Uma novidade em hospitais paulistanos promete melhorar a experiência da mulher que passa por uma cesárea: uma cortina transparente. Pode parecer estranho à primeira vista, mas o grande diferencial do objeto é que ele substitui a cortina de tecido comumente posicionada entre a mãe e a equipe médica, durante o parto cesariana. Assim, com a nova peça, a mulher agora consegue visualizar o momento em que o seu bebê é tirado da barriga! Afinal, tem momento mais especial do que esse? Veja só:

Foto: Divulgação

A cortina transparente

O “campo cirúrgico transparente”, como ficou conhecida a novidade, já é utilizado há alguns anos em maternidades nos Estados Unidos. E quem o trouxe para o Brasil foi a ginecologista e obstetra Elis Nogueira, de São Paulo. A cortina é esterilizada, de modo que não há risco de transmitir infecções para a mãe e o bebê. Com o posicionamento adequado da mãe, ela visualiza apenas o recém-nascido saindo da barriga, sem os cortes da cirurgia.

O objetivo da cortina transparente é ser mais um elemento de humanização do nascimento por meio de cesárea, já que às vezes a mulher se prepara para um parto normal, mas a cesariana acaba sendo indicada. “Conseguir humanizar ainda mais esse momento, para que a mamãe tenha um parto mais calmo, traz inúmeros benefícios a ela e ao bebê. Além disso, o momento do nascimento é um momento especial e singular para cada casal; é um privilégio que ela possa ver e eternizar o nascer de um filho”, disse Elis.

Os benefícios da cortina “que humaniza” a cesariana

Além da melhor experiência para a mãe no parto, mais uma mudança significativa que a novidade tem proporcionado, segundo relatos de profissionais que já fizeram cesáreas com o campo cirúrgico transparente, é o maior envolvimento dos pais no nascimento. Curiosos para ver o filho nascendo junto da mãe, eles ficam ao lado dela, mais participativos.

A cortina transparente já é uma opção em maternidades brasileiras como na Pro Matre e Santa Joana, em São Paulo, sem custos adicionais à cirurgia. E vale saber que, se no seu hospital não tem a alternativa da peça, a retirada do pano entre a mãe e o bebê pode ser uma alternativa para melhorar a experiência do nascimento.

Veja também: Cesárea: 16 imagens que provam que esse parto também pode ser registrado de forma linda!

E você? O que achou da novidade?