Você já se deparou com “caroços” no corpo do seu filho? Se já, sabe como esse sinal pode ser preocupante e ao mesmo tempo confuso! Afinal, os caroços podem indicar uma erupção cutânea comum, alergia ou até catapora. Mas se ocorrem apenas nas mãos, boca ou pés, podem ser um sinal da doença mão-pé- boca.

Mas o que é isso? Como tratar? Não se preocupe, nós explicaremos!

Neste post abordaremos:

  • O que é a doença mão-pé-boca
  • Quanto tempo dura a doença
  • Quais os sintomas da doença
  • Diagnóstico e tratamento

O que é a doença mão-pé-boca?

A doença mão-pé-boca é uma infecção viral comum, causada pelo vírus Coxsackie, que causa bolhas vermelhas na boca e na garganta, nas mãos, pés e região da fralda.

Publicidade

Crianças menores de 5 anos correm maior risco de adquirir a doença, pois essa infecção é comum em creches, pré-escolas e outros lugares onde há muitas crianças juntas.

Além das bolhas, as crianças costumam ter febre por alguns dias e podem ficar desidratadas, porque dói engolir (e elas param de tomar líquidos). Os sintomas geralmente desaparecem dentro de uma semana e as crianças se recuperam completamente.

A doença mão-pé-boca é contagiosa?

doença mão-pé-boca

Foto: Freepik

Infelizmente, essa doença é altamente contagiosa e geralmente se espalha rapidamente pelas escolas e creches.

A doença mão-pé-boca se espalha facilmente para outras pessoas por meio do contato com:

  • Mãos não lavadas.
  • Fezes (cocô).
  • Saliva (cuspe).
  • Muco do nariz.
  • Líquido das bolhas.

Não há um longo período de incubação com esse vírus. Ou seja, entre a exposição ao vírus e o aparecimento dos primeiros sintomas não há um grande intervalo. De fato, você (ou seu filho) pode começar a notar sintomas cerca de 3 a 7 dias após a exposição inicial.

Publicidade

Os adultos sofrem da doença mão-pé-boca?

A doença é mais comum em crianças, especialmente aquelas que frequentam a escola ou a creche. No entanto, é possível que os adultos contraiam a doença,  especialmente adultos com um sistema imunológico comprometido, como mulheres grávidas ou idosos.

Sintomas da doença mão-pé-boca

Apesar da doença causar bolhas, as feridas não são o primeiro sintoma.

De fato, você pode nem perceber que você ou seu filho têm a doença no início e, em vez disso, pode achar que é um resfriado comum.

criança com febre

Foto: Freepik

Os primeiros sintomas da doença mão-pé-boca incluem:

  • Febre (geralmente 38 º ou mais).
  • Dor de garganta.
  • Dor de cabeça.
  • Irritabilidade.
  • Pouco apetite (ou nenhum apetite).
  • Cerca de um a dois dias após o início da febre e da dor de garganta, você pode notar as bolhas. Lembre-se de que elas podem aparecer primeiro na boca, depois nas mãos e nos pés.

As bolhas causadas pela doença são vermelhas, com uma pequena bolha de fluido no topo. Elas geralmente descascam, deixando uma úlcera, que é uma ferida com uma base avermelhada.

Publicidade

As solas dos pés e as palmas das mãos podem apresentar uma erupção cutânea que pode parecer manchas vermelhas achatadas ou bolhas vermelhas.

Ocasionalmente, uma erupção rosa pode ser vista em outras partes do corpo, como nádegas e coxas. No entanto, algumas crianças não terão problemas além de feridas no fundo da garganta.

Como é diagnosticada a doença mão-pé-boca?

criança no médico

Foto: Freepik

Um médico geralmente pode diagnosticar a doença mão-pé-boca simplesmente realizando um exame físico.

Ele verificará a boca e o corpo para ver se há bolhas e erupções cutâneas. O médico também perguntará a você ou ao seu filho sobre outros sintomas.

O médico pode coletar uma amostra da secreção da garganta, que pode ser testada quanto ao vírus. Isso permitirá que ele confirme o diagnóstico.

