também foi um dos setenta discípulos. Esse é um dos nomes masculinos bíblicos mais incomuns.

Nomes masculinos bíblicos – Benjamim: “Filho da felicidade” 

Benjamim é um dos nomes bíblicos não tão populares no Brasil, mas vem ganhando notoriedade nos últimos anos. O nome deriva do hebraico Beyamin, formado pela junção dos termos bem que significa “filho”, e yamin “mão direita”. Benjamim possui alguns significados como “filho da felicidade”, “filho da mão direita”, “o bem-amado” ou “filho da força”.  

Pelas passagens bíblicas, Benjamim é fruto do relacionamento de Jacó com Raquel, que morreu após o parto. Raquel ainda chegou a nomear o filho de Bem-Oni, que significa “filho da minha dor”, mas o nome foi substituído por Benjamim pelo seu pai. 

Nomes masculinos bíblicos – Davi: “O amado” 

Menino deitado

Menino deitado – Foto: Freepik

Publicidade

Esse é um personagem bíblico muito conhecido, mesmo para aqueles que não são devotos da fé cristã. Ele é famoso por sua história de bravura, principalmente ao enfrentar e vencer um gigante. Ele foi ungido rei de Israel pelo profeta Salomão, e foi perseguido pelo rei Saul. Davi também é uma famosa escultura do artista Michelangelo, uma obra que possui 5,17 metros de altura.  

O nome Davi tem origem do hebraico Dawid, com o significado de “o amado”, “o predileto” ou “o bem-amado”. Davi era conhecido como “um homem segundo o coração de Deus”. 

Esse é um dos nomes masculinos bíblicos mais comuns.

Joabe: “Deus é pai” 

O nome Joabe é originário do hebraico Yo ́ab ou Yoav. É um nome que possui um forte significado como “Deus é pai”, “aquele que é voluntarioso” ou “paternal”. Joabe é um personagem bíblico do velho testamento. Era filho de Zeruia e serviu o rei Davi, seu tio por parte materna, sendo um dos mais fiéis em seu reinado. O nome possui outras variações, como Joab e Joabi. 

João: “Agraciado por Deus” 

nomes masculinos bíblicos

Menino alegre com colher – Foto: Freepik

João surgiu do hebraico Yehokhanan,  que é a junção de dois termos, Yah que significa “Jeová” e hannah, que é “graça”. O nome significa “agraciado por Deus”, “Deus é gracioso”, “a graça e misericórdia de Deus” ou “Deus perdoa”. 

Publicidade

João é um nome bastante popular, principalmente pelos grandes personagens bíblicos que receberam esse nome. Uma dessas grandes personalidades foi João Batista, filho de Zacarias. João Batista foi um grande profeta que anunciava a vinda do Messias. Ele também foi o responsável por batizar Jesus.  

Outro João que também possui sua fama é o apóstolo, que escreveu alguns livros no novo testamento. João era um dos discípulos mais próximos de Jesus, sendo conhecido como o discípulo amado. João participou dos principais fatos bíblicos, como a crucificação de Cristo e sua transfiguração.  

Esse é um dos nomes masculinos bíblicos mais comuns.

Joaquim: “Jeová estabeleceu” 

Joaquim é um nome de origem hebraica, ele deriva do Jehoiachim, que é a junção dos termos Yahweh, que significa “Jéova”, e de quwm “estebelecer”. O nome significa “Jeová estabeleceu” ou “Deus construiu”. Nas histórias bíblicas, Joaquim foi um dos reis de Judá. 

  • Conheça também: Nomes mexicanos: populares, diferentes, modernos e tradicionais.

Jonas: “Pombo” 

nomes masculinos bíblicos

Bebê chorando – Foto: Freepik

O nome surgiu do hebraico Yonah, que quer dizer “pombo”, o nome também pode significar “pacifico” ou “meigo”. Jonas é conhecido na bíblia como o profeta fujão, já que ao desobedecer a uma ordem de Deus, ao tentar se esconder, acaba dentro de uma barriga de um grande peixe.

Ele passa três dias e três noites dentro da barriga do peixe. Depois de se arrepender e pedir perdão a Deus, Jonas é lançado para fora do peixe totalmente ileso. Após desobediência, Jonas cumpre a ordem de Deus e leva a mensagem ao povo de Nínive. 

Natan: “Presente de Deus” 

De origem hebraica, o nome surgiu de Nathan, que deriva do termo nathá, que quer dizer “ele deu”. O nome significa “presente de Deus”, “dádiva”, “dom” ou “graça enviada pelo Pai”.  

Natan é citado na bíblia tanto no velho como no novo testamento, mas o personagem mais conhecido foi o profeta Natan. O profeta Natan tem grande participação na vida do rei Davi, ele é usado por Deus para confrontar Davi sobre os seus pecados de adultério com Bate-Seba e o assassinato de seu marido. Ele é também o profeta que proclama Salomão como rei de Israel.  

Samuel: “Nome de Deus” 

nomes masculinos bíblicos

Bebê deitado feliz – Foto: Freepik

É o nome que surgiu do hebraico Shemu’el, que quer dizer “seu nome é Deus”. O nome também possui outros significados como “nome de Deus”, “Deus ouve” ou “pedido a Deus”. 

Samuel foi um grande profeta, e sua história começa antes mesmo do seu nascimento. Ana, a mãe do profeta, não conseguia gerar um filho, o que era uma grande aflição em sua vida. Ana então faz um voto para Deus, se o senhor lhe desse um filho, ela o entregaria ao Senhor. Deus lhe concede esse pedido, e Samuel cresce para servir ao Senhor. Samuel foi o profeta que ungiu dois reis, o rei Saul e o rei Davi. 

Silas: “Habitante da floresta” 

Silas é originário do grego Silouanos, que deriva do latim Silvanus e significa “habitante da floresta”. Silas é conhecido na bíblia como acompanhante de Paulo em suas viagens missionárias.

O episódio mais conhecido sobre Silas na Bíblia é quando ele e Paulo são presos em Filipos. De acordo com a bíblia, por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam, até que um terremoto fez com que as celas dos prisioneiros abrissem.