Eu não sei se vocês ainda se lembram (porque faz TANTO tempo que eu não falo sobre o tema por aqui!), mas eu sou uma blogueira dentista! E hoje, escovando os dentinhos da Catarina, lembrei que eu não havia feito um post aqui sobre a maneira correta de escovar os dentes do filhote! Que absurdo! Então para remediar a minha falha, hoje eu conto direitinho como fazer para que o pequeno tenha dentes lindos e fortes.

escovar2

Como eu já contei nesse post aqui, a higiene bucal do bebê deve ser iniciada antes mesmo do nascimento dos primeiros dentes. Primeiro com uma fralda de pano embebida em água, para remover os restos de leite da boca. Com um simples cuidado como esse, as bactérias que colonizarão a boca do seu filho tenderão a ser mais “boazinhas”, com menor potencial para gerar cárie. Com o nascimento dos primeiros dentes, você pode trocar a fralda por uma dedeira macia. Nessa fase, como o bebê não consegue cuspir, você tem duas opções: não usar creme dental (até porque o que efetivamente fará a remoção da placa bacteriana será a dedeira – e posteriormente a escova) ou usar um produto sem flúor, para reduzir o risco de fluorose no futuro (um problema na formação dentária que deixa os dentes manchados permanentemente, além de mais porosos, e que ocorre principalmente pela ingestão excessiva de flúor). Por fim, quando os molares (que são aqueles dentes maiores, cheios de pontinhas, localizados no fundo da boca) começam a erupcionar, já é hora de passar para a escova, que deve ter tamanho compatível com a boca da criança e cerdas macias.

Após o primeiro aniversário, você pode passar a usar uma quantidade mínima de creme dental infantil durante a escovação (semelhante a um grão de arroz, para você ter uma ideia). Os produtos infantis, pela menor quantidade de flúor do que os convencionais, teriam que ser ingeridos em maior quantidade do que as pastas usadas pelos adultos para produzir a fluorose. Após os quatro anos de idade (quando a maioria das crianças já consegue cuspir o creme dental), alguns pesquisadores acreditam que o melhor seria usar a pasta convencional apenas na pontinha das cerdas, pois sua capacidade de reduzir o risco de cárie é maior do que a dos cremes infantis. Se você continuar a usar o creme infantil, coloque-o na quantidade de uma ervilha.

Por fim, vamos à técnica para escovar os dentinhos e garantir um lindo sorriso!

O que você vai precisar:

– Escova infantil

– Creme dental compatível com a idade, com explicado acima

– Copo de água

– Banquinho para seu filhote alcançar a pia. É muito importante que ele se veja no espelho, para começar a aprender os movimentos!

 

Como escovar:

1) Faça movimentos circulares na face externa dos dentes, pegando quatro dentes de cada vez. Siga até escovar todos os dentes. Na criança pequena é mais fácil pedir para ela juntar os dentes de cima e os de baixo, para você fazer o movimento em ambas as arcadas (superior e inferior) de uma só vez.

2) Escove os dentinhos do fundo em movimentos de vai e vem. Não se esqueça dos dentes de cima (as crianças sempre esquecem, então você tem que monitorar e dar a sua caprichada final sempre!).

3) Escove a parte interna dos dentes. A placa bacteriana adora ficar nesse local, perto da gengiva e nos sulcos dos dentes.

4) Escove a língua e limpe a parte interna das bochechas.

5) Faça o filhote colocar água do copo na boca (é mais fácil do que com a mão, para quem está começando) e cuspir. Mesmo que no começo ele não consiga, continue a ensinar, pois aos poucos ele aprenderá.

6) Prontinho! A boca está limpinha! Lembre-se de escovar os dentes do filhote pelo menos 3 vezes ao dia!