Você sabe quando o nascimento dos dentes de leite geralmente começa? Em que ordem os dentinhos aparecem? E se o dente nascer tortinho, você acharia estranho? Essas e outras dúvidas sobre a erupção dos dentes decíduos (ou simplesmente o nascimento dos dentes de leite) povoam a cabeça de mães e pais com muita frequência, afinal de contas, acompanhar o incrível desenvolvimento de um pequeno ser humano é mesmo uma experiência alucinante. Então, vamos conhecer alguns detalhes do processo?

nascimento dos dentes de leite

Imagem: 123RF


Quando os primeiros dentes erupcionam?
Em geral, o nascimento dos dentes de leite ocorre a partir dos 6 meses, mas isso varia bastante de bebê para bebê. Algum tempo antes disso, no entanto, você notará seu bebê salivando muito, e isso não quer dizer necessariamente que a erupção está próxima. Isso ocorre devido à maturação das glândulas salivares, por volta do quarto mês.

Em que ordem os dentes decíduos aparecem?
Para que você tenha uma ideia da ordem de erupção, dê uma olhada na tabela abaixo. Os dentes do seu filho podem nascer um pouco antes ou um pouco depois disso, sendo que não há nada de errado com isso. Se, no entanto, seu bebê apresentar variações nessas estimativas maiores do que 6 meses, convém procurar um dentista para fazer uma avaliação através de um exame clínico e radiográfico.

Publicidade
Imagem: ABC da Saúde – Fonte: Mc Donald e Avery, 2001.

Nascimento dos dentes de leite: o que é ou não normal?

Meu filho nasceu com dente, devo me preocupar?
É raro, mas pode acontecer de o bebê apresentar algum dente já em seu nascimento (ou ocorrer uma erupção muito precoce, poucos dias depois de nascer). Nesse caso, é fundamental que você procure um dentista para fazer uma avaliação. Se o dente não apresentar mobilidade, poderá ser mantido na boca do bebê e a única preocupação adicional será a de higienizá-lo rotineiramente. Entretanto, se houver mobilidade, será necessária a remoção do dente, para evitar que o bebê o aspire.

O dente do meu filho está nascendo torto? Isso é normal? Posso fazer alguma coisa para consertar?
É muito comum que, ao erupcionar, o dente apresente-se levemente “torto” ou, numa linguagem mais técnica, girovertido. Essa condição se normaliza naturalmente, conforme a estrutura facial da criança cresce para acomodar os dentes em erupção. Não é necessária nenhuma intervenção para resolver a questão. Se, no entanto, o dente apresentar-se muito desviado da sua posição normal, vale a pena consultar o dentista para esclarecer a dúvida.

Meu filho está com febre (e/ou diarreia), será que é o dente?
Cientificamente, não há comprovação de que a erupção dental cause febre ou diarreia no bebê. O que acontece é que, nessa fase, é muito comum que o bebê leve os objetos à boca (também porque a gengiva coça e incomoda) e, nesse ir e vir de objetos contaminados, ele transporta microrganismos causadores de diarreia para a região. Essa é a resposta da Nívea-dentista-pesquisadora.

Agora minha experiência como mãe: Catarina ficou um pouco chatinha e teve febre (baixa, menos do que 38 graus, mas teve) na semana em que quatro dentes estavam aparecendo de uma só vez. Coincidência??? Ou seria apenas uma virose? Nunca vou saber ao certo…

Recursos naturais x pomadas anestésicas

O que posso fazer para aliviar o desconforto do bebê?

Oferecer mordedores é a melhor saída. Coloque-os na geladeira antes, para que o frio tenha uma ação calmante sobre a gengiva irritada. A mesma coisa pode ser feita com uma fralda de pano geladinha. Outra opção é massagear a gengiva do bebê com uma dedeira. As pomadas anestésicas à base de benzocaína, que possuem ação anestésica, devem ser evitadas (há um alerta da FDA, agência de regulação de medicamentos e alimentos norte-americana, de que esse anestésico em grandes quantidades pode causar um problema sério em bebês chamado metaemoglobinemia, que em último grau pode ser fatal). Se você usou em seu bebê no passado, fique tranquila, pois o problema se manifesta pouco tempo depois da aplicação de altas doses do anestésico, e não posteriormente.

Publicidade

Importante: uma das pomadas mais comumente usadas no Brasil é da marca Nene Dent. Essa pomada não apresenta benzocaína em sua fórmula, e sim um outro anestésico denominado lidocaína. Mesmo assim, minha opinião pessoal é a de que você deve tentar outros métodos para alívio do desconforto do bebê (que tal um picolé de leite materno?) e deixar o uso de anestésicos para situações bem específicas, sempre com o acompanhamento de um profissional (odontopediatra ou pediatra).

__

Você também pode gostar desses posts aqui:

Escovar os dentes do bebê: quando começar e como fazer

Como escovar os dentes do filhote