O termo telarca pode assustar um pouco. Mas, dentro do linguajar médico ele significa o desenvolvimento dos seios das meninas, que costuma acontecer depois dos 8 anos de idade. Quando a menina já apresenta outros sinais da puberdade e surtos de crescimento. Porém, a telarca precoce, que significa o crescimento das mamas antes do esperado, pode ser diagnosticada em meninas com menos de três anos de idade. 

Leia abaixo mais detalhes sobre a telarca precoce, causas e tratamento. 

 

Como acontece a telarca precoce e em que idade

Meninas com telarca precoce costumam apresentar um desenvolvimento pequeno dos seios, até dois centímetros, com três anos ou menos. Diferente da telarca padrão, na faixa etária dos 8 anos, elas não apresentam nenhum outro sintoma de puberdade ou surto de crescimento. 

Publicidade

Inclusive, os seios podem não sofrer alteração nenhuma num período de até um ano e até mesmo diminuir. O oposto do que costuma acontecer na fase da puberdade, em que as mamas apresentam diferença em um período de 4 a 6 meses. 

A telarca precoce não altera o período menstrual, ou seja, a menina não sofre risco de menstruar antes da idade esperada, e pode se manifestar dos dois lados ou em apenas um seio. 

 

As causas mais comuns para o desenvolvimento precoce 

  • Exposição a estrogênio externo: hormônio feminino que pode ser encontrado em cremes vaginais, tonificantes capilares, contraceptivos, alimentos com soja, frango, etc. O contato pode acontecer por falta de higiene nas mãos de quem cuida do bebê. 
  • Cistos nos ovários: em alguns casos de telarca precoce, é comum observar cistos nos ovários das meninas. A causa se justifica porque esses cistos liberam hormônios, que podem afetar as mamas. 
  • Puberdade precoce: o crescimento dos seios pode ser, na verdade, um dos primeiros sintomas da puberdade precoce. O fenômeno é comum em algumas crianças e deve ser tratado por um endocrinologista. 

Em todos os casos o sintoma é o aumento dos seios, cerca de 1 cm a 2 cm, doloroso ao toque e algumas vezes assimétrico. 

 

Diagnóstico e tratamento da telarca precoce 

Caso o desenvolvimento aconteça antes dos 3 anos, a probabilidade de puberdade precoce é baixo. Então a primeira coisa a se fazer é ter a menina em observação, para não perder nenhuma alteração no caso.

Publicidade

Além disso, os médicos podem pedir exames de sangue para ver os níveis hormonais. Assim como um raio-X da mão esquerda para ver a idade óssea da paciente. 

Caso a telarca precoce for confirmada, não há tratamento específico para o caso. É necessário apenas manter o acompanhamento médico, para que caso mude repentinamente. É pouco provável que a criança tenha complicações maiores por causa da telarca precoce, como puberdade precoce por exemplo.