Como a doença mão-pé-boca é tratada?

Não há cura para o vírus Coxsackie. A doença desaparece por conta própria dentro de uma semana, sem hospitalizações ou grandes intervenções médicas. A exceção é se seu filho ficar muito desidratado (devido a feridas na boca) e precisar de fluidos intravenosos. Isso é raro, mas é importante ajudá-lo a se manter hidratado durante o processo da doença.

Você deve visitar o pediatra do seu filho para confirmar o diagnóstico e descartar outras condições, mas geralmente são recomendados remédios caseiros para o conforto.

Remédios caseiros para a doença mão-pé-boca

Seu filho acabou de receber um diagnóstico da doença? Verifique sua despensa, porque muitos desses remédios caseiros podem ser encontrados em sua cozinha! Para fornecer alívio:

Dê bastante água

criança bebendo água

Foto: Freepik

A desidratação é uma das maiores preocupações com o vírus Coxsackie, porque as bolhas na boca são muito desconfortáveis. Incentive seu filho a beber com frequência e mantenha líquidos super hidratantes à mão. Além da água, considere dar ao seu filho:

  • Bebidas eletrolíticas
  • Água de coco
  • Água com infusão de frutas
  • Chá de ervas
  • Leite

Evite qualquer coisa que possa ferir as bolhas, como suco de frutas cítricas ou água com gás.

Alimentos frios

Alimentos frios, como sorvetes e picolés, também ajudam a tirar a sensibilidade a área, e serão um deleite bem-vindo para crianças que têm dificuldade em engolir (e até mesmo quem não!).

Evite bebidas quentes, refrigerantes e alimentos ácidos (suco de frutas cítricas, molho de tomate, etc.), pois podem piorar a dor.

Como prevenir a doença?

Praticar uma boa higiene é a melhor defesa contra a doença-mão-pé-boca. Lavar as mãos regularmente pode reduzir bastante o risco de contrair esse vírus.

criança lavando as mãos

Foto: Freepik

  1. Ensine seus filhos a lavar as mãos com água corrente e sabão.
  2. As mãos sempre devem ser lavadas depois de usar o banheiro, antes de comer e depois de sair em público.
  3. As crianças também devem ser ensinadas a não colocar as mãos ou outros objetos na boca ou perto dela.
  4. Também é importante desinfetar todas as áreas comuns da sua casa regularmente. Adquira o hábito de limpar superfícies compartilhadas primeiro com água e sabão e depois com uma solução diluída de água sanitária e água.
  5. Você também deve desinfetar brinquedos, chupetas e outros objetos que possam estar contaminados com o vírus.
  6. Se você ou seu filho tiverem sintomas como febre ou dor de garganta, fique em casa longe da escola ou do trabalho.
  7. Você deve continuar evitando o contato com outras pessoas assim que surgirem as bolhas e erupções cutâneas. Isso pode ajudar a evitar a propagação da doença a outras pessoas.

É possível ter a doença mão-pé-boca duas vezes?

Como no caso da catapora, você já deve ter ouvido falar que só pode pegar o vírus Coxsackie uma vez, mas isso é verdade?

De um modo geral, a maioria das pessoas cria imunidade após a exposição, mas é possível contrair a doença mão-pé-boca várias vezes. Principalmente uma pessoa com um sistema imunológico fraco.

A doença mão-pé-boca durante a gravidez

gravidez

Foto: Freepik

As mulheres grávidas correm maior risco de desenvolver a doença, devido ao sistema imunológico reduzido.

  • Início da gravidez: Se você tiver a doença no início da gravidez, geralmente não é motivo de preocupação, desde que a febre fique abaixo de 38 graus. Sempre verifique com seu médico e beba bastante água.
  • Fim da gravidez: Se você tiver a doença perto do final da gravidez, por outro lado, há uma pequena chance de que você possa transmitir o vírus ao seu bebê. Se você estiver próximo do final da gravidez ou tiver um recém-nascido, é muito importante continuar praticando uma boa higiene.

Mas não se preocupe: não há evidências de que esse vírus contribua para abortos ou natimortos.