Se você tem o sonho de ter gêmeos, há algumas coisas que você pode fazer para aumentar suas chances. Confira oito coisas que influenciam em como engravidar de gêmeos!

Antes de falarmos sobre como engravidar de gêmeos, é importante entender como os gêmeos são gerados.

Gêmeos idênticos ou monozigóticos são criados quando um óvulo é fecundado por um espermatozoide, que se divide em dois embriões separados. Eles não apenas parecem idênticos, mas compartilham as mesmas estruturas genéticas e a mesma placenta.

Você pode descobrir se seus gêmeos serão idênticos através de um teste de DNA.

Publicidade

Gêmeos não idênticos são criados quando dois óvulos separados são fertilizados por dois espermatozoides separados.

Esses gêmeos terão sua própria composição genética e suas próprias placentas. Este tipo de gêmeo é mais comum.

Como engravidar de gêmeos

1. A hereditariedade

como engravidar de gêmeos

Foto: Freepik

As partes gêmeas são hereditárias, portanto a genética dita as “regras do jogo”. Se você tem gêmeos em sua família, é mais provável que tenha sorte o suficiente para dar à luz a vários bebês de uma só vez.

O fator hereditário influencia a gravidez e facilita no processo de como engravidar de gêmeos. Vamos dar um exemplo: se sua mãe ou avó tiver gêmeos, aumentam as chances de você herdar o gene da hiperovulação, fator que favorece a concepção dos gêmeos.

2. Seu estilo de vida

Atenção à comida. Dois estudos científicos diferentes mostraram que a alimentação afeta as chances de dar à luz gêmeos. No primeiro caso, os pesquisadores estudaram a tribo iorubá africana, que tem a maior taxa de partes gêmeas do mundo. O motivo? O consumo de uma determinada batata-doce cuja pele promove a hiperovulação.

Publicidade

O segundo estudo, no entanto, descobriu que mulheres que consomem muitos produtos lácteos têm 5 vezes mais chances de engravidar de gêmeos.

3. Engravidar logo depois de parar de tomar a pílula

Também existe uma ideia de que, se você engravidar logo depois de tomar a pílula, é mais provável que engravide de gêmeos. Por mais difícil que isso possa ser, a ideia por trás dessa teoria é que, nos primeiros dois ciclos após a administração da pílula, seu corpo passa por uma fase de reajuste hormonal e mais óvulos podem ser liberados.

4. O número de filhos que você tem

como engravidar de gêmeos

Foto: Freepik

Provavelmente, este é apenas um caso de probabilidades, mas a pesquisa sugere que quanto mais filhos você teve, maior a probabilidade de, em algum momento, você conceber gêmeos. Suas chances de conceber gêmeos também são maiores se você já tiver gêmeos.

5. De onde você é

A Europa vê cerca de uma em cada 60 gestações gemelares, enquanto elas são muito mais raras no Sudeste Asiático. Enquanto isso, na Nigéria, os gêmeos representam uma em cada 20 ou 30 gestações! Não temos teorias reais que explicariam isso, mas, curiosamente, se você é nigeriano e mora em outro país, é menos provável que você conceba gêmeos do que quem mora na Nigéria. Interessante não é?

6. Idade materna

Gêmeos e trigêmeos naturalmente gerados são mais comuns em mães aos 30 e 40 anos.

Publicidade

Há uma teoria de que quanto mais velha você tiver, mais chances de conceber gêmeos, porque aparentemente, ao chegar ao fim de sua vida fértil, o corpo desregula um pouco e geralmente libera mais de um óvulo.

7. Tratamento de fertilidade

como engravidar de gêmeos

Foto: Freepik

Uma das situações que pode aumentar sua probabilidade de ter mais de um filho é fazer tratamento de fertilidade, como a fertilização in vitro.

8. Engravidar durante a amamentação

Você teve um bebê recentemente e está amamentando? Este é o melhor momento para pensar em como engravidar de gêmeos. Evidências científicas recentes demonstraram uma conexão entre gestações gemelares e concepção durante a amamentação. As chances aumentam 9 vezes.

O que preciso saber se engravidar de gêmeos?

como engravidar de gêmeos

Foto: Freepik

  • Os sintomas da gravidez de gêmeos podem ser mais visíveis: Ter gêmeos pode resultar em um nível mais alto de alterações hormonais, o que significa que sintomas da gravidez, como náusea, vômito e cansaço, podem aparecer mais cedo e ser mais fortes do que se você estivesse tendo apenas um bebê.
  • Sua barriga cresce mais rápido: Com dois bebês crescendo no seu ventre, sua barriga vai ficar maior bem mais rápido. Isso pode deixar sua postura alterada, causando problemas nas costas e dor pélvica muito mais cedo do que se fosse uma gravidez única.
  • Você precisará de mais ultrassom: Você terá mais exames do que as mães que carregam apenas um bebê, principalmente nos últimos dois meses. A gravidez múltipla pode ser um pouco mais complexa do que a gravidez única; portanto, é provável que você faça mais exames para verificar se os dois bebês estão crescendo bem e se tudo está normal.
  • Não é incomum que os gêmeos cheguem antes da data prevista do parto: Contanto que você siga o conselho do seu médico e cuide de si mesma, não há razão para que seu trabalho de parto seja mais difícil do que o de um único nascimento. Mas, há uma chance maior de uma cesariana.
  • Você pode amamentar os dois bebês sem problemas: Se você está preocupada com a logística de amamentar dois bebês, não fique, pois é completamente adaptável. Pode demorar um pouco para se acostumar, mas depois de um tempo você pode descobrir que pode alimentar os dois bebês ao mesmo tempo. Lembre-se de que seu corpo nutriu seus bebês enquanto você estava grávida. Não há razão para ele parar de fazer esse trabalho incrível agora que seus bebês nasceram.